Marvel’s Daredevil S01E02 – Cut Man | Review

O segundo episódio de Marvel’s Dardevil mostra que a série até o momento se mantêm consistente: o senso de realidade continua presente e aos poucos vamos conhecendo um pouco mais acerca do passado de Matt Murdock.

Demolidor netflix ep 2Em “Cut Man”, ao tentar resgatar o menino que vemos ser sequestrado no fim do episódio passado, Murdock comete um erro e acaba ficando entre a vida e morte quando é socorrido pela enfermeira Claire (Rosario Dawson). Ponto pra série que com a composição da cena, maquiagem e feitos, soube dar a sensação real de perigo ao protagonista, algo extremamente importante numa adaptação como essa.

Foggy continua sendo o alívio cômico da série, só que dessa vez isso não decorre do fato de sua profissão e sim pela própria personalidade do personagem que começa a ser explorada juntamente com a presença da Karen. Embora do ponto de vista estrutural a história deles dois descobrindo bares pouco tenha importado pro plot do episódio, serviu como uma ótima maneira de expor e desenvolver os dois personagens de maneira natural, e é bem provável que em episódios futuros eles venham a receber o devido destaque.

Os flashbacks continuam funcionando como um elemento característico da série. Se no episódio piloto tivemos apenas duas inserções, aqui esse recurso é bem mais usado, e trás uma ligação narrativa bem mais forte (“We’re Murdocks… we get hit a lot. But we get up. We always get up.”) Dá pra dizer até que esse episódio foi melhor que o anterior. A química entre Matt e Claire funcionou muito bem, e por enquanto tenho gostado de não sabermos 100% acerca das habilidades dele, e de como isso tem sido mostrado aos poucos, de uma maneira não forçada, mas ao mesmo tempo eficaz.

daredevil ep2Duas foram as cenas que mais demonstraram a segurança de Phil Abraham na direção, a primeira foi a tortura em que novamente desconstrói um herói que não hesita em espancar para obter suas informações e muito menos matar se preciso for. A segunda cena foi o belíssimo plano sequência final (com alguns momentos passíveis a corte) que mostra novamente do ponto de vista técnico uma boa coreografia de luta e do ponto de vista narrativo a determinação do Demolidor em resgatar o menino a qualquer custo. Se você precisava de um motivo pra acompanhar a série, esta cena é o principal deles.

  • O cara que lutou com o pai do Matt é o Creel, o Homem-Absorvente, que já deu as caras na série Agents of S.H.I.E.L.D.
  • Forninhos caindo e Matt jogando microondas na cara dos vilões.
  • Espero que não tenha sido um erro da série em descartar o pai do Matt logo no segundo episódio, era bacana ver a relação dos dois.
  • “There are other ways to see”

Veja outras reviews da série Marvel’s Daredavel

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s