Cinetape | Moulin Rouge: Amor Em Vermelho

Esta é uma sessão que sempre quis fazer aqui no Cinelogin porque posso juntar duas coisas que amo: filmes e música. Nela, vamos falar sobre filmes e suas trilhas sonoras, sejam bons filmes ou não (porque né, acontece de filme ruim ter trilha sonora boa). Foi difícil decidir por qual filme começar já que possuo uma lista considerável de filmes que a trilha sonora me agrada, portanto, explico que Moulin Rouge foi o inicial por particularidades.

O filme de Baz Luhrmann foi lançado em 2001 e neste ano eu tinha só 11 anos, sou da geração de 90. Nessa época eu já gostava de assistir filmes, mas ainda era muito criança e não tinha uma seleção para eles. Foi com 16 anos que assisti Moulin Rouge pela primeira vez em uma aula de Português/Literatura. Meu professor, um dos mais queridos que tive, nos mostrou para exemplificar o Romantismo.


Foi aí que o Cinema clicou para mim, inclusive, dessa forma super simples (o que foi ótimo, até). Foi nesse momento que eu vi que o Cinema era mais do que simplesmente um passatempo e comecei a pesquisar mais sobre ele e a assistir filmes considerados conceituados e que eu não tinha visto. Algumas pessoas acham esses estudos e teorias sobre os filmes e os pensamentos sobre ele e o porquê isso e não aquilo chatos, mas é o que eu mais gosto. E podem falar o que for de Moulin Rouge já que é meio comum odiar esse filme (culpa da fama do diretor, talvez? Até para mim é difícil já que Moulin Rouge é o único que gosto dele rs), mas ele sempre terá um lugar especial no meu coração, haha.

tumblr_nx9alkeixi1ubdknyo5_1280

Nele, em 1899 (mas em um universo totalmente fantasioso), um jovem escritor sonhador Christian (Ewan McGregor) vai para Paris com o objetivo de escrever sobre liberdade, beleza, verdade e amor. Lá, graças a um curioso acidente onde um argentino inconsciente (Jacek Koman) cai de seu teto, ele conhece também Toulouse (John Leguizamo) e um músico, e após “compor” a música de A Noviça Rebelde (cena abaixo), consegue a vaga de escritor da peça que eles planejavam e que precisava do financiamento de um Duque (Richard Roxburgh) cliente do Moulin Rouge – um bordel, liderado por Harold Zidler (Jim Broadbent, ótimo em sua performance) e que tinha Satine (Nicole Kidman) como sua principal estrela.

Satine precisava seduzir o Duque para que ele investisse na peça do Moulin Rouge, mas na noite da sedução ela se confunde e acha que Christian é o Duque. Christian, que só queria recitar seu poema para Satine para convencê-la a ser o escritor da peça, acaba conquistando o coração da cortesã, que também se apaixona quando ele canta Your Song, do Elton John, para ela (cena 1). Antes disso tudo, Moulin Rouge já tinha nos brindado com algumas canções pops antes como: Smells Like Teen Spirit do Nirvana em um remix com Lady Marmalade (música feita para a trilha sonora do filme – e me pergunto, se tivesse sido feita hoje, quem cantaria? Ariana Grande, Sia, Nicki Minaj, Jessie J?) e Diamonds Are a Girls Best Friendcanção ícone de Marilyn Monroe do filme Os Homens Preferem as Loiras, e aqui em Moulin Rouge (cena 2) no final com um toque de Material Girl, da Madonna.

Cena 1:

Cena 2:

Em mais canções pops, Moulin Rouge tem ainda versões de The Show Must Go On, do Queen, Like a Virgin (uma das minhas cenas favoritas do filme, inclusive, os dois estão ótimos haha), da Madonna e Roxanne, do The Police, em forma de tango (fantástica).


Ponto alto


A melhor música do filme, para mim, e também o ponto alto dele, é a canção que mistura várias canções sobre o amor. Ela se inicia quando, após desfazer o mal entendido com Satine dizendo que era apenas um pobre escritor, Christian volta ao Elefante para saber se Satine também sentia o mesmo por ele. Ao falar para ele que ela não pode se apaixonar por ninguém já que é uma cortesã, eles cantam juntos a intitulada Elephant Love Medley (áudio no link; cena incompleta abaixo), e as músicas que a compõe são:

  1. Love is Like Oxygen – Sweet
  2. Love is a Many-Splendored Thing – do filme Suplício de Uma Saudade
  3. All You Need Is Love – The Beatles
  4. I Was Made for Lovin’ You– KISS
  5. One More Night – Phil Collins
  6. Pride (In the Name of Love) – U2
  7. Don’t Leave Me This Way – Thelma Houston
  8. Silly Love Songs – Paul McCartney
  9. Up Where We Belong – do filme A Força do Destino
  10. Heroes – David Bowie (ele também contribuiu com a música Nature Boy para a trilha sonora, no filme ela é cantada por John Leguizamo)
  11. I Will Always Love You – Whitney Houston, do filme O Guarda-Costas
  12. Your Song – Elton John

 

Para créditos da trilha sonora completa, clique aqui.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s