Nick Cave: 20.000 Dias na Terra | Crítica

Nick Cave in 20,000 Days on Earth. Picturehouse EntertainmentNick Cave não é exatamente uma grande estrela da música. Suas músicas, com raras exceções, costumam alcançar um público mais cult e específico. Quando sobe no palco, sua voz grave e cansada, aliada à esquisitice das letras compostas por ele mesmo, dão à figura do roqueiro cinquentão um aspecto etéreo que, de certa forma, é também uma das características mais atrativas do artista.

Nick Cave: 20.000 Dias na Terra é um documentário incomum, se é que podemos interpretá-lo realmente como um documentário. Além de possuir uma tênue linha narrativa, o filme acompanha alguns dias na vida do cantor (que havia, recentemente, completado 20.000 dias neste mundo, o que se traduz em aproximadamente 55 anos) sem estabelecer um foco firme sobre os temas que se propõe a tratar.

Do momento em que acorda em diante, o vemos dando entrevistas, falando sobre sua infância e seus medos como em uma consulta psiquiátrica, ensaiando, apresentando-se em shows, conversando descontraidamente com os companheiros de banda e até mesmo narrando a própria existência de um ponto de vista exterior, como em uma espécie de film noir pós-moderno.
nick_cave2Diferente de muitos outros filmes do gênero, o documentário não pretende ser isento (seja lá o que isso signifique) ou mostrar um recorte específico da vida de seu personagem principal. Por isso, temos a sensação cada vez mais forte de adentrar a golpes de pá o cotidiano contraditório de Cave, em muitos momentos guiados por sua própria persona estranhamente carismática.

Um documentário mais guiado por suas escolhas e por um senso estético apurado do que pelo interesse no objeto retratado, Nick Cave: 20.000 Dias na Terra ainda consegue traduzir com maestria o estado de constante deslumbramento e inspiração de seu personagem principal, aproveitando-se de pequenos momentos aparentemente desconectados de sua vida para criar um perfil rico de um artista ainda no auge de seu talento.

Em certas sequências, Cave é colocado no carro com personagens-chave em sua existência artística (Ray Winstone, do filme A Proposta, primeiro roteirizado pelo cantor; Kylie Minogue, com quem ele cantou o fantástico dueto Where the Wild Roses Grow; entre outros). Seus depoimentos ajudam a desvendar o que o músico significou para a vida de cada um deles. Porém, como Nick também ajudou a escrever o roteiro deste filme, é justo dizer que teve uma importante participação na construção da própria imagem que vemos aqui.
nick_cave3Quando somos apresentados a um de seus textos sobre a meteorologia de Brighton Rock, cidade inglesa onde o artista vive até hoje,  diz: “A temperatura está se tornando irreal, está se tornando fictícia, porque estou escrevendo sobre ela. O tempo está se tornando uma mentira e meu cotidiano está se tornando uma mentira porque está se transformando em um exercício da imaginação”.

Da mesma forma que o tempo reimaginado, é difícil dizer o que é verdade e o que é ficção em Nick Cave: 20.000 Dias na Terra, assim como na maioria das histórias que ouvimos. Seu méritos, na realidade, residem nas diferentes maneiras que encontra para se reinventar e descobrir caminhos narrativos interessantes dentro de uma história que, sozinha, nem sempre é tão envolvente quanto parece.

Cotação-4-5Nick Cave: 20.000 Dias na Terra - poster nacionalNick Cave: 20.000 Dias na Terra (20,000 Days on Earth)

Direção: Iain Forsyth e Jane Pollard

Roteiro: Nick Cave, Iain Forsyth e Jane Pollard

Elenco: Nick Cave, Susie Bick, Warren Ellis, Darian Leader, Ray Winstone, Blixa Bargeld, Kylie Minogue, Arthur Cave, Earl Cave, Thomas Wydler, Martyn Casey, Conway Savage, Jim Sclavunos, Barry Adamson, George Vjestica, Kirk Lake, Lizzie Philips.

Gênero: Documentário/Drama/Musical

Duração: 97 minutos

Curta a fanpage do Cinelogin no Facebook!

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s