Turma da Mônica – Lições | Review

Os irmãos Vitor e Lu Cafaggi tiveram uma tarefa mais árdua nessa graphic novel “Lições”, sequência do sucesso “Laços”. Enquanto na edição anterior o desafio era “apenas” criar uma história que fizesse as honras aos personagens clássicos de Maurício de Sousa, essa continuação tinha que ir além, e manter a qualidade do universo reinventado pela dupla em 2013.

turmadamonica-magali

A boa notícia é que conseguiram. Acredito que ambos estavam mais confortáveis com os personagens, uma vez que “Laços” teve uma grande aceitação da crítica e do público. Isso permitiu com que os irmãos pudessem introduzir novos temas típicos da infância, e até da adolescência, e ainda mostrar velhos conhecidos nossos que haviam ficado de fora na publicação anterior, como é o caso do Mingau, do Quindim e das rápidas aparições (quase easter eggs) do Capitão Piteco e do Ursinho Bilu.

turmadamonica-cascaoA história de “Lições” toma um ar mais real, e não chega a ser uma aventura como “Laços” foi. Aqui, Cebolinha, Mônica, Magali e Cascão esquecem de fazer a lição de casa, e para fugir da bronca da professora, decidem fugir. Acontece que nesse plano infalível criado pelo Cebolinha, a Mônica cai e acaba machucando o braço, por conta disso os pais da turminha são chamados à direção da escola e todos ficam de castigo.

E é através desses castigos que um único tema é trabalhado com todos os personagens: amadurecimento. Cascão é mandado para uma escola de natação, Magali para uma escola de boas maneiras para se portar mais como uma menina, Cebolinha passa a ter sessões com uma fonoaudióloga e os pais da Mônica decidem trocá-la de escola. Todos esses castigos, pequenos demais para nós adultos, possuem uma grande carga emocional para os personagens e, sem dúvida alguma, a que mais sofre é a Mônica, por ter dificuldades em fazer novas amizades.

A superação de um medo, a solidão de um ambiente novo, bullying, o primeiro amor, todos esses temas já fizeram parte da vida de qualquer um, e é bonito vê-los retratados nos traços dos irmãos Cafaggi de maneira tão sutil, como por exemplo quando a Mônica mescla suas ações na nova escola com flashbacks de momentos com o resto da Turma, ou quando Cascão após todo o apoio do amigo Cabolinha reflete: “Eu não vou fugir pra sempre, só preciso de um tempo pra criar coragem.”

Apesar de todas essas mudanças, a amizade da turma, mesmo mais afastada durante toda a história se fortaleceu com tudo o que aconteceu. E um quadrinho simples envolvendo Cebolinha e Mônica demonstra o quão ligados eles são, mesmo com os planos infalíveis, mesmo com as coelhadas, eles são amigos inseparáveis, amigos pra uma vida inteira.

Felizmente a Vitor e Lu conseguem fugir do final clichê que seria o caminho mais fácil a se seguir e tomam para si a moral da história que contam: erros existem em qualquer momento da vida, o segredo é saber viver com as consequências. Mais um exemplar da Graphic MSP que você deve ter em sua coleção.

Cotação-5-5

TURMA DA MÔNICA – LIÇÕES – 2015
História e Cores: Vitor e Lu Cafaggi
Editora Panini
82 páginas
Disponível em capa dura e brochura

Veja mais reviews do selo Graphic MSP

Saiba mais sobre as graphic novel do selo MSP

2 comments

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s