Aquarius | Crítica

aquariusO diretor Kleber Mendonça Filho dá início a Aquarius da maneira mais inteligente possível, forçando o espectador a experimentar um pouco do que move a protagonista antes mesmo que descubramos mais sobre sua jornada. Tudo é feito de forma bastante simples. Durante a comemoração do aniversário de tia Lúcia (Thaia Perez), no apartamento de Clara (Sônia Braga), a idosa tem flashes de recordações fortes e ao mesmo tempo bastante doces relacionadas a uma antiga cômoda da sala.

Logo o tempo da história avança consideravelmente, mas a cômoda permanece. Permanece, e a câmera, espertamente, busca o móvel em momentos-chave da trama, seja porque há paralelos com o que Clara está vivendo, seja porque o filme quer conscientemente nos mostrar aquilo que ela já sabe muito bem: a importância dos objetos está na história que eles têm com a gente. E com os outros.

Então é claro que quando dois representantes de uma construtora (Humberto Carrão e Fernando Teixeira) vêm bater à sua porta, interessados em adquirir o apartamento onde passou boa parte da vida, com o objetivo de botar o prédio todo abaixo e construir um novo edifício maior e mais moderno no lugar, sua resposta só pode ser uma: Não.

aquarius2Em poucas palavras, essa é a questão central de Aquarius, mas o longa trata de muitas outras coisas a partir dela ao longo de suas mais de duas horas. Trata do eterno conflito de gerações. Trata de barreiras entre a gente. Trata da lenta corrosão da doença, do tempo, da mudança. Trata de memórias compartilhadas entre pessoas que nunca se haviam visto (a rápida cena entre Clara, a nova namorada de seu sobrinho e Gilberto Gil, talvez a mais bela de todo o filme). Trata da dor e de como uma mulher decidiu levar sua vida em relação a ela.

Sônia Braga é essa mulher e, depois que a gente assiste a Aquarius, tem a certeza de que não poderia ser nenhuma outra. Radiante em sua felicidade, em sua paixão, em sua tristeza e em seu ódio, ela defende e encarna Clara como poucos atores conseguiram nos últimos tempos. Na batalha da protagonista para não esquecer, está entranhada também uma luta ainda mais profunda para não ser esquecida.

O poder maior do filme reside na personagem e na consistente noção que Mendonça Filho tem da memória e de como ela age, a partir de pessoas, de objetos ou da música. E a música é importante em Aquarius como todos os outros elementos, ou até um pouquinho mais. Porque no filme ela é tão eclética quanto os momentos que representa, quanto as memórias que evoca, criando uma das trilhas sonoras mais aparentemente esquizofrênicas e mais estranhamente bem resolvidas do ano. Tem Reginaldo Rossi, tem Queen, tem Roberto Carlos, tem Gilberto Gil, e todos eles conversam perfeitamente, como se fossem bons e velhos amigos.

aquarius3Aquarius dá tanta importância à memória, até mesmo nas entrelinha da narrativa, que ela não precisa sequer ser conhecida pelo público para causar impacto. De fato, somente quem é capaz de entender isso consegue se solidarizar com a luta de Clara sem ser por amizade ou compaixão (e são poucos os que a entendem realmente).

Por fim, é bem verdade que o filme tem sido ofuscado na mídia pela repercussão da manifestação de sua equipe sobre o tapete vermelho de Cannes, contra a saída de Dilma Rousseff da Presidência. Teve boicote sim, embora seus efeitos na bilheteria até o momento sejam contestáveis, e teve gente que foi ver apenas porque o longa passou a representar um estado de espírito comum a parte da sociedade brasileira nesta época em que vivemos (não é à toa que muitas das sessões vêm também acompanhadas de enfáticos gritos de “Fora Temer”).

Olhando de forma mais objetiva, como narrativa, Aquarius não procura de forma alguma ser um retrato de nosso momento político. É um filme de tema universal, que tem como ponto de contato com os atuais protestos apenas a inquebrável resiliência de sua protagonista. Mas, é claro, um filme não pode escolher o que representa ou como ficará marcado na memória coletiva, assim como um objeto, qualquer que seja, não tem poder sobre as memórias que guarda.

aquarius4Cotação-5-5

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s