Estreias da Semana – 07 de janeiro

Veja as principais estreias da semana nos cinemas brasileiros:

 

Os Oito Odiados (The Hateful Eight)

Os Oito Odiados - poster nacional

Direção: Quentin Tarantino

Roteiro: Quentin Tarantino

Elenco: Kurt Russell, Samuel L. Jackson, Walton Goggins, Tim Roth, Bruce Dern, Michael Madsen, Demián Bichir, Channing Tatum, Jennifer Jason Leigh, Belinda Owino, Craig Stark, Dana Gourrier, Gene Jones, James Parks, Keith Jefferson, Lee Horsley, Zoë Bell, Arnar Valur Halldórsson, Quentin Tarantino.

Gênero: Drama/Faroeste

Duração: 167 minutos

Sinopse: Durante uma nevasca, o carrasco John Ruth (Kurt Russell) está transportando uma prisioneira, a famosa Daisy Domergue (Jennifer Jason Leigh), que ele espera trocar por grande quantia de dinheiro. No caminho, os viajantes aceitam transportar o caçador de recompensas Marquis Warren (Samuel L. Jackson), que está de olho em outro tesouro, e o xerife Chris Mannix (Walton Goggins), prestes a ser empossado em sua cidade. Como as condições climáticas pioram, eles buscam abrigo no Armazém da Minnie, onde quatro outros desconhecidos estão abrigados. Aos poucos, os oito viajantes no local começam a descobrir os segredos sangrentos uns dos outros, levando a um inevitável confronto entre eles.

Notas: Orçamento estimado em US$ 44 milhões.

Décimo longa do cultuado diretor americano Quentin Tarantino. Os anteriores são My Best Friend’s Birthday (1987), Cães de Aluguel (1992), Pulp Fiction: Tempo de Violência (1994), Jackie Brown (1997), Kill Bill: Volume 1 (2003), Kill Bill: Volume 2 (2004), À Prova de Morte (2007), Bastardos Inglórios (2009) e Django Livre (2012).

Indicado a 3 Globo de Ouro: melhor roteiro, melhor trilha sonora e melhor atriz coadjuvante (Jennifer Jason Leigh).

Vencedor do prêmio melhor elenco do ano no Hollywood Film Awards 2015.

 

Spotlight: Segredos Revelados (Spotlight)

Spotlight: Segredos Revelados - poster nacional

Direção: Tom McCarthy

Roteiro: Josh Singer e Tom McCarthy

Elenco: Mark Ruffalo, Michael Keaton, Rachel McAdams, Liev Schreiber, John Slattery, Brian d’Arcy James, Stanley Tucci, Elena Wohl, Gene Amoroso, Doug Murray, Sharon McFarlane, Jamey Sheridan, Neal Huff, Billy Crudup, Brian Chamberlain, Duane Murray, Michael Cyril Creighton, Paul Guilfoyle, Robert B. Kennedy, Martin Roach.

Gênero: Drama/Suspense

Duração: 128 minutos

Sinopse: Baseado em uma história real, o drama mostra um grupo de jornalistas em Boston que reúne milhares de documentos capazes de provar diversos casos de abuso de crianças, causados por padres católicos. Durante anos, líderes religiosos ocultaram o caso transferindo os padres de região, ao invés de puni-los pelo caso.

Notas: Quinto longa do também Tom McCarthy na direção. Os anteriores são O Agente da Estação (2003), O Visitante (2007), Ganhar ou Ganhar: A Vida é Um Jogo (2011) e Trocando os Pés (2014).

Indicado a 3 Globo de Ouro: melhor filme – drama, melhor diretor e melhor roteiro.

Vencedor do prêmio de melhor filme no AFI Awards, USA 2016.

Vencedor dos prêmios de melhor filme, melhor roteiro e melhor elenco no Boston Society of Film Critics Awards 2015.

Vencedor dos prêmios de melhor filme e melhor roteiro no Dallas-Forth Worth Film Critics Association Awards 2015.

Vencedor dos prêmios de melhor filme, melhor elenco, melhor roteiro e melhor ator coadjuvante (Liev Schreiber) no Detroit Film Critic Society, US 2015.

Vencedor dos prêmios de melhor filme, melhor roteiro e melhor performance de elenco – prêmio especial do júri no Gotham Awards 2015.

Vencedor dos prêmios de melhor filme, melhor roteiro e melhor ator coadjuvante (Mark Ruffalo) no Indiana Film Journalists Association, US 2015.

Vencedor dos prêmios de melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro e melhor elenco no Las Vegas Film Critics Society Awards 2015.

Vencedor dos prêmios de melhor filme e melhor roteiro no Los Angeles Film Critics Association Awards 2015.

Vencedor do prêmio de melhor filme americano no Mill Valley Film Festival 2015.

Vencedor dos prêmios de melhor filme e melhor atuação de elenco no Phoenix Film Critics Society Awards 2015.

Vencedor do prêmio de melhor filme no San Francisco Film Critics Circle 2015.

Vencedor dos prêmios de melhor filme, melhor elenco e melhor roteiro original no Southeastern Film Critics Association Awards 2015.

Vencedor dos prêmios de melhor filme, melhor diretor e melhor roteiro original no St. Louis Film Critics Association, US 2015.

Vencedor do prêmio de melhor filme no Vancouver Film Critics Circle 2016.

Vencedor dos prêmios de melhor filme e melhor atuação de elenco no Washington DC Area Film Critics Association Awards 2015.

 

O Bom Dinossauro (The Good Dinosaur)

O Bom Dinossauro - poster nacional

Direção: Peter Sohn

Roteiro: Meg LeFauve, baseado em história de Peter Sohn, Erik Benson, Meg LeFauve, Kelsey Mann e Bob Peterson e no conceito original e desenvolvimento de Bob Peterson

Elenco: Jeffrey Wright, Frances McDormand, Maleah Nipay-Padilla, Ryan Teeple, Jack McGraw, Marcus Scribner, Raymond Ochoa, Jack Bright, Peter Sohn, Steve Zahn, Mandy Freund, Steven Clay Hunter, A.J. Buckley, Anna Paquin, Sam Elliott, David Boat, Carrie Paff, Calum Grant, John Ratzenberger, Charlie Bright, Emily Davis, Tony Fucile, Zoe Larkin, Courtney Lockwood, Aidan McGraw, Ava Schaffer, Lena Schaffer, Daniel Nascimento.

Gênero: Animação/Aventura/Comédia

Duração: 93 minutos

Sinopse: Os dinossauros foram extintos após a colisão de um gigantesco asteróide com o planeta Terra. E se este evento não tivesse ocorrido? O filme parte desta premissa para trazer a história de dinossauros que ainda hoje controlam o planeta. E mostra a amizade de Arlo (Raymond Ochoa), um dinossauro adolescente, com um jovem menino humano, Spot (Jack Bright).

Notas: Disponível em 2D e também em 3D em cinemas selecionados.

Longa de estreia de Peter Sohn na direção.

Indicado ao Globo de Ouro de melhor animação.

 

Vai Que Dá Certo 2 (Vai Que Dá Certo 2)Vai Que Dá Certo 2 - poster

Direção: Maurício Farias

Roteiro: Maurício Farias

Elenco: Danton Mello, Fábio Porchat, Felipe Abib, Felipe Rocha, Lúcio Mauro, Lúcio Mauro Filho, Natália Lage, Verônica Debom, Vladimir Brichta, Ravel Cabral, Rodrigo Pandolfo.

Gênero: Comédia

Duração: 90 minutos

Sinopse: Como os primeiros planos de enriquecer não deram certo, Rodrigo (Danton Mello), Tonico (Felipe Abib) e Amaral (Fábio Porchat) ainda precisam de dinheiro. Eles encontram um vídeo com cenas comprometedoras de Elói (Vladimir Brichta), e tentam chantageá-lo, mas os planos não funcionam como planejado. Até porque uma prima nada confiável (Verônica Debom) e uma dupla de policiais corruptos também está interessada em faturar com essa história.

Notas: Orçamento estimado em R$ 5 milhões.

Sequência de Vai Que Dá Certo (2013).

Sétimo longa de Maurício Farias na direção. Os anteriores são Conto de Natal (2013), Histórias de Cama e Mesa (2004), O Coronel e o Lobisomem (2005), A Grande Família: O Filme (2007), Verônica (2008) e Vai Que Dá Certo (2013).

 

O Fio de Ariane (Au Fil d’Ariane)

Direção: Robert Guédiguian

Roteiro: Robert Guédiguian e Serge Valletti

Elenco: Ariane Ascaride, Jacques Boudet, Jean-Pierre Darroussin, Gérard Meylan, Adrien Jolivet, Anaïs Demoustier, Judith Magre, Lola Naymark, Youssouf Djaoro.

Gênero: Comédia/Drama

Duração: 92 minutos

Sinopse: Ariane (Ariane Ascaride) é uma mulher de meia-idade que se sente mais sozinha do que nunca quando, no dia de seu aniversário, seus entes queridos não aparecem. Então, ela deixa sua adorável vizinhança em uma viagem de carro em direção à grande e ensolarada cidade de Marselha, na França.

Notas: Décimo oitavo longa do francês Robert Guédiguian na direção. Os anteriores são Último Verão (1981), Sul Vermelho (1985), Ki Lo Sa? (1985), Deus Vomita os Mornos (1991), O Dinheiro Traz a Felicidade (1993), À Vida, à Morte! (1995), Marius E Jeannette (1997), No Lugar do Coração (1998), Ao Ataque! (2000), A Cidade Está Tranquila (2000), Marie-Jo e Seus Dois Amores (2002), Mon Père Est Ingénieur (2004), O Último Miterrand (2005), Le Voyage en Arménie (2006), Lady Jane (2008), L’Armée du Crime (2009) e As Neves do Kilimandjaro (2011).

 

Diplomacia (Diplomatie)

Diplomacia - poster nacional

Direção: Volker Schlöndorff

Roteiro: Cyril Gely e Volker Schlöndorff, baseado na peça de Cyril Gely

Elenco: André Dussollier, Niels Arestrup, Attila Borlan, Burghart Klaußner, Charles Morillon, Charlie Nelson, Claudine Acs, Dominique Engelhardt, Jean-Cyril Durieux, Jean-Marc Roulot, Jochen Hägele, Johannes Klaußner, Lucas Prisor, Marie Dompnier, Olivier Ythier, Robert Stadlober, Stefan Wilkening, Thomas Arnold, Eric Moreau, Paula Beer.

Gênero: Drama

Duração: 84 minutos

Sinopse: Em agosto de 1944, no contexto da Segunda Guerra Mundial, o general alemão Dietrich von Choltitz (Niels Arestrup) está em Paris sob ordens do Terceiro Reich com a missão de comandar a explosão da capital francesa (incluindo pontes, prédios históricos e monumentos culturais). Até que, no meio da noite, recebe a visita inesperada do cônsul geral da Suécia Raoul Nordling (André Dussolier), que vai tentar convencê-lo a livrar a cidade do destino trágico planejado pelos alemães.

Notas: Baseado na peça homônima de Cyril Gely.

O veterano diretor alemão Volker Schlöndorff tem em sua carreira longas como O Jovem Törless (1966), O Tirano da Aldeia (1969), A Moral de Ruth Halbfass (1972), A Honra Perdida de Katharina Blum (1975), O Tambor (1979), O Ocaso de Um Povo (1981), Um Amor de Swann (1984), A Morte de Um Caixeiro-Viajante (1985), A Decadência de Uma Espécie (1990), O Viajante (1991), O Guardião da Floresta (1996), Crime em Palmetto (1998) e Ulzhan (2007), entre outros.

 

Relacionamento à Francesa (Papa ou Maman)

Relacionamento à Francesa - poster nacional

Direção: Martin Bourboulon

Roteiro: Matthieu Delaporte, Alexandre de La Patellière e Jérôme Fansten, baseado em ideia original de Guillaume Clicquot de Mentque

Elenco: Laurent Lafitte, Marina Foïs, Achille Potier, Alexandre Desrousseaux, Anna Lemarchand, Anne Le Ny, Eric Naggar, Jean-Baptiste Fonck, Judith El Zein, Michaël Abiteboul, Michel Vuillermoz, Mireille Franchino, Pierre Samuel, Théoline Lanckriet, Vanessa Guide, Yannick Choirat, Yves Verhoeven, Anne Le Nen, Dominique Fouassier, Marie Cahuzac.

Gênero: Comédia/Drama/Romance

Duração: 85 minutos

Sinopse: Florence (Marina Foïs) e Vicent Leroy (Laurent Lafitte) são um casal bem-sucedido. Eles têm três filhos e ótimos empregos. Tudo corre bem, até que ambos recebem propostas de promoção. Com a turbulência e o caos da vida em conjunto, eles decidem se separar, mas nenhum deles quer ficar com a guarda dos filhos.

Notas: Longa de estreia de Martin Bourboulon na direção.

 

O Cavalo de Turim (A Torinói Ló)

O Cavalo de Turim - poster nacional

Direção: Béla Tarr e Ágnes Hranitzky

Roteiro: Béla Tarr e László Krasznahorkai

Elenco: János Derzsi, Erika Bók, Mihály Kormos, Lajos Kovács, Ricsi, Mihály Ráday.

Gênero: Drama

Duração: 146 minutos

Sinopse: O velho fazendeiro Ohlsdorfer (János Derzsi) e sua filha (Erika Bók) dividem um cotidiano dominado pela monotonia. A realidade dos dois é observada pela vista da janela e as mudanças são raras. Enquanto isso, o cavalo da família se recusa a comer e a andar. O filme é uma recriação do que teria ocorrido com o animal após ter sido salvo da tortura pelo filósofo alemão Friedrich Nietzsche durante uma viagem a Turim, na Itália.

Notas: Décimo longa do polonês Béla Tarr na direção. Os anteriores são Családi Tüzfészek (1979), Szabadgyalog (1981), Panelkapcsolat (1982), Macbeth (1982), Öszi Almanach (1984), Kárhozat (1988), City Life (1990), Sátántangó (1994), A Harmonia Werckmeister (2000) e A Londoni Férfi (2007).

Terceiro longa de Ágnes Hranitzky na direção. Os anteriores são A Harmonia Werckmeister (2000) e A Londoni Férfi (2007).

Vencedor dos prêmios FIPRESCI e Urso de Prata e indicado ao Urso de Ouro no Festival de Berlim 2011.

Vencedor do prêmio de melhor filme estrangeiro no Kinema Junpo Awards 2013.

Vencedor do prêmio de melhor filme estrangeiro no Palm Springs International Film Festival 2012.

 

A Segunda Esposa (Kuma)

A Segunda Esposa - poster

Direção: Umut Dag

Roteiro: Petra Ladinigg, baseado em história de Umut Dag

Elenco: Nihal G. Koldas, Begüm Akkaya, Vedat Erincin, Murathan Muslu, Alev Irmak, Aliye Esra Salebci, Nigas Koldas, Mustafa, Ethem Saygieder, Abdulkadir Tuncer.

Gênero: Drama

Duração: 93 minutos

Sinopse: Mustafa (Vedat Erincin), um imigrante turco, mora em Viena, com Fatma (Nihal G. Koldas) e seus seis filhos. Esta família tradicional escolhe Ayse (Begüm Akkaya), uma jovem de 19 anos, para se casar com um de seus filhos, mas quando ela chega no local, a realidade é outra: Ayse será a segunda esposa de Mustafa. Apesar da surpresa no início, nasce uma relação de amizade e cumplicidade entre essas duas esposas de gerações diferentes, principalmente quando a mais nova descobre que Fatma está doente, e tem seus dias contados.

Notas: Longa de estreia de Umut Dag na direção.

Vencedor do prêmio de melhor filme no Salerno Shadowline Film Festival 2012.

Vencedor do grande prêmio no Skip City International D-Cinema Festival 2012.

Vencedor do prêmio da audiência no Lecce Festival of European Cinema 2012.

 

8 ½ (8 ½)

8 ½ - poster nacional

Direção: Federico Fellini

Roteiro: Ennio Flaiano, Tullio Pinelli, Federico Fellini e Brunello Rondi, baseado em história de Federico Fellini e Ennio Flaiano

Elenco: Marcello Mastroianni, Claudia Cardinale, Anouk Aimée, Sandra Milo, Rossella Falk, Barbara Steele, Madeleine Lebeau, Caterina Boratto, Eddra Gale, Guido Alberti, Mario Conocchia, Bruno Agostini, Cesarino Miceli Picardi, Jean Rougeul, Mario Pisu, Yvonne Casadei, Ian Dallas, Mino Doro, Nadia Sanders, Georgia Simmons, Edy Vessel, Tito Masini, Annie Gorassini, Rossella Como, Mark Herron.

Gênero: Drama

Duração: 138 minutos

Sinopse: Prestes a rodar sua próxima obra, o cineasta Guido Anselmi (Marcello Mastroianni) ainda não tem ideia de como será o filme. Mergulhado em uma crise existencial e pressionado pelo produtor, pela mulher, pela amante e pelos amigos, ele se interna em uma estação de águas e passa a misturar o passado com o presente, ficção com realidade.

Notas: O cultuado e premiado diretor italiano Federico Fellini também teve em sua carreira longas como A Estrada da Vida (1954), Noites de Cabíria (1957), A Doce Vida (1960), Julieta dos Espíritos (1965), Satyricon de Fellini (1969), Roma de Fellini (1972), Amarcord (1973), Ensaio de Orquestra (1978), E La Nave Va (1983), Ginger e Fred (1986) e A Voz da Lua (1990), entre outros.

Vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro e melhor figurino – preto e branco em 1964.

Vencedor do prêmio de melhor filme europeu no Bodil Awards 1964.

Vencedor do prêmio de melhor filme estrangeiro no Kinema Junpo Awards 1964.

Vencedor do Grand Prix melhor filme no Moscow International Film Festival 1963.

Vencedor do prêmio de melhor filme estrangeiro no National Board of Review, USA 1963.

Vencedor do prêmio de melhor filme estrangeiro no New York Film Critics Circle Awards 1963.

Vencedor do prêmio de melhor filme no Online Film & Television Association 2004.

Lançado originalmente nos cinemas em 1963.

 

AVISO: A data de estreia dos filmes é de inteira responsabilidade de suas distribuidoras, sendo sempre possível uma mudança de datas de última hora.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s