Minions | Crítica

minionsDesde o lançamento do primeiro Meu Malvado Favorito, cerca de cinco anos atrás, se tornou uma questão de tempo até que os pequenos e amarelos ajudantes do vilão Gru (Steve Carell/Leandro Hassum) ganhassem um filme próprio. Eles ganharam espaço em bonecos, em lancheiras infantis, em brinquedos de parques temáticos, em capas de caderno e, o mais importante, no coração do público.

O filme Minions conta a história dos pequenos desde muito antes que conhecessem Gru. Na verdade, de antes da existência do homem sobre a Terra, já que eles nasceram junto com os primeiros dinossauros. Com o passar dos anos, esses seres imortais serviram uma série de senhores do mal, que acabaram sendo mortos de uma forma ou de outra devido à inaptidão de seus seguidores.

Na década de 60, quando os minions finalmente se cansam dos muitos anos passados sem um mestre, Kevin, Bob e Stuart (Pierre Coffin/Guilerme Briggs) partem em uma jornada aos Estados Unidos em busca de um grande vilão a quem seguir. Eles finalmente acreditam que encontraram o que procuraram na pessoa de Scarlet Overkill (Sandra Bullock/Adriana Esteves), mas acabam descobrindo que ela pode ser muito mais malvada do que esperavam.

minions2A princípio, trazer os atrapalhados ajudantes de Gru para o papel de protagonistas parece uma escolha estranha, já que eles foram criados com o objetivo expresso de servir como sidekicks. Porém, fazer com que eles sejam apresentados justamente como ajudantes de um personagem maior foi uma opção inteligente, responsável pela melhor sequência do filme, que infelizmente o trailer revelou um pouco cedo demais.

Em termos de humor, o que certamente foi o grande destaque dos filmes da franquia, o novo longa deixa um pouco a dever a seus antecessores. Talvez porque trazer os minions para a frente da história tenha diluído um pouco a graça de suas piadas, a verdade é que nem todas elas funcionam. Um dos maiores prazeres ainda é ver os pequenos se comunicando em sua linguagem única, que mistura termos em espanhol, inglês, francês e até alemão, entre muitos completamente inventados. Além disso, não há muitos outros personagens carismáticos dentro da narrativa e o roteiro perde algumas oportunidades importantes, como a de usar a figura da rainha Elizabeth (Jennifer Saunders/Mabel Cezar) de forma um pouco mais criativa e engraçada.

Para aqueles que gostam dos minions (o que, no momento, parece ser o mundo inteiro), o filme certamente será um sucesso, já que traz consigo uma overdose dos simpáticos bichinhos. De uma forma geral, porém, ele sofre de um mal que não é estranho aos dois Meu Malvado Favorito. Falta uma história maior, mais focada e interessante para dar liga às inúmeras piadas que se sucedem quase vertiginosamente na tela.

minions3Não há, portanto, nenhuma construção da relação entre os personagens e o espectador, nenhum deles empreende uma jornada de transformação ou sequer tem uma personalidade muito bem definida (o que é curioso, já que em alguns momentos o filme parece querer enveredar por uma história um pouco mais emocional sobre o rejeitado Bob, para logo em seguida esquecê-la completamente).

Se o público ainda se importa com os minions, está claro que não é por méritos do filme, mas porque a grande maioria das pessoas chegou à sala de cinema já perdidamente apaixonada por eles, seja por se divertir imensamente com seus feitos nos longas anteriores ou pela invasão publicitária que eles empreenderam em nossa cultura nos últimos tempos. Isso não quer dizer que o filme não seja divertido. Apenas que poderia ter desenvolvido melhor o seu potencial.

Cotação-2-5Minions - poster nacionalDireção: Kyle Balda e Pierre Coffin

Roteiro: Brian Lynch

Elenco: Sandra Bullock, Jon Hamm, Michael Keaton, Allison Janney, Steve Coogan, Jennifer Saunders, Geoffrey Rush, Steve Carell, Pierre Coffin, Katy Mixon, Michael Beattie, Hiroyuki Sanada, Dave Rosenbaum, Alex Dowding, Paul Thornley, Ava Acres, Carlos Alazraqui, Lori Alan, Kyle Balda, Daniel Barker, Bob Bergen, Melanie Bond, John Cygan, Brian T. Delaney, Bill Farmer, Keith Ferguson, Helen Fraser, Jess Harnell, Charlie Hayes, Ève Karpf, John Kassir, Sherry Lynn, Lewis MacLeod, Danny Mann, Mona Marshall, Gary Martin, Mickie McGowan, Laraine Newman, Andy Nyman, Jan Rabson, Chris Ragland, Zachary Alexander Rice, Cole Sand, Mindy Sterling, Tara Strong, William Vanderpuye, Jim Ward, Colette Whitaker, James Daniel Wilson, Derek Blankenship, Patrick Bradford, Peter Serafinowicz.

Gênero: Animação/Comédia

Duração: 91 minutos

Curta a fanpage do Cinelogin no Facebook!

2 comments

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s