CL 6 Anos: O Templo da Perdição, o Melhor Indiana Jones da Sessão da Tarde

Indiana Jones Templo da Perdição

Não chega a ser surpresa para ninguém que a Sessão da Tarde virou uma espécie de patrimônio público. Embora hoje tenha perdido o seu sentido primário, a Sessão da Tarde foi uma instituição nacional de principal formador de caráter de toda a molecadinha que nasceu nos idos anos 80/90. Não quero ser saudosista, MAS numa era pré-textões em redes sociais, todas as questões polêmicas do universo eram tratadas nos filmes vespertinos e os jovens eram cunhados na brutalidade meio que sem censura do que era exibido na tv. Deu no que deu. Uma geração inteira de Biff Tannens para poucos Marty McFlys.

Digressões à parte, escolhi falar de um universo todo especial que representa a imersão num mundo de aventura. Não é Goonies (mas bem que poderia ser também), embora a coisa toda também tenha saído da cabeça de Spielberg. Trate-se de Indiana Jones.

Indiana Jones Templo da Perdição

Existe uma espécie de consenso entre os fãs de Indiana Jones que atribui à Os Caçadores da Arca Perdida o título de melhor da franquia. Ok, trata-se de fato de uma pedra angular, de um definidor do gênero e eu não teria como argumentar e contrário.

Soma-se a isso o fato desse mesmo filme ter sido também, muito provavelmente, o campeão de exibições da Sessão da Tarde. A imagem da pedra rolando em perseguição ao arqueólogo e a imagem do pobre incauto manuseador de espadas que faz o seu show off antes de levar um balaço no meio das fuças foram repetidas tantas vezes em chamadas televisivas que estão entranhadas no inconsciente coletivo.

Há ainda aqueles que preferem A Última Cruzada e estes também estão cobertos de razão. A dupla Ford e Connery em um embate direto contra o Terceiro Reich rende momentos memoráveis e, claro, se apoiam no que Spielberg tem de melhor quando o assunto é daddy issues.

Aos que defendem O Reino da Caveira de Cristal, bem, a esses eu reservo meu silêncio e a camisa de força.

Indiana Jones Templo da Perdição

O que nos leva ao diferentão O Templo da Perdição. Entenda, se você é uma criança sedenta por aventuras você pode até adorar A Arca perdida e A Última Cruzada, mas você vai amar muito mais O Templo da Perdição. E um dos grandes responsáveis por isso (por obra da genial sacada de Spielberg, claro) é a presença de um personagem infantil, o injustiçado Short Round. Sim, representatividade importa.

O japinha para quem muitos torcem o nariz faz as vezes de sidekick do arqueólogo e a mera presença dele no filme é o suficiente para dar outros ares à aventura. Uma leveza até bem vinda que serve de contraponto para o mais sombrio dos filmes. Afinal, tem que ter um certo tato para mostrar para um público recém desmamado um filme que aborde rituais de sacrifício pagão onde se arrancam corações e tacam fogo nas pessoas.

Por falar nisso, interessante notar que O Templo da Perdição é o exemplar da trilogia original onde o artefato buscado não é algo das escrituras bíblicas. Embora ainda fique claro que o senso de moral cristã está presente no conflito maniqueísta entre luz e sombra, bem e mal.

Indiana Jones Templo da Perdição

Mas tudo isso passa despercebido pra quem quer só se divertir. Estão presentes no filme o humor politicamente incorreto e o senso de urgência típicos. E a aventura acontece como obedecendo a atrações de um parque de diversões, com direito a montanha russa com tiroteio, kabum no fogo, caverna dos insetos e ponte sobre o rio com jacarés. Tudo embalado pela imbatível fanfarra de John Williams, que aqui toca incansavelmente até gastar.

O fato é que Spielberg sempre quis fazer de Indiana Jones filmes típicos de matinês, e quando o assunto é Sessão da Tarde, o parque temático criado por Spielberg para o Templo da Perdição é o exemplar perfeito a ser conferido.

Anúncios

2 comentários

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s