Na Próxima, Acerto o Coração| Crítica

SCRATCH

Na Próxima, Acerto o Coração é um suspense fora do comum, primeiro porque temos o assassino revelado logo no começo, segundo porque ele é o protagonista, terceiro porque o todo o clímax reside na patologia mental dele, e quarto, é baseado em história verídica. Franck Neunhart (Guillaume Canet) é um guarda civil em Paris, mas também em suas folgas pratica o assassinato de belas jovens. Após o feito se auto flagela como punição, tem visão de vermes e escreve cartas à polícia contando os fatos. Ele desenvolve dupla personalidade, quando é guarda investiga com afinco quem é o assassino, briga com os colegas, tem uma vida normal, mas quando tira a farda se transforma em um ser psicopata misógino.

Franck é socialmente desajustado, tanto com mulheres quanto no trabalho. Seu lugar predileto é um bosque em que ele vai dormir sozinho. Sua vida social é zero. Em um dos momentos cômicos da trama liga para uma prostituta e acaba em um apartamento de um senhor que só queria companhia. Suas emoções são nulas, parece um robô, a não ser quando se transforma no psicopata e solta toda sua raiva, é uma misoginia tão grande que assusta, um ódio desequilibrado a mulher, que chega a ser inexplicável, e é, não fica claro em nenhum momento o porquê dele fazer isso. Qual o motivo desse sentimento todo não é explicado no filme.

SCRATCH

Discreto, tímido, perturbado, são algumas características de Franck. O autoflagelo não explica nenhuma convicção religiosa ou de nenhuma seita aparentemente. Na vida real o homem que inspirou a história foi diagnosticado com esquizofrenia. Ele se envolve com a bela Sophie (Ana Girardot), mas não demonstra muita paixão por ela, por ser misógino, talvez seja um homossexual enrustido, em uma cena dá a entender isso, mas não fica explícito. Sua vontade em matar é cada vez maior e incontrolável e o cerco vai se apertando contra ele.

Como disse, a trama já começa revelando quem é o assassino, logo de cara já sabemos quem nos guiará na jornada de morte a grande questão, e no desenrolar da trama vamos acompanhado todo o horror que Franck impera por Paris para suprir sua necessidade patológica enquanto é perseguido por guardas e a polícia local. Há uma rixa entre eles e Franck demonstra logo em uma cena em que tira sarro de um grupo de detetives. Mal sabe ele o que está por vir.

473482.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Guillaume Canet está perfeito como o psicopata Franck. Usando apenas de expressões faciais contidas e de um corpo enrijecido ele dá o exato tipo físico de um ser desajustado a sociedade e seus componentes. Trabalho de composição incrível. Por esse personagem foi nomeado ao César deste ano para o prêmio de melhor ator. Os outros atores estão bem, mas nada que chegue aos pés de Canet, o filme é dele.

Roteirizado e dirigido por Cedric Anger, ex-colaborador da Cahiers du Cinéma,  a história é baseada em Alain Lamare, também conhecido como “o assassino de Oise”. Cedric obtém êxito em transpor para a tela essa narrativa deixando poucos furos sem explicação, como a misoginia.

Cotação-5-5

Na Próxima, Acerto no Coração (La Prochaine Fois Je Viserai le Coeur)

Na Próxima, Acerto no Coração - poster nacionalDireção: Cédric Anger

Roteiro: Cédric Anger, baseado no livro de Yvan Stefanovitch

Elenco: Alexandre Carrière, Alice de Lencquesaing, Ana Girardot, Arnaud Henriet, Arthur Dujardin, Douglas Attal, Franck Andrieux, François-Dominique Blin, Guillaume Canet, Hélène Vauquois, Jean-Paul Comart, Jean-Yves Berteloot, Michel Cassagne, Patrick Azam, Pierick Tournier.

Gênero: Ação/Drama/Policial

Duração: 111 minutos

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s