PewDiePie: o jovem que ganhou milhões jogando videogame e irritou uma multidão

PewDiePie-conan
“How’s it going bros my name is Pewdiepie”

Talvez você não conheça o jovem sueco Felix Kjellberg de 25 anos, conhecido mundialmente como PewDiePie, mas o cara possui um canal no Youtube e tornou-se popular gravando suas reações a jogos de terror. Com o tempo o canal foi se diversificando e tornou-se mais um “Programa do PewDiePie” com aproximadamente 38 milhões de inscritos.

pewdssaladRecentemente o jornal “Expresen” informou que Felix ganhou cerca de 7,4 mihões de dólares ano passado somente com seus vídeos no Youtube, o que automaticamente gerou uma onda de ódio contra o youtuber em seu Facebook. Aparentemente as pessoas ficaram com um ódio extremo ao verem que alguém que grita jogando diferentes games, brinca de Photoshop e se grava falando besteiras ganha muito mais do que o “homem de bem trabalhador”.

Essas pessoas desconsideram o alcance que o canal do jovem sueco possui. Qualquer vídeo de 5 minutos gera no mínimo, em menos de 24 horas, 2 milhões de visualizações. Estamos falando de um público consumidor bem expressivo, jovem e que faz parte de um nicho específico que é o de games. Que anunciante poderia pedir vitrine mais atraente? Sem falar que os vídeos do canal mostram um PewDiePie bem autêntico, longe das coisas forçadas que vemos por aí.

O sucesso do outro incomoda, e muito. A ponto de se despejar ódio contra alguém somente pelo fato dela ter ganhado muito dinheiro. Dinheiro esse que não veio de um modo ilícito, mas sim de algo que a pessoa considera como idiota ou perda de tempo, o que, de modo algum, desqualifica o feito.

“Eu entendo que odiadores irão odiar, mas eu realmente não acho que dinheiro te faz feliz. Eu sou tão feliz hoje quanto eu era quando trabalhava vendendo cachorro-quente 5 anos atrás. Ver muitas pessoas se chateado por tudo isso é muito triste. É um desperdício de tempo”.

Talvez esse não seja o tipo de humor que você procura na internet, ou mesmo o tipo de canais de jogos, já que PewDiePie não é lá muito especialista nos games que joga, mas daí a condená-lo por ganhar dinheiro fazendo isso soa muito mau caratismo. Quem não gostaria de estar na pele do rapaz, ganhando milhões fazendo aquilo que gosta? Felix rebateu o haters com um vídeo em seu canal onde enfatizou queDinheiro é um tema que eu propositadamente evitei durante os cinco anos que venho fazendo vídeos. Eu só quero fazer vídeos divertidos”.

pewdsfabulous
Haters gonna hate. I’m Fabulous

O bom do Youtube é isso, qualquer um é livre para: 1- ver o que quiser e 2- criar seus próprios vídeos. O meme do “Não estou disposta, com licença.” vale bastante aqui, não gostou do vídeo? Passa pro próximo e seja feliz. Pra quê gastar energia criticando alguém que claramente possui um valor para milhões de pessoas somente porque você não curte? Por que não ir apoiar (e consequentemente “dar dinheiro”) para alguém que faça seu estilo? Simples, porque eles podem. É isso. Hoje em dia um avatar te dá liberdade pra dizer coisas que você não diria pessoalmente, e essa liberdade é o modo como muitas pessoas usam para descarregar sua frustração pessoal.

Além disso, PewDiePie ainda disse no vídeo que “gasta mais dinheiro com instituições de caridade do que com qualquer coisa que já comprou” para si mesmo. Quem acompanha regularmente seu canal sabe das campanhas que ele divulga e mesmo banca com a ajuda de seus fãs, como a campanha para levar água potável para comunidades carentes em Ruanda. É claro, pouca gente vê isso porque o que chama mesmo atenção é a crítica, o ódio. Tudo isso me leva a concluir que respeito deveria ser padrão, e não bônus.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s