Jessica Jones S01E07 – AKA Top Shelf Perverts | Review

jess-jones-pervertHá algumas reviews anteriores eu questionei o motivo os vizinhos de cima terem presença na série já que em nada acrescentavam à série. Esperava que estivéssemos diante de uma reviravolta como foi a de Malcolm, mas o real motivo era mais simples que isso, estavam ali para morrer. De uma maneira bastante cruel, diga-se.

Tudo isso claro, ligado a Kilgrave. A obsessão psicótica que o vilão tem demonstrado por Jessica revela que ele não possui limites no que se refere a ter a heroína para si, de maneira que ela queira estar com ele, e não que esteja obrigada. Dito isso, deixar um cadáver na cama da pessoa amada não é o melhor caminho, mas a lógica deturpada de Kilgrave o impede de ver isso, apenas Jessica importa, nem mesmo seus sentimentos contam, somente sua presença.

Isso o torna até agora diferente pois Kilgrave não possui um plano maior, ele não quer dominar a cidade, não quer destruir a Terra e muito menos planeja enfrentar super-heróis (e poderia facilmente fazer os três), seu único e exclusivo objetivo é ter a Jessica para si, por livre e espontânea vontade. Essa psicopatia é ainda mais angustiante do ponto de vista narrativo quando tiramos as fantasias e superpoderes da equação e percebemos que muitas mulheres na vida real passam por situação semelhante.

E ver Jessica, um ser dotado de força e habilidades, em uma situação de fragilidade e desespero emocional extremos a ponto de se autoincriminar degolando uma pessoa com as mãos mostra que a sensação de impotência que as mulheres em situações como essa sentem.

A bem orquestrada cena da delegacia é o sumo de toda a impotência de Jessica. O plano, que confesso estava curioso para vê-lo em prática, sequer começou a se desenvolver e tudo foi por água abaixo por influência de Kilgrave, que mostra estar presente e ciente de tudo o que acontece na vida de Jessica, que não encontra outra saída, a não ser ceder aos seus caprichos.

  • Fui trouxa de achar que Matt Murdock ia aparecer como advogado de Jess
  • Mataram o irmão menos pior e deixaram a louca pra ficar morgando pela série.
  • Você percebe que tá ruim quando um mendigo diz que você tá fedendo.
  • Meio forçado ter que fazer a Jess ficar bêbada pra atacar a esposa da Jeryn, quando sabemos que nem isso seria o suficiente pra ela por a vida de alguém em risco. Aliás, ainda me pergunto o propósito dessa história de divórcio.
  • Meio aleatório também foi a visita de Jess à mãe da Trish, dizendo que vai se certificar de que ela vai ficar longe da filha, ainda mais quando ela está prestes a ir pra uma cadeia de segurança máxima.

Confira mais reviews de Mavel’s Jessica Jones

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s