Estreias da Semana – 19 de março

Veja as principais estreias da semana nos cinemas brasileiros:

 

A Série Divergente: Insurgente (Insurgent)

A Série Divergente: Insurgente - poster nacionalDireção: Robert Schwentke

Roteiro: Brian Duffield, Akiva Goldsman e Mark Bomback, baseado na série de livros de Veronica Roth

Elenco: Shailene Woodley, Theo James, Kate Winslet, Jai Courtney, Mekhi Phifer, Ansel Elgort, Miles Teller, Cynthia Barrett, Justice Leak, Lyndsi LaRose, Charlie Bodin, Octavia Spencer, Zoë Kravitz, Ben Lloyd-Hughes, Tony Goldwyn, Ashley Judd, Ray Stevenson, Leonardo Santaiti, Ian Casselberry, Jonny Weston, Naomi Watts, Keiynan Lonsdale, Suki Waterhouse, Emjay Anthony, Rosa Salazar, Maggie Q, Kendrick Cross, Daniel Dae Kim, David Landry, Lawrence Kao, Hunter Burke, Kate Rachesky, Callie Brook McClincy, Pete Burris, Justine Wachsberger, Nelson Bonilla, Arian Ash, Jane Park Smith, Janet McTeer, Andrea Alcorn, Isabella Antinori, Denzell Armon, Preston Baker, Hayden Gael Barnes, Chace Beck, Patrick Constantine Bertagnolli Jr., Austin Bollinger, Igor Bondaruk, Bradley Bowen, Deaven Brooks, DuRa Brown, Summer Cain, Phil Cappadora, Jeremy Carr, Trey Carter, Jack Champion, Melissa Chandler, Paul Cottman, Joseph Cox, Morgan Cryer.

Gênero: Ação/Aventura/Ficção

Duração: 119 minutos

Sinopse: Tris (Shailene Woodley) e Quatro (Theo James) agora são fugitivos e procurados por Jeanine Matthews (Kate Winslet), líder da Erudição. Em busca de respostas e assombrados por prévias escolhas, o casal enfrentará inimagináveis desafios enquanto tentam descobrir a verdade sobre o mundo em que vivem.

Notas: Disponível em 2D e também em 3D em cinemas selecionados.

Baseado na série de livros escrita por Veronica Roth.

Sequência de Divergente (2014).

Sétimo longa do alemão Robert Schwentke na direção. Os anteriores são Tattoo (2002), Eierdiebe (2003), Plano de Vôo (2005), Te Amarei Para Sempre (2009), Red: Aposentados e Perigosos (2010) e R.I.P.D. – Agentes do Além (2013).

 

Mapas Para as Estrelas (Maps To The Stars)

Mapas Para as Estrelas - poster nacionalDireção: David Cronenberg

Roteiro: Bruce Wagner

Elenco: Julianne Moore, Mia Wasikowska, John Cusack, Robert Pattinson, Evan Bird, Olivia Williams, Kiara Glasco, Sarah Gadon, Dawn Greenhalgh, Jonathan Watton, Jennifer Gibson, Gord Rand, Justin Kelly, Niamh Wilson, Clara Pasieka, Emilia McCarthy, Allegra Fulton, Domenic Ricci, Jayne Heitmeyer, Sean G. Robertson, Ari Cohen, Joe Pingue, Christian Lloyd, Donald Burda, Carrie Fisher, Amanda Brugel, Alden Adair, David Amito, Dan Lett, Sandra Battaglini, Joanne Reece, Chris Anton, George Nickolas K., Joseph Murray, Adrienne Wilson, Murray Farrow, Neil Girvan, Byron Lane, Ramiro Paré, Bruce Wagner.

Gênero: Drama

Duração: 111 minutos

Sinopse: Agatha Weiss (Mia Wasikowska) acabou de chegar a Los Angeles e logo conhece Jerome Fontana (Robert Pattinson), um jovem motorista de limusine que sonha se tornar ator. Eles começam a sair juntos e flertar um com o outro, por mais que Agatha mantenha segredo sobre seu passado. Não demora muito para que ela comece a trabalhar para Havana Segrand (Julianne Moore), uma atriz decadente que está desesperada para conseguir o papel principal da refilmagem de um sucesso estrelado por sua mãe, décadas atrás. Paralelamente, o garoto Benjie Weiss (Evan Bird) enfrenta problemas ao lidar com seu novo colega de elenco, já que é a estrela principal de uma série de TV de relativo sucesso. Entretanto, como esteve internado recentemente, está sob a atenção especial de sua mãe (Olivia Williams) e dos produtores da série, que temem um escândalo.

Notas: Orçamento estimado em US$ 15 milhões.

Indicado ao Globo de Ouro de melhor atriz – comédia ou musical (Julianne Moore).

Vencedor dos prêmios de melhor ator coadjuvante (John Cusack) e melhor trilha sonora no Canadian Screen Awards, CA 2015.

Vencedor do prêmio de melhor atriz (Julianne Moore) no Festival de Cannes 2014.

Indicado a Palma de Ouro no Festival de Cannes 2014.

O veterano e controverso diretor canadense David Cronenberg tem em sua carreira filmes como: Crimes do Futuro (1970), Os Filhos do Medo (1979), Scanners – Sua Mente Pode Destruir (1981), Videodrome: A Síndrome do Vídeo (1983), A Hora da Zona Morta (1983), A Mosca (1986), Gêmeos – Mórbida Semelhança (1988), Mistérios e Paixões (1991), Crash – Estranhos Prazeres (1996), eXistenZ (1999), Spider – Desafie Sua Mente (2002), Marcas da Violência (2005), Senhores do Crime (2007), Um Método Perigoso (2011) e Cosmópolis (2012), entre outros.

 

Terceira Pessoa (Third Person)

Direção: Paul Haggis

Roteiro: Paul Haggis

Elenco: Liam Neeson, Maria Bello, Mila Kunis, Kim Basinger, Michele Melega, Adrien Brody, Gianni Franco, Marius Bizau, Olivia Wilde, Katy Louise Saunders, James Franco, Loan Chabanol, Oliver Crouch, Valentina Gaia, Riccardo Scamarcio, Aido Bufilandi, Moran Atias, Daniela Virgilio, Fabrizio Biggio, Vinicio Marchioni, Vincent Riotta, Bob Messini, Ilaria Genatiempo, Francesco Cataldo, Veejay Kaur, Caroline Goodall, David Harewood, Francesco Apolloni, Emanuela Postacchini, Fausto Mezzana, Michael Margotta, Veronica Gentili, Patrick Duggan, Gisella Marengo.

Gênero: Drama/Romance

Duração: 137 minutos

Sinopse: O filme conta três histórias de amor interligadas envolvendo três casais em diferentes cidades: Roma, Paris e Nova York.

Notas: Sexto longa do também roteirista canadense Paul Haggis na direção. Os anteriores são Red Hot (1993), Ghost of a Chance (1998), Crash: No Limite (2004), No Vale das Sombras (2007) e 72 Horas (2010).

 

Dívida de Honra (The Homesman)

Dívida de Honra - poster nacionalDireção: Tommy Lee Jones

Roteiro: Tommy Lee Jones, Kieran Fitzgerald e Wesley A. Oliver, baseado no livro de Glendon Swarthout

Elenco: Tommy Lee Jones, Hilary Swank, Grace Gummer, Miranda Otto, Sonja Richter, Jo Harvey Allen, Barry Corbin, David Dencik, William Fichtner, Evan Jones, Caroline Lagerfelt, John Lithgow, Tim Blake Nelson, Jesse Plemons, James Spader, Hailee Steinfeld, Meryl Streep, Karen Jones, Martin Palmer, Jerry Vahn Knight, Adrian Doerfler, Lela Rose Allen, Sachie Capitani, Brian Kennedy, Victoria Jones, Rick Irwin, Austin Leonard Jones, Richard Andrew Jones, Autumn Shields, Matthew Ryan Anderson, James Blackburn, Lila Brock, Kaelynn Wright.

Gênero: Drama/Faroeste

Duração: 123 minutos

Sinopse: 1854. Por mais que seja forte e independente, Mary Bee Cuddy (Hilary Swank) guarda uma profunda mágoa devido à solidão que sente. Ela precisa levar três mulheres insanas até o Iowa, onde poderão viver em paz. No caminho ela encontra Georges Briggs (Tommy Lee Jones), um criminoso que tem sua vida salva por Mary Bee. Em retribuição, ele segue viagem ao lado dela e a ajuda em sua jornada.

Notas: Orçamento estimado em US$ 16 milhões.

Baseado no livro de Glendon Swarthout.

Indicado a Palma de Ouro no Festival de Cannes 2014.

Quarto longa do veterano ator Tommy Lee Jones na direção. Os anteriores são The Good Old Boys (1995), Três Enterros (2005) e The Sunset Limited (2011).

 

O Duelo (O Duelo)

O Duelo - posterDireção: Marcos Jorge

Roteiro: Marcos Jorge, baseado na obra de Jorge Amado

Elenco: Joaquim de Almeida, Patrícia Pillar, José Wilker, Cláudia Raia, Ricardo Ferreira, Rômulo Medeiros, Márcio Garcia, Maurício Gonçalves, Milton Gonçalves, Sandro Rocha, Tainá Müller, Jarbas Homem de Mello, Castrinho.

Gênero: Aventura/Comédia/Drama

Duração: 109 minutos

Sinopse: O comandante Vasco Moscoso de Aragão (Joaquim de Almeida) está cansado da sua vida aventureira em alto mar, e busca um lugar tranquilo para viver. É assim que ele chega até a vila de Periperi, uma cidadezinha costeira, e logo conquista a todos no local. Aragão ganha a admiração dos homens que se juntam para ouvir suas histórias fantásticas, e conquista as mulheres, com seus ares românticos da Europa. Só que o fiscal Chico Pacheco (José Wilker), até então o homem mais admirado da cidade, desconfia de Aragão e começa a investigar a vida do forasteiro, querendo saber se tudo que ele diz é verdade ou não.

Notas: Baseado na obra Os Velhos Marinheiros, de Jorge Amado.

Último filme do ator José Wilker, falecido em abril de 2014.

Quarto longa de Marcos Jorge na direção. Os anteriores são O Ateliê de Luzia – Arte Rupestre no Brasil (2003), Estômago (2007) e Corpos Celestes (2009).

 

Duas Irmãs, Uma Paixão (Die Geliebten Schwestern)

Direção: Dominik Graf

Roteiro: Dominik Graf

Elenco: Hannah Herzsprung, Florian Stetter, Henriette Confurius, Claudia Messner, Ronald Zehrfeld, Maja Maranow, Michael Wittenborn, Andreas Pietschmann, Anne Schäfer, Peter Schneider, Eli Wasserscheid, Christine Zart, Ulrich Blöcher, Bernhard Conrad, Heinrich Cuipers, Ella Gaiser, Eva-Maria Hofmann, Thomas Kornack, Klaus Lehmann, Bennet Meyer, Philipp Oehme, Philipp Otto, Peter Rauch, Frederike Schinzler, Martin Trippensee, Dominik Graf.

Gênero: Drama/Romance

Duração: 138 minutos

Sinopse: O filme acompanha a história do triângulo amoroso das irmãs Caroline (Hannah Herzsprung) e Charlotte (Henriette Confurius) com o escritor Friedrich Schiller (Florian Stetter). As irmãs sempre foram muito próximas e amigas uma da outra, e partilhavam de um coração e alma muito interligados. Com a chegada de Schiller, as duas se veem presas a um mesmo amor, e são levadas pelo escritor, que se apaixona pelas duas igualmente. Carolline é casada, mas vive uma vida infeliz com o marido, e encontra em Schiller seu conforto. Já Charlotte vivia sonhando com um bom marido, e vê igualmente em Schiller o homem de sua vida. Os três começam a viver um romance juntos, mas os laços das irmãs podem não ser tão fortes para sustentar essa situação.

Notas: Indicado da Alemanha para o Oscar de melhor filme estrangeiro em 2015.

O veterano diretor e roteirista alemão Dominik Graf tem em sua carreira filmes como Lives of a Cat (1988), Spieler (1990), Die Sieger (1994), Der Skorpion (1997), München – Geheimnisse Einer Stadt (2000) e Der Rote Kakadu (2006), entre outros.

Vencedor do prêmio de melhor fotografia no Bavarian Film Awards 2014.

 

Meus Dois Amores (Meus Dois Amores)

Meus Dois Amores - posterDireção: Luiz Henrique Rios

Roteiro: José Carvalho

Elenco: Caio Blat, Maria Flor, Alexandre Borges, Lima Duarte, Vera Holtz, Fabiana Karla, Julio Adrião, Guilherme Weber, Milton Gonçalves, Xando Graça, Ana Rios, Ana Lúcia Torre, Carol Aguiar, Clara Servejo, Marcelo Escorel, Lucas Oradovschi, Marina Vianna, Marcio Ehrlich

Gênero: Comédia

Duração: 86 minutos

Sinopse: Manuel (Caio Blat) é um vaqueiro esperto e fanfarrão, que vive em função de seus dois amores – a noiva, Das Dô (Maria Flor), e a mula, Beija-fulô – e da venda de cavalos bichados a trouxas. Chega ao vilarejo o matador Targino (Alexandre Borges), à procura de um cavalo. Metido a esperto, Manuel vende um cavalo bichado ao matador. Manuel é jurado de morte e Targino anuncia que também vai desonrar a reputação de Das Dô, depois do embate. Pressionado, Manuel resolve apelar para os feitiços de Toniquinho das Pedras, pedindo que ele feche seu corpo. No entanto, o feiticeiro exige a mula Beija-fulô como forma de pagamento. Manuel, então, fica diante do maior dilema de sua vida: escolher entre a noiva, Das Dô, ou a mula, Beija-fulô.

Notas: Adaptação da obra Corpo Fechado, de João Guimarães Rosa.

Longa de estreia de Luiz Henrique Rios na direção.

Filme de 2012 que somente agora consegue chegar aos cinemas.

 

Eden (Eden)

Eden - posterDireção: Mia Hansen-Løve

Roteiro: Mia Hansen-Løve e Sven Hansen-Løve

Elenco: Félix de Givry, Pauline Etienne, Vincent Macaigne, Hugo Conzelmann, Zita Hanrot, Roman Kolinka, Hugo Bienvenu, Vincent Lacoste, Arnaud Azoulay, Laurent Cazanave, Paul Spera, Arsinée Khanjian, Juliette Lamet, Greta Gerwig, Léa Rougeron, Laura Smet, Golshifteh Farahani, Olivia Ross, Sigrid Bouaziz, Zite Vincendeau-Verbraeken, Claire Tran, Julian Starke, Sébastien Chassagne, Pierre-François Garel, Brady Corbet, Michael Bruno, Jon Johnson, Brune Hazelet, Emma Domino, Charlie Bonnemaison, Paloma Nardy Marchier, Grégory Mallet, Philippe Petit, Andréa Brusque, François Buot, David Blot, Fabrice Thoué, Aude Pépin, Slim Trabelsi, Asha Thomas, Juana Gomezcaceres, Francis Van Litsenborgh, Arnaud Frisch, Audrey Lévy, Esma Derdour, Lucille Bobet, Noémie Lisbonis, Guillaume Bergonzi, Christophe Viltard, Michaël Paz, Aurélien Orel, Luna Picoli-Truffaut, Amayel Ndiaye, Auriane Messina, Eva Menis-Mercier, Florian Collignon, Michaël Nallet, Marc Guyot, Nadia Souillard, Catherine Tourrière.

Gênero: Drama/Musical

Duração: 131 minutos

Sinopse: No início dos anos 1990, a música eletrônica começou a disparar na França. Paul (Félix de Givry) é um adolescente que gosta de raves, que se popularizam em Paris. Mas ele prefere um cenário mais underground. Paul e um amigo formam uma dupla de DJ´s chamada Cheers. Eles mergulham em um mundo de ritmo e batidas, rodeados por drogas e sexo.

Notas: Quarto longa da também roteirista francesa Mia Hansen-Løve na direção. Os anteriores são Tout Est Pardonné (2007), O Pai dos Meus Filhos (2009) e Adeus, Primeiro Amor (2011).

 

Branco Sai, Preto Fica (Branco Sai, Preto Fica)

Branco Sai, Preto Fica - posterDireção: Adirley Queirós

Roteiro: Adirley Queirós

Elenco: Marquim do Tropa, Dilmar Durães, Gleide Firmino, Dj Jamaika, Shockito.

Gênero: Drama

Duração: 93 minutos

Sinopse: Tiros em um baile de black music na periferia de Brasília ferem dois homens, que ficam marcados para sempre. Um terceiro indivíduo vem do futuro para investigar o acontecido e procura provar que a culpa é da sociedade repressiva.

Notas: Segundo longa de Adirley Queirós na direção. O anterior é A Cidade é Uma Só (2011).

Exibido na Mostra Tiradentes 2014.

Vencedor do prêmio de melhor roteiro no Vitória Cine Vídeo 2014.

 

Insubordinados (Insubordinados)

Insubordinados - posterDireção: Edu Felistoque e Clayton Dantas

Roteiro: Sílvia Lourenço

Elenco: Sílvia Lourenço, Alessando Hãnel, Bruno Elias, Felipe Kannenberg, Gabriela Veiga, Isis Nascimento, Kadi Moreno, Leo Monteiro, Marlene Crispin, Phill Miller, Priscilla Alpha, Rodrigo Brassoloto, Ronaldo Lampi, Sérgio Cavalcante, Silvia Lourenço, Wanderley de Oliveira.

Gênero: Drama/Policial

Duração: 72 minutos

Sinopse: Janete (Sílvia Lourenço), aos 32 anos está presa por ter que cuidar de seu pai, um coronel da Polícia Militar aposentado, que está internado em estado terminal. Enquanto espera pela morte do pai, Janete só consegue escrever. Ela cria uma trama policial, transferindo todas as suas aflições para a ficção.

Notas: Segundo longa de Edu Felistoque na direção. O anterior é Inversão (2010).

Primeiro longa de Clayton Dantas na direção.

 

AVISO: A data de estreia dos filmes é de inteira responsabilidade de suas distribuidoras, sendo sempre possível uma mudança de datas de última hora.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s