Expresso do Amanhã | Crítica

tvdwd0qfyxo09bwch3eb

Expresso do Amanhã traz a histórias de Curtis ( Chris Evans), Edgar (Jamie Bell), Tanya ( Octavia Spencer), Gillian (John Hurt) entre outros, contra o império de Wilford ( Ed Harris). Há 17 anos a terra tentou acabar com o aquecimento global, mas num golpe frustrado acabou congelando todo o planeta e este trem se tornou uma espécie de arca com os sobreviventes, só que cada vagão é separado em classes sociais e na mais baixa se encontra o grupo liderado por Curtis. Guiado por Guillan ele lidera uma revolta para encontrar Namgoong Minsoo (Kang-ho Song) que criou todas as portas do trem e sabe do sistema de abertura delas, e sua filha. Em troca, exige uma droga alucinógena chamada kronol. Assim eles partem para a guerra em busca de justiça.

Adaptada da hq francesa “Le Transperceneige” de Jacques Lob, pelo diretor coreano Bong Joon-ho e Kelly Masterson, com o incentivo do outro cineasta de renome asiático Park Chan-wook, o filme fala um pouco do Marxismo verso o Capitalismo. É o que Curtis procura implantar quando chegar no último vagão, acabar com as desigualdades sociais, algo que vemos muito em voga nos dias de hoje. Ele não quer ser um líder, mas como governar sem um hoje em dia? Imagine em um trem repleto de classes famintas pelo poder em 2032.

Snowpiercer3

O que controla o trem é a máquina, é como se fosse seu coração e é onde Wilford fica, no último vagão controlando tudo e todos. A cada excesso de população eles dizimam uma parte para poder ter espaço para outros. É uma barbárie, e o coração, não vou contar, mas é controlado por seres que não mereciam estar ali de forma alguma, é de uma crueldade extrema.

Curtis, para chegar ao seu objetivo, tem que tomar decisões difíceis e dolorosas, mas sua luta é maior que aquilo tudo, é o bem maior é para as pessoas que ele está fazendo isso e é o que o motiva a não desistir de nada, nem que isso custe vidas de amigos. Assim como todos que entram nessa luta com o mesmo afinco que ele e também estão dispostos a correr riscos em nome da causa.

A cada avanço de vagão vemos alegorias não muito distantes do nosso mundo, e percebemos as desigualdades sociais existentes no trem, e que cabe perfeitamente no nosso mundo. Vagão com discoteca, vagão com restaurante de luxo, com mulher bordando, com plantação de tomate, onde é feita a comida do baixo escalão (não vou contar do que é feito, mas é bem nojento). Tudo é uma associação ao nosso tempo capitalista e sua fome por mais poder.

snowpiercer-screenshot-2

Chris Evans deixa seu escudo do Capitão América de lado, empresta seu carisma para Curtis e consegue passar confiança e respeito com seu personagem. Jamie Bell está fantástico como Edgar, suas cenas quebram um pouco o clima pesado e ele consegue roubar a cena sempre que pode. Octavia Spencer faz a mãe que perde seu filho e entrega uma força para sua personagem dando coragem para seguir em frente, Ed Harris e seu Wilford estão no piloto automático como um vilão simpático. A grande interpretação para variar é de Tilda Swinton, como a representante de comunicação de Wilford, uma mistura de Margaret Thatcher, impagável e brilhante.

A direção de Bong Joon-ho é sensacional, trazendo um filme de ação ao mesmo tempo um drama.

Cotação-5-5

Expresso do Amanhã (Snowpiercer)

Expresso do Amanhã - poster nacionalDireção: Joon-ho Bong

Roteiro: Joon-ho Bong e Kelly Masterson, baseado em história de Joon-ho Bong e na graphic novel de Jacques Lob, Benjamin Legrand e Jean-Marc Rochette

Elenco: Chris Evans, Jamie Bell, Tilda Swinton, Adnan Haskovic, Alison Pill, Brian Colin Foley, Clark Middleton, Emma Levie, Ewen Bremner, Griffin Seymour, Igor Juric, Jim High, John Hurt, Kang-ho Song, Kendrick Ong, Kenny Doughty, Luke Pasqualino, Marcanthonee Reis, Octavia Spencer, Peter Hallin, Sean Connor Renwick, Steve Park, Tómas Lemarquis, Vlad Ivanov.

Gênero: Ação/Drama/Ficção

Duração: 126 minutos

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s