Sense8 S01E03 – Smart Money’s on the Skinny Bitch | Review

Sense8 de fato é uma série que não tem pressa. Passados ¼ da temporada, pouco ou quase nada sabemos da história principal, apenas mais perguntas são criadas após cada episódio e isso não é necessariamente ruim por dois motivos: 1 – a série está no lugar certo, caso fosse exibida semana a semana já teria desinteressado mais da metade dos espectadores e 2 – não dá pra focar em todo mundo a cada episódio, é preciso ir com calma e deixar de lado, mesmo que momentaneamente, alguns dos sensates.

Sense8-episode3-skinny-bitchEm “Smart Money’s on the Skinny Bitch” o eixo está nos personagens que ficaram de fora do episódio anterior, principalmente Capheus, que após um rápido flashback inicial (semelhante ao de Will no episódio anterior) se sente injustiçado após ter sido assaltado. A situação gerou a melhor cena de ação da série até aqui (o que não quer dizer muita coisa já que foram escassas), foi eficiente, clara e bem coreografada. Ainda no episódio, Nomi consegue escapar da lobotomia programada.

Enquanto isso, Sun, a Skinny Bitch do título, está claramente com problemas, embora não saibamos ainda o quê e nem quem está envolvido. Uma coisa que percebi é que até agora dois tipos de conexões físicas foram mostradas, as que os sensates “trocam de corpo” e são transferidos para outro local (no caso de Will e Capheus com a arma), e aqueles que eles simplesmente acompanham a pessoa com quem compartilham as mesmas emoções (no caso de Sun e Capheu na cena da luta). O que isso significa e o porquê isso acontece eu não faço a menor ideia ainda.

Novamente o alívio cômico do episódio ficou com Daniela, a namorada falsa de Lito. Porém, é importante ressaltar que os irmãos Wachowskis em nenhum momento deixam banalizar a história de Lito e momentos depois ele passa a ser ameaçado por um admirador da atriz, isso acaba dando um desenvolvimento para cada plot, uma vez que não há o núcleo cômico, o núcleo de ação, de romance e assim por diante.

sense8-episodio3Por enquanto eu tenho gostado da série e o desenvolvimento gradual ainda não me incomodou. As cenas de ação mostram novamente o ponto alto dos diretores, e à medida que os poderes dos sensates estão aumentando (o entrosamento entre eles está cada vez mais óbvio e mais constante), deve-se esperar mais delas.

  • “He is Van Damme”
  • A única coisa que realmente me incomoda ainda é todos serem fluentes em inglês e falarem a língua mesmo quando claramente não é necessário. Um erro que poderia perfeitamente ser evitado.
  • Por enquanto ainda não odeio nenhum dos protagonistas, o que é raro pra mim!
  • Deu uma agonia a cena da lobotomia no começo do episódio. Nomi (e nós!) se safou.

Veja outras reviews da série Sense8

One comment

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s