Snoopy & Charlie Brown: Peanuts, O Filme | Crítica

peanuts 3

As histórias do beagle Snoopy, seu dono, o menino Charlie Brown e seus amigos (Woodstock, Lucy, Linus, Sally, Patty Pimentinha, Marcie, Schroeder, etc.) foram criados pelo cartunista Charles M. Schulz nos anos 1950 como tirinhas de jornal. Nas duas décadas seguintes transformaram-se em desenhos animados e ganharam o mundo. Mas apesar de serem bem conhecidos, ficaram apenas guardados na memória dos adultos do século XXI, pois nenhum material novo foi lançado até agora, com este longa Snoopy & Charlie Brown: Peanuts – O Filme.

Eu sou uma destas adultas, passei minha tenra infância assistindo aos desenhos do Minduim (uma tradução fofa para Peanut, a forma como Patty Pimentinha chama Charlie Brown), desenhos estes que são extremamente filosóficos, e mesmo sem entender com clareza as mensagens nas entrelinhas dos cartoons, devo afirmar que eles ajudaram sim a moldar meu caráter. Ainda bem que me influenciei mais pelo Minduim, o menino generoso e honesto, embora seja desastrado, tímido e ingênuo, sempre vítima dos percalços da vida ou da malícia de Lucy, a menina vaidosa e egoísta.

peanuts 6

Neste filme, há uma questão crucial que é tanto seu lado positivo quanto negativo. Os personagens chegaram ao século XXI na forma de animação computadorizada 3D, mas esta é a única modernização do filme. O visual é lindo, conferindo detalhes ao desenho de Schulz, e os traços originais do cartunista continuam lá, inclusive com algumas intervenções de onomatopéias e digressões dos personagens em forma de rabisco de lápis. E a narrativa, o mundo em que os personagens vivem, continua intacto.

Ou seja, não temos Charlie Brown e seus amigos usando smatphones ou brincando de videogame. Não, eles continuam lá naquela época em que tudo era mais simples, apesar de parecer que era mais difícil pela falta de tecnologias que hoje tornam a vida muito mais prática, e rápida. E assim vemos os personagens brincando no parquinho, soltando pipa, pesquisando trabalhos escolares na biblioteca, se enrolando no fio do telefone e escrevendo em máquinas de datilografar. A narrativa assim também mantém sua simplicidade, numa comédia romântica infantil sem o cinismo dessa nova Era.

peanuts 5

A história narra o cotidiano de Charlie, Snoopy e seus amigos, nas brincadeiras e na escola, até que um dia uma nova vizinha (e colega de classe) entra na vida de Charlie Brown, a famosa Menininha Ruiva, personagem que já apareceu nos quadrinhos e nos desenhos, mas sem nunca dar as caras. E assim, Minduim descobre o amor e passa a fazer de tudo para que a menina não o conheça como o fracassado como é visto pela turma. Pra quem não conhece, Charlie Brown é aquele cara cheio de boas intenções mas que só se ferra. Paralelamente, seu cão Snoopy encontra uma máquina de escrever e, inspirado pela paixão de seu dono, e uma réplica do avião Barão Vermelho da Primeira Guerra Mundial, que sobrevoa o filme todo, cria sua própria história de aventura e romance, intercalando a narrativa original.

E tudo isso que dá o charme vintage ao longa também tem seu ponto negativo. O público infantil, que usa tablets desde bebês, dificilmente se identificarão com estes elementos da história, que além de fazer referências à Primeira Guerra ainda faz ao romance Guerra e Paz, de Leon Tolstói, e isso é algo que só vai gerar comunicação com os adultos, e mesmo assim, nem todos os adultos. Mas por quê não elevar o nível intelectual da história, não é mesmo? Eles ainda fazem isso de forma singela, sem parecer pedante em momento algum, tal qual sempre foram os desenhos.

peanuts 4

Por isso não deixaria de recomendar o filme para qualquer criança, a narrativa ainda é muito simples, é, em essência, uma comédia romântica, e uma história de auto-conhecimento e superação de medos, que valoriza qualidades hoje infelizmente pouco transmitida aos pequenos, pois Charlie, em sua jornada, é generoso ao abrir mão de seu protagonismo para ajudar ao próximo e demonstra honestidade ao assumir um erro. Charlie Brown acha que não é nada, mas ele é alguém, e alguém muito especial.

 

Cotação-4-5

Snoopy & Charlie Brown: Peanuts, O Filme (The Peanuts Movie)

Snoopy & Charlie Brown: Peanuts - O Filme - poster nacional

Direção: Steve Martino

Roteiro: Bryan Schulz, Craig Schulz e Cornelius Uliano, baseado nos quadrinhos de Charles M. Schulz

Elenco: Noah Schnapp, Bill Melendez, A.J. Tecce, Alexander Garfin, Anastasia Bredikhina, Francesca Capaldi, Hadley Belle Miller, Madisyn Shipman, Marleik Mar Mar Walker, Mariel Sheets, Noah Johnston, Rebecca Bloom, Venus Schultheis, William Wunsch, Kristin Chenoweth, Trombone Shorty, Micah Revelli.

Gênero: Animação/Aventura/Comédia

Duração: 88 minutos

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s