Estreias da Semana – 12 de novembro

Veja as principais estreias da semana nos cinemas brasileiros:

 

Aliança do Crime (Black Mass)

Aliança do Crime - poster nacional

Direção: Scott Cooper

Roteiro: Mark Mallouk e Jez Butterworth, baseado no livro de Dick Lehr e Gerard O’Neill

Elenco: Johnny Depp, Joel Edgerton, Benedict Cumberbatch, Dakota Johnson, Kevin Bacon, Peter Sarsgaard, Jesse Plemons, Rory Cochrane, David Harbour, Adam Scott, Anthony Molinari, Bill Camp, Brad Carter, Corey Stoll, Erica McDermott, James Russo, Jamie Donnelly, Jeremy Strong, Julianne Nicholson, Juno Temple, Scott Anderson, W. Earl Brown, Mark Mahoney, Lonnie Farmer.

Gênero: Drama/Policial/Suspense

Duração: 122 minutos

Sinopse: James “Whitey” Bulger (Johnny Depp) e John Connolly (Joel Edgerton) cresceram juntos nas ruas de Boston. Décadas depois, no final dos anos 70, eles se encontram novamente. Connolly agora é um agente do FBI e Whitey, padrinho da máfia irlandesa. Eventos ligados a tráfico de drogas e assassinatos levam Bulger à lista dos mais procurados pelo FBI, mas é com a ajuda da agência que se torna um dos maiores criminosos da história.

Notas: Orçamento estimado em US$ 53 milhões.

Baseado na história real contada no livro homônimo de Dick Lehr e Gerard O’Neill.

Terceiro longa do também ator e roteirista americano Scott Cooper na direção. Os anteriores são Coração Louco (2009) e Tudo Por Justiça (2013).

 

Como Sobreviver a Um Ataque Zumbi (Scouts Guide To The Zombie Apocalypse)

Como Sobreviver a Um Ataque Zumbi - poster nacional

Direção: Christopher Landon

Roteiro: Carrie Lee Wilson, Emi Mochizuki e Christopher Landon, baseado em história de Lona Williams

Elenco: Tye Sheridan, Logan Miller, Joey Morgan, Halston Sage, Sarah Dumont, David Koechner, Cloris Leachman, Niki Koss, Corsica Wilson, Courtney Cooper, Drew Droege, Elle Evans, Janell Islas, Jeremy Dunn, Jesica Ahlberg, Matty Cardarople, Meghan Aruffo, Patrick Schwarzenegger, Sara Malakul Lane, Yana Trofimova.

Gênero: Comédia/Terror

Duração: 93 minutos

Sinopse: Ben (Tye Sheridan), Carter (Logan Miller) e Augie (Joey Morgan) são grandes amigos que se conheceram ainda crianças, no grupo de escoteiros. Entretanto, eles cresceram e agora Ben e Carter não vêem mais graça na atividade, especialmente pelo fato de serem motivo de piada de todos os demais jovens da cidade. Augie, por sua vez, continua empolgado com a ideia de ser um escoteiro. Um dia, quando o trio está acampando, Ben e Carter deixam o local para ir a uma badalada festa secreta. Só que, quando chegam à cidade, percebem que ela está tomada por zumbis, dispostos a matar qualquer um que surgir pela frente.

Notas: Orçamento estimado em US$ 15 milhões.

Terceiro longa de Christopher Landon na direção. Os anteriores são Burning Palms (2010) e Atividade Paranormal: Marcados Pelo Mal (2014).

 

Amizade Desfeita (Unfriended/Cybernatural)

Amizade Desfeita - poster nacional

Direção: Levan Gabriadze

Roteiro: Nelson Greaves

Elenco: Heather Sossaman, Courtney Halverson, Shelley Hennig, Moses Jacob Storm, Will Peltz, Renee Olstead, Jacob Wysocki, Matthew Bohrer, Mickey River, Cal Barnes, Christa Hartsock, Anthony Eftimeo, Tony Hernandez, Konstantin Khabenskiy, Denis Lyons.

Gênero: Suspense/Terror

Duração: 83 minutos

Sinopse: Quando um vídeo constrangedor de Laura Barns (Heather Sossaman) cai na internet, a menina tira a própria vida no pátio da escola. Um ano depois, um grupo de seis amigos (Courtney Halverson, Shelley Hennig, Renee Olstead, Will Peltz, Moses Jacob Storm e Jacob Wysocki) conversam via Skype e percebem que há uma sétima pessoa desconhecida na vídeoconferência, que revela ser sua ex-colega de classe, Laura, exigindo saber quem postou o vídeo que a levou à morte. Eles pensam que é uma brincadeira mas logo descobrem que há algo estranho, já que a menina começa a revelar segredos dos amigos e os ameaça de morte.

Notas: Orçamento estimado em US$ 1 milhão.

Quarto longa do georgiano Levan Gabriadze na direção. Os anteriores são Vykrutasy (2011), Yolki 2 (2011) e Yolki 3 (2013).

Vencedor dos prêmios de melhor filme – menção especial e filme mais inovador no Fantasia Film Festival 2014.

 

Dois Homens Contra Uma Cidade (Two Men In Town)

Dois Homens Contra Uma Cidade - poster nacionalDireção: Rachid Bouchareb

Roteiro: Olivier Lorelle, Yasmina Khadra e Rachid Bouchareb, baseado no roteiro original de José Giovanni e Daniel Boulanger

Elenco: Ellen Burstyn, Forest Whitaker, Luiz Guzmán, Harvey Keitel, Brenda Blethyn, Reg E. Cathey, Chris Ranney, Dolores Heredia, Joshua R. Aragon, Lionel Archuleta, Matthew Page, Michael Stone, Paul Caster, Robert Dean, Sarah Minnich, Tim Guinee, Cheo Tapia, Kristin Hansen, Stan Carp, Augusta Allen-Jones.

Gênero: Drama

Duração: 120 minutos

Sinopse: Uma pequena cidade de Novo México, cercada pelo deserto, apresenta uma onda crescente de mortes, seja por assassinato, seja pela sede. O presidiário William Garnet (Forest Whitaker) acaba de ser libertado. Graças à sua fé muçulmana, ele tem um comportamento exemplar e com a ajuda do agente da penitenciária, inicia uma nova vida na cidade. Mas devido a desentendimentos do passado, um xerife e seu comparsa estão conspirando contra o ex-detento. Garnett encontra apoio no oficial da penitenciária, na sua fé e num novo amor.

Notas: Remake do filme francês homônimo de 1973, que tinha em seu elenco Alain Delon, Jean Gabin, Gérard Depardieu e Mimsy Farmer e dirigido pelo francês José Giovanni.

Indicado ao Urso de Ouro no Festival de Berlim 2014.

Décimo segundo longa do francês Rachid Bouchareb na direção. Os anteriores são Bâton Rouge (1985), Cheb (1991), Déposez Armes (1992), Des Années Déchirées (1993), Poussières de Vie (1995), L’Honneur de Ma Famille (1998), Little Senegal (2001), Dias de Glória (2006), London River – Destinos Cruzados (2009), Fora da Lei (2010) e Simplesmente Uma Mulher (2012).

 

Hipócrates (Hippocrate)

Hipócrates - poster nacional

Direção: Thomas Lilti

Roteiro: Pierre Chosson, Baya Kasmi, Julien Lilti e Thomas Lilti

Elenco: Vincent Lacoste, Jacques Gamblin, Carole Franck, Félix Moati, Jeanne Cellard, Julie Brochen, Marianne Denicourt, Philippe Rebbot, Rafik Ben Mebarek, Reda Kateb, Thierry Levaret, Josée Laprun, Zohra Benali, Juliette Aoudia, Luc Leclerc du Sablon, Erwan Laurent, Paul-Antoine Chenoz, Fanny Sidney, Johann Dionnet, Martine Schambacher.

Gênero: Comédia/Drama

Duração: 102 minutos

Sinopse: Benjamin (Vincent Lacoste) tem certeza que nasceu para ser um grande médico, mas sua primeira experiência como residente não rende o esperado. No mesmo hospital trabalha seu pai (Jacques Gamblin), profissional renomado que se recusa a ajudá-lo. Sentindo-se menor que os colegas, inseguro e assustado, Benjamin tem seus limites testados pela primeira vez na vida.

Notas: Segundo longa de Thomas Lilti na direção. O anterior é Les Yeux Bandés (2007).

Filme de encerramento da Semana da Crítica do Festival de Cannes 2014.

Filme participante do My French Film Festival.

 

O Reino Gelado 2 (Snezhnaya Koroleva 2 – Snezhnyy Korol)

O Reino Gelado 2 - poster nacional

Direção: Aleksey Tsitsilin

Roteiro: Roman Nepomnyashchiy, Vladimir Nikolaev, Aleksey Tsitsilin e Aleksey Zamyslov

Elenco: Aleksandr Gudkov, Aleksandr Uman, Aleksey Likhnitskiy, Anna Khilkevich, Anna Shurochkina, Dee Bradley Baker, Igor Bortnik, Ivan Okhlobystin, Roman Yunusov, Sean Bean, Jeff Bennett, JB Blanc, Larry Cedar, Bill Chott, Sharlto Copley, Sara Cravens, Pat Fraley, Isabelle Fuhrman, Tyler Merna, Candi Milo, Nick Tate, Bella Thorne, Carrie Wampler.

Gênero: Animação/Aventura

Duração: 78 minutos

Sinopse: Após lutar contra a Rainha da Neve, o troll Orm (Ivan Okhlobystin/Sharlto Copley) precisa combatê-la novamente quando a antagonista lança uma maldição sobre seu espelho, fazendo com que as pessoas vejam apenas o pior de si mesmas.

Notas: Sequência de O Reino Gelado (2012).

Disponível em 2D e também em 3D em cinemas selecionados.

Longa de estreia de Aleksey Tsitsilin na direção.

 

Se Deus Vier Que Venha Armado (Se Deus Vier Que Venha Armado)

Se Deus Vier Que Venha Armado - poster

Direção: Luis Dantas

Roteiro: Luis Dantas e Beatriz Gonçalves

Elenco: Vinícius de Oliveira, Leonardo Santiago, Sara Antunes, Ariclenes Barroso, André Franco, Luiz Adelmo Manzano, Clayton Mariano, Giulio Lopes.

Gênero: Drama/Policial

Duração: 87 minutos

Sinopse: Após ser liberado temporariamente da prisão, um presidiário tem 72 horas para visitar o seu irmão, encontrar um amigo de infância e encontrar com uma mulher. Entretanto, ele também tem uma missão a cumprir para os chefes do crime, como parte de uma onda de ataques do PCC no estado de São Paulo.

Notas: Segundo longa de Luis Dantas na direção. O anterior é A Performance (2012).

Vencedor dos prêmios de melhor diretor, melhor ator (Ariclenes Barroso) e melhor fotografia no Festival Iberoamericano CineCeará 2013.

Vencedor de melhor filme, melhor diretor e melhor fotografia no FestAruanda 2013.

Vencedor do prêmio de desenvolvimento de roteiro da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo e em 2010, o prêmio de fomento ao cinema paulista, promovido pela Secretaria de Estado da Cultura, com aportes da SABESP e MORLAN.

 

Capital Humano (Il Capitale Umano)

Capital Humano - poster nacional

Direção: Paolo Virzì

Roteiro: Paolo Virzì, Francesco Bruni e Francesco Piccolo, baseado no livro de Stephen Amidon

Elenco: Fabrizio Bentivoglio, Matilde Gioli, Valeria Bruni Tedeschi, Valeria Golino, Bebo Storti, Fabrizio Gifuni, Gianluca Di Lauro, Gigio Alberti, Giovanni Anzaldo, Guglielmo Pinelli, Luigi Lo Cascio, Michael Sart, Paolo Pierobon, Silvia Cohen, Fulvio Milani, Riccardo Andreotti, Pia Engleberth, Vincent Nemeth, Francesca Lancini, Luca Torraca.

Gênero: Drama

Duração: 111 minutos

Sinopse: Um ciclista é atropelado na véspera da noite de Natal. O motorista do carro foge sem prestar socorro à vítima. O ciclista é levado para o hospital. Ele está a beira da morte e duas famílias muito conhecidas na cidade são acusadas de envolvimento no caso criminoso.

Notas: Orçamento estimado em € 6 milhões.

Baseado no livro homônimo de Stephen Amidon.

Indicado italiano ao Oscar de melhor filme estrangeiro 2015.

Vencedor dos prêmios de melhor filme, melhor roteiro, melhor edição, melhor som, melhor atriz (Valeria Bruni Tedeschi), melhor ator coadjuvante (Fabrizio Gifuni) e melhor atriz coadjuvante (Valeria Golino) no David di Donatello Awards 2014.

Vencedor dos prêmios de melhor filme italiano e melhor roteiro no FICE – Federazione Italiana Cinema d’Essai 2014.

Vencedor do prêmio de melhor filme estrangeiro no Fort Lauderdale International Film Festival, US 2014.

Vencedor do prêmio de melhor filme no Golden Globes, Italy 2014.

Décimo terceiro longa do italiano Paolo Virzì na direção. Os anteriores são La Bella Vita (1994), Ferie d’Agosto (1996), Ovosodo (1997), Baci e Abbracci (1999), La Strana Coppia. Incontro Con Age e Scarpelli (2001), My Name Is Tanino (2002), Caterina Va In Città (2003), N (Io e Napoleone) (2006), Tutta La Vita Davanti (2008), L’Uomo Che Aveva Picchiato La Testa (2009), La Prima Cosa Bella (2010) e Tutti I Santi Giorni (2012).

 

As Mil e Uma Noites: Volume 1 – O Inquieto (As Mil e Uma Noites: Volume 1 – O Inquieto)

As Mil e Uma Noites: Volume 1 - O Inquieto - poster nacional

Direção: Miguel Gomes

Roteiro: Miguel Gomes, Telmo Churro e Mariana Ricardo

Elenco: Miguel Gomes, Adriano Luz, Américo Silva, Basirou Diallo, Bruno Bravo, Carloto Cotta, Chico Chapas, Crista Alfaiate, Cristina Carvalhal, Dinarte Branco, Diogo Dória, Luísa Cruz, Maria Rueff, Rogério Samora, Tiago Fagulha.

Gênero: Drama

Duração: 125 minutos

Sinopse: Um cineasta (Miguel Gomes) foge durante o processo de realização de seu novo filme e, ao ser capturado, não tem outra saída a não ser repetir o que fez Xerazade em “As Mil e Uma Noites”, onde precisava contar uma história diferente a cada noite para não ser degolada pelo rei, seu marido – no caso em questão, os algozes são os demais integrantes da equipe de filmagens. Desta forma, ele passa a apresentar narrativas baseadas na crise vivida por Portugal entre os anos de 2013 e 2014, que fez com que a população local vivesse sob forte austeridade econômica. Os contos deste volume são O Homem de Pau Feito, A História do Galo e do Fogo e O Banho dos Magníficos.

Notas: Quarto longa de Miguel Gomes na direção. Os anteriores são A Cara Que Mereces (2004), Aquele Querido Mês de Agosto (2008) e Tabu (2012).

Vencedor do prêmio de melhor filme no Sydney Film Festival 2015.

Vencedor do Palm Dog no Festival de Cannes 2015.

 

Os Maias: Cenas da Vida Romântica (Os Maias: Cenas da Vida Romântica)

Os Maias: Cenas da Vida Romântica - poster

Direção: João Botelho

Roteiro: João Botelho, baseado na obra de Eça de Queirós

Elenco: Graciano Dias, Maria Flor, João Perry, Pedro Inês, Hugo Mestre Amaro, Adriano Luz, André Gonçalves, Filipe Vargas, Jorge Vaz de Carvalho, José Manuel Mendes, Marcello Urgeghe, Maria João Pinho, Pedro Lacerda, Rita Blanco, Ana Moreira, Nuno Pardal, Nuno Casanovas, Rui Morrison, Catarina Wallenstein, João Barbosa.

Gênero: Drama/Romance

Duração: 139 minutos

Sinopse: Carlos da Maia (Graciano Dias) é o último herdeiro da tradicional família portuguesa. Ele é formado em medicina pela antiga Universidade de Coimbra, mas prefere gastar seu tempo na companhia de amigos e amantes, junto a seu grande colega João da Ega (Pedro Inês). Mas isso muda quando ele finalmente se apaixona. A história pessoal de Carlos se mistura à de Portugal, ambas banhadas de doses generosas de tragédia e comédia.

Notas: Orçamento estimado em € 1,5 milhão.

Baseado na obra homônima de Eça de Queirós.

Vencedor do prêmio de melhor filme no Golden Globes, Portugal 2015.

Vigésimo primeiro longa do português João Botelho na direção. Os anteriores são Um Projecto de Educação Popular (1976), O Alto do Cobre (1976), Conversa Acabada (1981), Um Adeus Português (1986), Tempos Difíceis (1988), No Dia dos Meus Anos (1992), Aqui na Terra (1993), Três Palmeiras (1994), Tráfico (1998), Quem És Tu? (2001), A Mulher Que Acreditava Ser Presidente dos EUA (2003), O Fatalista (2005), A Luz na Ria Formosa (2005), A Baleia Branca – Uma Ideia de Deus (2007), Corrupção (2007), A Terra Antes do Céu (2007), A Corte do Norte (2008), Para Que Este Mundo Não Acabe! (2009), Filme do Desassossego (2010) e Anquanto La Lhéngua Fur Cantada (2012).

 

Condado Macabro (Condado Macabro)

Condado Macabro - poster

Direção: Marcos DeBrito e André de Campos Mello

Roteiro: Marcos DeBrito

Elenco: Leonardo Miggiorin, Paulo Vespúcio Garcia, Francisco Gaspar, Rafael Raposo, Marcela Moura, Larissa Queiroz, Fernando de Paula, Bia Gallo, Beto Brito, Olivia de Brito, Lincoln Shedd, Gio Avelino, Antonio Cândida.

Gênero: Suspense/Terror

Duração: 113 minutos

Sinopse: Cangaço (Francisco Gaspar), um palhaço com o rosto e mãos cobertos de sangue, está algemado em uma sala onde é interrogado por Moreira (Paulo Vespúcio Garcia), o investigador de uma pequena cidade do interior. O homem, que praticava pequenos delitos pelo centro com seu comparsa Bola 8 (Fernando de Paula), é o principal suspeito dos crimes hediondos que ocorreram em uma casa próxima da floresta. A residência fora alugada por cinco jovens que resolveram passar o feriado na cidade. Enquano Vanessa (Olivia de Brito) tenta conquistar Théo (Leonardo Miggiorin), Beto (Rafael Raposo) investe suas cantadas em Mari (Larissa Queiroz). Ao passo que essas relações se estreitam, Vanessa desaparece e outros personagens encorpam as reviravoltas da trama.

Notas: Vencedor do prêmio de melhor filme brasileiro no Festival Internacional de Cinema Fantástico Fantaspoa 2015.

Longa de estreia de Marcos DeBrito e André de Campos Mello na direção.

 

Órfãos do Eldorado (Órfãos do Eldorado)

Órfãos do Eldorado - poster

Direção: Guilherme Coelho

Roteiro: Guilherme Coelho, Marcelo Gomes e Hilton Lacerda, baseado no livro de Milton Hatoum

Elenco: Daniel de Oliveira, Dira Paes, Mariana Rios, Paulo Fonseca, Henrique da Paz, Adriano Barroso, Arthur Codeceira.

Gênero: Drama/Romance/Suspense

Duração: 96 minutos

Sinopse: Após um período longe, Arminto Cordovil (Daniel de Oliveira) retorna para a casa do pai e logo reencontra Florita (Dira Paes), a atual amante dele, com quem teve um caso no passado. Quando o patriarca morre, cabe a Arminto assumir os negócios da família, apesar de seu pouco interesse pelo assunto. Até que, em um bar, ele se encanta por uma cantora (Mariana Rios). Após uma noite de amor, Arminto passa a procurar por ela em todo lugar.

Notas: Baseado no livro homônimo de Milton Hatoum.

Quarto longa de Guilherme Coelho na direção. Os anteriores são Fala Tu (2003), Fernando Lemos, Atrás da Imagem (2006) e Um Domingo Com Frederico Morais (2011).

 

#Garotas: O Filme (#Garotas: O Filme)

#Garotas: O Filme - poster

Direção: Alex Medeiros

Roteiro: Alex Medeiros

Elenco: Giovana Echeverria, Barbara França, Jeyce Valente, Ingra Liberato, Bruno Dubeux, Nicola Siri, Rafael Canedo, Raphael Logam, Erick Vesch, Alex Nader, Maria Carolina Ribeiro, Paulo Giardini, Lazuli Galvão, Natasha Sierra, Pedro Emanuel, Mario Terra, Philipp Lavra.

Gênero: Comédia/Drama

Duração: 100 minutos

Sinopse: Beth (Giovana Echeverria), Milena (Barbara França) e Carina (Jeyce Valente) são três jovens amigas que se divertem nas maiores festas do Rio de Janeiro. Mas depois de morar um ano em Nova Iorque, Beth retorna ao Rio na véspera do Ano Novo, completamente mudada e decidida a se comportar. As amigas, porém, não estão dispostas a deixá-la renunciar ao estilo de vida festeiro, e Beth será tentada por uma grande festa na noite da virada, onde os segredos e as intrigas testarão sua resiliência e até mesmo a amizade entre as três.

Notas: Longa de estreia de Alex Medeiros na direção.

 

Caminho de Volta (Caminho de Volta)

Caminho de Volta - poster

Direção: José Joffily e Pedro Rossi

Roteiro: José Joffily e Pedro Rossi

Elenco: André Câmara, Maria do Socorro.

Gênero: Documentário

Duração: 80 minutos

Sinopse: André Câmara, fotógrafo de 45 anos, e Maria do Socorro, 87 anos, têm uma coisa em comum: ambos deixaram o Brasil para morar no exterior. O documentário relata a tentativa deles em fazer o caminho de volta para o Brasil, lidando com todas as incertezas e as diferenças ao retornarem.

Notas: Longa de estreia de Pedro Rossi na direção.

Décimo longa de José Joffily na direção. Os anteriores são Urubus e Papagaios (1985), A Maldição do Sanpaku (1991), Quem Matou Pixote? (1996), O Chamado de Deus (2001), 2 Perdidos Numa Noite Suja (2002), Vocação do Poder (2005), Achados e Perdidos (2007), A Paixão Segundo Callado (2008) e Olhos Azuis (2009).

 

Samba & Jazz (Samba & Jazz)

Samba & Jazz - poster

Direção: Jefferson Mello

Roteiro: Jefferson Mello

Elenco: Atores desconhecidos

Gênero: Documentário/Musical

Duração: 90 minutos

Sinopse: A geografia os separa: um brasileiro, o outro americano. Os instrumentos musicais também são diferentes. Mas há algo mágico e rítmico que une o samba e o jazz. E para mostrar essa semelhança, o olhar de quem entende do assunto. Mas com um diferencial: o sambista estará em Nova Orleans e o jazzista no Rio de Janeiro. Não importa a distância, os dois tem algo em comum: a paixão pela música e pelas manifestações populares que se desenvolvem nos mundos do Samba e  do Jazz.

Notas: Longa de estreia de Jefferson Mello na direção.

Exibido no Festival do Rio 2014.

 

AVISO: A data de estreia dos filmes é de inteira responsabilidade de suas distribuidoras, sendo sempre possível uma mudança de datas de última hora.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s