Jessica Jones S01E09 – AKA Sin Bin | Review

kilgrave-jessica-sinbin

AKA Sin Bin foi provavelmente o episódio “mais super-herói” de Jessica Jones até o momento, e ele estava em falta na série. Como comentei anteriormente, a prisão de Kilgrave seria um ótimo acontecimento para o desenrolar da história, tanto que esse novo episódio foi disparado o melhor da série.

O crédito a isso deve-se a David Tennant e a construção de seu Kilgrave que afinal de contas não é alheio a sentimentos apesar de tudo. Não que Tennant tente redimir seu personagem, mas as novas facetas do personagem permitem que a gente compreenda o seu passado e sua angústia. Esse é um dos poucos aspectos em que Jessica Jones supera Demolidor, o Rei do Crime é fichinha perto de Kilgrave.

O surto de inteligência que Jessica teve ao tramar a captura de Kilgrave parece ter sido efêmero demais. Novamente temos a personagem que age por instinto e que não mede as consequência, prova disso é a cena da luta com Kilgrave dentro da cela, em que é preciso a interferência de Trish para que as coisas não piorem. Fora que ela tem uma capacidade enorme de envolver terceiros em seus problemas, mesmo quando tenta não o fazer.

A sequência final foi a chance da série mostrar a que veio. Kilgrave é um psicopata que sofreu, mas ainda assim um psicopata, e vê-lo diante de seu maior terror da infância foi ao mesmo tempo assustador e intrigante. Assustador porque momentos antes víamos as cenas de torturas as quais ele era submetido, e intrigante porque ao se tratar do vilão, sempre há a dúvida de que ele está com um plano B em ação.

Fazer a mãe se matar e o pai arrancar seu coração não seria bem um plano B, mas depois dessa cena nem dava pra parar pra pensar no que estava acontecendo, mesmo com sua fuga Jess ainda está mais próxima do que nunca de detê-lo.

Sobre Will Simpson, como comentei, não apostava em sua morte, resta saber o que vai sair dali, o que são aquelas pílulas vermelhas e que tipo de tratamento ele se submeteu. Das duas uma, ou ele é mais um super-herói do MCU, talvez o Punho de Ferro, que deve ganhar uma série pela Netflix próximo ano ou ele será um novo vilão com as pílulas tornando-o em uma espécie de Capitão América poblemático. De qualquer forma, é um experimento e que deve ser posto à prova em breve.

  • Morri por dois segundos quando percebi que Trish ia se matar.
  • Se toda a história do divórcio de Jeri serviu apenas para a cena em que ela tenta libertar Kilgrave foi um desperdício e tanto.
  • Curioso pra saber o que fez com que Jessica se tornasse imune aos poderes de Kilgrave e como isso pode ajudar no caso de Hope.
  • “Mom… for every year that you left me alone… stab yourself.”
  • É bom ver Jessica chamando Kilgrave de Kevin, como diria Dumbledore: O medo de um nome só aumenta o medo da coisa em si.”

Confira mais reviews de Mavel’s Jessica Jones

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s