Jessica Jones S01E05 – AKA The Sandwich Saved Me | Review

kilgrave-jessicajonesSe o episódio anterior aparentou ser um filler, esse daqui não poupou esforços pra mostrar um avanço na tentativa de Jessica em capturar Kilgrave e assim livrar Hope da prisão. Por enquanto a única coadjuvante que parece ter um desenvolvimento próprio é Trish, os demais estão lá pra servir ao propósito da protagonista, caso Hope não continuasse na série, nada impediria Jess de matar Kilgrave na primeira oportunidade.

O episódio mostrou o que eu havia comentado na review anterior, sozinha Jessica não teria conseguido metade do plano de capturar Kilgrave, porém é preciso mais do que um simples plano pra capturar alguém que tem tudo o que deseja apenas com simples palavras. Seria bom ter um plot twist na série e ver os eventos a partir de um Kilgrave preso e submisso à Jessica, porém o objetivo mesmo era apenas dá um gostinho de vitória, mesmo que temporária à heroína.

A relação de amizade entre Trish e Jessica foi outro ponto alto do episódio, em diversos momentos a relação das duas me lembrou a de Matt Murdock e Foggy Nelson, quando ambos ainda faziam faculdades juntos, a falta de um perigo iminente ajuda a dar um tom de descontração, mesmo com alguns inconvenientes como cantadas no bar. De qualquer forma, Trish parece ser uma personagem a ser mais explorada futuramente, não só pelo seu treinamento mostrado em episódios anteriores, mas por sua frustração em não ter servido de ajuda quando Jessica e o policial precisaram.

É chato comentar isso pela terceira vez, mas a direção das cenas de luta não melhoram. Parece que não há ensaio e que tudo é feito com apenas algumas orientações. Não há jogadas de câmera, não há planos abertos e tudo soa artificial, ou seja, tudo que não pode acontecer numa série em que a protagonista tem super-força e está num caminho de se tornar uma super-heroína.

Apesar disso, mal posso esperar pra ver mais de Kilgrave em ação, e espero que ele não tenha um final trágico no fim da temporada, porque é uma ótima adição ao MCU e poderia funcionar muito bem como vilão de outros heróis, assim como Loki. Mas antes disso, é bom ter mais cenas de Jessica dando os socos nele.

  • Trish já ganha vários pontos mostrando um uniforme e um nome para Jessica atuar como heroína. Mesmo que Safira seja “nome de dançarina exótica bem vadia.”
  • Referência rápida aos Vingadores (novamente) com um menino fantasiado de Capitão América.
  • Não sei ao certo em que linha temporal a série se passa, se antes do depois de Demolidor, mas seria legal vê-la esbarrando com o velhinho meio que sem querer nas ruas de Hell’s Kicthen.

Confira mais reviews de Mavel’s Jessica Jones

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s