O Regresso | Crítica

regresso 2

O Regresso conta a história de um caçador e vendedor de peles, Hugh Glass (Leonardo DiCaprio) que, após ser atacado por um urso pardo, numa das sequências mais tensas que o cinema já produziu, tem seu filho mestiço assassinado pelo homem que deveria cuidá-lo e abandonado à própria sorte no inverno selvagem e implacável do Missouri. Mas o amor por sua família perdida e o ódio por aquele que a destruiu o faz ter forças para enfrentar todas as adversidades, se recuperar e regressar em busca de vingança.

O parágrafo acima parece piegas, não? Mas é que não tem como fazer uma pequena sinopse sem parecer assim. A história é basicamente isso, mas o que o diferencia do gênero é a direção talentosa de Alejandro G. Iñarritu e, principalmente, a direção de fotografia de Emmanuel Lubezki, que nos proporciona um espetáculo visual inigualável.

regresso 1Lubezki, que trabalhou com Iñarritu em Birdman, é também um grande colaborador de Terrence Malick, e a influência do diretor existencialista é bem forte aqui. Os planos de natureza, as sequências de sonho, em muito lembra os belíssimos A Árvore da Vida e O Novo Mundo. Já o sofrimento sem fim do protagonista, isso é a marca registrada de Iñarritu, e é tanto que saímos do cinema com o corpo tenso, mesmo com o visual e a trilha sonora fazendo um contraponto.

Precisamos falar também, é claro, de Leonardo DiCaprio, o ator, que provavelmente ganhará o Oscar por esta atuação depois de anos tentando, não o fará em vão. Por mais que o roteiro não tenha lhe dado muito escopo, o desempenho físico do ator impressiona, e isso também faz parte da construção de uma boa atuação. Atores coadjuvantes como Domhnall Gleeson e o jovem Will Poulter também entregam bons personagens. Não se pode dizer o mesmo de Tom Hardy, que constrói o antagonista Fitzgerald de forma absolutamente caricata. Houve um lobby grande para ele ter conseguido uma indicação da academia, pois sequer foi nomeado em outros prêmios.

regresso 3

O Regresso é um faroeste, mas não presta homenagens aos clássicos do gênero, pois não coloca os índios como vilões, mesmo que o confronto exista. Pelo contrário, assume a mea culpa da exploração e massacre de um povo que foi praticamente dizimado pelos “bravos peregrinos” que colonizaram as terras norte-americanas que hoje seus descendentes se orgulham de ser a “terra das oportunidades”. Só que não.

Cotação-4-5

O Regresso (The Revenant)

O Regresso - poster nacional

Direção: Alejandro González Iñárritu

Roteiro: Mark L. Smith e Alejandro González Iñárritu, baseado no livro de Michael Punke

Elenco: Leonardo DiCaprio, Tom Hardy, Domhnall Gleeson, Brad Carter, Brendan Fletcher, Javier Botet, Kory Grim, Kristoffer Joner, Lukas Haas, Paul Anderson, Robert Moloney, Will Poulter, Forrest Goodluck, Joshua Burge, Duane Howard, Melaw Nakehk’o, Fabrice Adde, Arthur RedCloud, Christopher Rosamond, Tyson Wood.

Gênero: Aventura/Drama/Faroeste

Duração: 156 minutos

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s