Lion | Crítica

lion-1

Lion conta a história real do pequeno indiano Saroo que um dia se perdeu de sua família e após perambular por meses pelas ruas de Calcutá foi adotado por um casal australiano que pode lhe proporcionar uma nova vida. Assim como várias outras cinebiografias, Lion segue a cartilha narrativa de começo meio e fim, tendo como foco principal o retorno de seu personagem às suas origens.

Essa narrativa linear tem seu ápice no longo primeiro ato que acompanha a infância do menino Saroo (Sunny Pawar) em uma Índia miserável em que milhares de crianças trabalham para conseguir o mínimo de sobrevivência diária. Pawar é tão carismático que ele consegue transmitir ao mesmo tempo a doçura de Saroo e a seriedade do problema que estamos presenciando. Toda parte do filme que foca na infância do protagonista é bem executada, e tem a sua carga dramática no ponto exato, sem apelar para melodramas.

lion-2

Quando existe a passagem de tempo e passamos a acompanhar Saroo mais velho (Dev Patel), o ritmo do filme cai um pouco, mesmo sem chamar tanta atenção quanto Pawar, Patel consegue impor bons momentos que refletem a inquietude do seu personagem, em não se sentir digno de sua vida quando sua família biológica vive em condições sub-humanas e ainda o consideram como morto.

Porém, por estar atrelado a fatos reais, Lion se sente obrigado a incluir elementos narrativos que pouco contribuem para a trama e que acabam sendo mal desenvolvidos, como o relacionamento de seu irmão adotivo Mantosh. Sabemos que ele possui problemas e que foi o causador do sofrimento da mãe deles, Sue Brierley, mas em nenhum momento chegamos a ter mais detalhes e o filme sequer se esforça para que tenhamos essa informação.

A bela trilha composta por Dustin O’Halloran & Hauschka, em parceria com a fotografia de Greig Fraser pontuam todo o filme sem cair ao erro de apelar para o melodrama ou em superexplorar as favelas indianas, tudo é feito na medida certa, sem exageros.

lion-3

Apesar desses pequenos contrapontos que citei acima, Lion é acima de tudo um filme emocionante, que trata da realidade de milhares de crianças na Índia. A história de perseverança de Saroo e de sua família biológica é inspiradora e bem comovente. O filme ainda apoia uma campanha financeira de ajuda a ONGs que ajudam meninos de rua da Índia a saírem da pobreza, mais informações no site oficial.

Cotação-3-5

Anúncios

Um comentário

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s