Estreias da Semana – 11 de dezembro

Veja as principais estreias da semana nos cinemas brasileiros:

 

O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos (The Hobbit: The Battle Of The Five Armies)

O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos - poster nacionalDireção: Peter Jackson

Roteiro: Fran Walsh, Philippa Boyens, Peter Jackson e Guillermo del Toro, baseado na obra de J.R.R. Tolkien

Elenco: Lee Pace, Benedict Cumberbatch, Evangeline Lilly, Luke Evans, Richard Armitage, Cate Blanchett, Orlando Bloom, Martin Freeman, Ian McKellen, Manu Bennett, Billy Connolly, Hugo Weaving, Aidan Turner, Christopher Lee, James Nesbitt, Graham McTavish, Stephen Fry, Mikael Persbrandt, Greg Ellis, Dean O’Gorman, Ian Holm, Ken Stott, Bret McKenzie, Stephen Colbert, Sylvester McCoy, Peter Hambleton, Adam Brown, Ryan Gage, Jed Brophy, William Kircher, Lawrence Makoare, Stephen Hunter, John Bell, Mark Hadlow, John Callen, Peggy Nesbitt, Mary Nesbitt, Chris Reilly, Mark Mitchinson, Shane Briant, Simon London, Robin Kerr, Brian Hotter, Joan Dawe, Joseph Gordon, Phil Grieve, Joseph Mika-Hunt, Jeff Slaven, Rosalie van Horik, Christopher Winchester.

Gênero: Ação/Aventura

Duração: 144 minutos

Sinopse: Após ser expulso da montanha de Erebor, o dragão Smaug (Benedict Cumberbatch) ataca com fúria a cidade dos homens que fica próxima ao local. Após muita destruição, Bard (Luke Evans) consegue derrotá-lo. Não demora muito para que a queda de Smaug se espalhe, atraindo os mais variados interessados nas riquezas que existem dentro de Erebor. Entretanto, Thorin (Richard Armitage) está disposto a tudo para impedir a entrada de elfos, anões e orcs, ainda mais por ser tomado por uma obsessão crescente pela riqueza à sua volta. Paralelamente a estes eventos, Bilbo Bolseiro (Martin Freeman) e Gandalf (Ian McKellen) tentam impedir a guerra.

Notas: Terceira parte – e última – do prequel da famosa trilogia O Senhor dos Anéis (2001/2002/2003).

Sequência de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada (2012) e O Hobbit: A Desolação de Smaug (2013).

Disponível em 2D e também em 3D, HFR 3D e IMAX 3D em cinemas selecionados.

Baseado na obra clássica de J.R.R. Tolkien.

Décimo quarto longa do diretor e roteirista neo zelandês Peter Jackson. Os anteriores são Trash – Náusea Total (1987), Conheça os Feebles (1989), Fome Animal (1992), Almas Gêmeas (1994), Forgotten Silver (1995), Os Espíritos (1996), O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel (2001), O Senhor dos Anéis: As Duas Torres (2002), O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2003), King Kong (2005), Um Olhar do Paraíso (2009), O Hobbit: Uma Jornada Inesperada (2012) e O Hobbit: A Desolação de Smaug (2013).

 

O Mensageiro (Kill The Messenger)

Direção: Michael Cuesta

Roteiro: Peter Landesman, baseado nos livros de Gary Webb e Nick Schou

Elenco: Jeremy Renner, Robert Patrick, Jena Sims, Robert Pralgo, Hajji Golightly, Ted Huckabee, Mary Elizabeth Winstead, Lucas Hedges, Rosemarie DeWitt, Matthew Lintz, Parker Douglas, Kai Schmoll, Joshua Close, Paz Vega, Aaron Farb, Barry Pepper, Tom Jordan, Clay Edmund Kraski, Yul Vazquez, Tim Blake Nelson, Michael Kenneth Williams, Kristen Danch-Powell, Jen Harper, Oliver Platt, Manuel Rodriguez, Andy Garcia, Brett Rice, Jonathan Fritschi, Michael Sheen, Gil Bellows, Steve Coulter, Kenny Alfonso, Dan Futterman, Susan Walters, Richard Schiff, David de Vries, David Lee Garver, Rhoda Griffis, Andrew Masset, Brik Berkes, E. Roger Mitchell, Kevin Harrison, Ray Liotta, Michael H. Cole, Som Aidoo, David Alessi, Grace Baine, Shaira Barton, Brie Beckman, Wadette Bradford.

Gênero: Drama/Suspense

Duração: 112 minutos

Sinopse: O jornalista Gary Webb (Jeremy Renner) é alvo de uma intensa campanha de difamação após denunciar o envolvimento da CIA com os rebeldes Contras da Nicarágua e o tráfico de cocaína. Baseado em fatos reais.

Notas: Orçamento estimado em US$ 5 milhões.

Sétimo longa de Michael Cuesta na direção. Os anteriores são L.I.E. (2001), 12 and Holding (2005), Babylon Fields (2007), Instinto de Vingança (2009), Roadie (2011) e Second Sight (2013).

Baseado nos livros Dark Alliance, de Gary Webb e Kill The Messenger, de Nick Schou.

 

Ouija – O Jogo dos Espíritos (Ouija)

Ouija: O Jogo dos Espíritos - poster nacionalDireção: Stiles White

Roteiro: Juliet Snowden e Stiles White

Elenco: Olivia Cooke, Ana Coto, Daren Kagasoff, Bianca A. Santos, Douglas Smith, Shelley Hennig, Sierra Heuermann, Sunny May Allisson, Lin Shaye, Claudia Katz, Vivis Colombetti, Robyn Lively, Matthew Settle, Afra Sophia Tully, Claire Beale, Izzie Galanti, Morgan Peter Brown, Bill Watterson, Kathleen Coyne, Leigh Bush, Jake Lucas, Ken Blackwell.

Gênero: Suspense/Terror

Duração: 89 minutos

Sinopse: Uma garota morre misteriosamente após mexer com um tabuleiro espírita Ouija e quando seus amigos tentam usar o mesmo para tentar se comunicar com ela, abrem uma passagem para poderes malignos que irão provocar seus maiores medos.

Notas: Orçamento estimado em US$ 5 milhões.

Longa de estreia de Stiles White na direção.

 

Mommy (Mommy)

Mommy - posterDireção: Xavier Dolan

Roteiro: Xavier Dolan

Elenco: Anne Dorval, Antoine-Olivier Pilon, Suzanne Clément, Patrick Huard, Alexandre Goyette, Michèle Lituac, Isabelle Nélisse, Pierre-Yves Cardinal, Viviane Pascal, Natalie Hamel-Roy, Vincent Fafard.

Gênero: Drama

Duração: 139 minutos

Sinopse: Diane Després (Anne Dorval) é viúva e sente-se sobrecarregada tendo que criar sozinha seu filho Steve (Antoine-Olivier Pilon), violento e problemático. Em um ato de coragem ela tira o garoto da escola e é surpreendida pela boa vontade da vizinha, Kyla (Suzanne Clément), professora que demonstra interesse em ajudar a complicada família.

Notas: Quinto longa do também ator e roteirista canadense Xavier Dolan na direção. Os anteriores são Eu Matei a Minha Mãe (2009), Amores Imaginários (2010), Laurence Anyways (2012) e Tom à La Ferme (2013).

Vencedor da Palma de Ouro no International Cinephile Society Awards 2014.

Vencedor do prêmio do júri de melhor diretor no Festival de Cannes 2014.

Indicado a Palma de Ouro e a Queer Palm no Festival de Cannes 2014.

 

Michael Kohlhaas: Justiça e Honra (Michael Kohlhaas)

Michael Kohlhaas: Justiça e Honra - poster nacional Direção: Arnaud des Pallières

Roteiro: Christelle Berthevas e Arnaud des Pallières, baseado no livro de Heinrich von Kleist

Elenco: Mads Mikkelsen, Mélusine Mayance, Delphine Chuillot, David Kross, Bruno Ganz, Denis Lavant, Roxane Duran, Paul Bartel, David Bennent, Swann Arlaud, Sergi López, Amira Casar, Jacques Nolot, Christian Chaussex, Nicolas Capelle, Richard Capelle, Guillaume Delaunay, Jean-Louis Coulloc’h, Laurent Delbecque, Damien Rigaud, Bastien Ughetto, Nicolas Oton, Cyril Champon, Yves Bove, Franck Contenti, Clément Lerosier, Laina Cuguen, Seth Sobopko, Claude Funkiewiez, Monique Roussel, Victor Druet, Stéphane Gatinet, Raynaldo Houy, Bernard Chevreul.

Gênero: Drama

Duração: 122 minutos

Sinopse: No século XVI, na região de Cévennes, no centro-sul da França, vive o vendedor de cavalos Michael Kohlhaas (Mads Mikkelsen). Ele tem uma vida tranquila e próspera, até sofrer uma grande injustiça de um nobre poderoso. Michael, homem religioso e íntegro, não vai medir esforços para conquistar novamente sua honra, mesmo que seja preciso iniciar uma guerra por todo o país.

Notas: Adaptação do livro homônimo de Heinrich von Kleist.

Quinto longa do também roteirista francês Arnaud des Pallières na direção. Os anteriores são Drancy Avenir (1997), Adieu (2003), Parc (2008) e Poussières d’Amérique (2011).

Indicado a Palma de Ouro no Festival de Cannes 2013.

Vencedor do Golden Iris de melhor diretor no Brussels European Film Festival 2013.

Vencedor dos prêmios de melhor música original e melhor som no César Awards, France 2014.

Vencedor do prêmio de melhor diretor no Film by the Sea International Film Festival 2013.

Longa já estreou em SP no dia 04/12. Nesta semana a estreia é no RJ.

 

As Aventuras do Avião Vermelho (As Aventuras do Avião Vermelho)

 As Aventuras do Avião Vermelho - posterDireção: José Maia e Frederico Pinto

Roteiro: Camila Gonzatto, Frederico Pinto e Emiliano Urbim, baseado na obra de Érico Veríssimo

Elenco: Pedro Yan, Milton Gonçalves, Lázaro Ramos, Fernando Alves Pinto, Zezeh Barbosa, Wandi Doratiotto, João França, Sérgio Lulkin, Geórgia Reck, Sissi Venturin.

Gênero: Animação

Duração: 90 minutos

Sinopse: A trama apresenta a história de Fernandinho (Pedro Yan), um menino de 8 anos, que perdeu a mãe há pouco tempo, tornando-se um garoto solitário, sem amigos e com problemas de relacionamento com o pai (Sérgio Lulkin) e na escola. Sem saber como lidar com a situação, o pai tenta conquistá-lo com presentes. Nada funciona até que ele dá para o filho um livro de sua infância. Encantado com a história, Fernandinho decide que precisa de um avião para salvar o Capitão Tormenta – aviador personagem do livro, que está preso no Kamchatka. A bordo do Avião Vermelho (Milton Gonçalves) e junto com seus brinquedos favoritos, Ursinho (Wandi Doratiotto) e Chocolate (Lázaro Ramos), que ganham a vida com sua imaginação, Fernandinho visita lugares inusitados, como a Lua e o fundo do mar, e percorre diferentes territórios – África, China, Índia, Rússia. Ao longo dessa jornada, ele descobre o prazer da leitura, a importância de ter amigos e o amor do pai.

Notas: Orçamento estimado em R$ 3 milhões.

Baseado na obra homônima de Érico Veríssimo.

Longa de estreia de José Maia e Frederico Pinto na direção.

 

O Senhor do Labirinto (O Senhor do Labirinto)

O Senhor do Labirinto - posterDireção: Geraldo Motta Filho e Gisella de Mello

Roteiro: Geraldo Motta Filho e Luciana Hidalgo

Elenco: Flávio Bauraqui, Maria Flor, Irandhir Santos, Eriberto Leão, Odilon Esteves, Edlo Mendes, Andrea Villela, Rodrigo Riszla, José Carlos Ngão, Diane Velôso, Luiz Carlos Reis.

Gênero: Drama

Duração: 80 minutos

Sinopse: O longa revela a arte de Arthur Bispo do Rosário (Flávio Bauraqui), sergipano esquizofrênico que passou boa parte de sua vida internado na colônia Juliano Moreira, no Rio de Janeiro. Suas criações, como mantos e bordados, são consideradas obras de arte e já representaram o Brasil em evento internacional realizado em Veneza, na Itália. Dentro de seu mundo místico e imaginário, onde acreditava ser Jesus, Bispo era restritivo quanto aos que poderiam adentrar em sua “terras”, como aconteceu com o guarda Wanderley (Irandhir Santos), um de seus convidados de sempre.

Notas: Inspirado no livro homônimo, de Luciana Hidalgo.

Exibido na Mostra Première Brasil no Festival do Rio 2010.

Segundo longa de Geraldo Motta Filho na direção. O anterior é O Risco: Lúcio Costa e a Utopia Moderna (2002).

Longa de estreia de Gisella de Mello na direção.

 

Esse Viver Ninguém Me Tira (Esse Viver Ninguém Me Tira)

Esse Viver Ninguém Me Tira - posterDireção: Caco Ciocler

Roteiro: Caco Ciocler, Caroline Leone, Mariela Falatycki e Alessandra Paiva

Elenco: Atores desconhecidos

Gênero: Documentário

Duração: 72 minutos

Sinopse: Aracy Moebius de Carvalho foi chefe do setor de passaportes do consulado brasileiro em Hamburgo, na Alemanha. Lá conheceu – e se apaixonou – pelo escritor Guimarães Rosa e ajudou vários judeus a emigrarem para o Brasil, escapando do nazismo. Aracy faleceu esquecida, vítima do Alzheimer, mas permanece viva na memória daqueles que só existem hoje graças a sua insubordinação.

Notas: Selecionado para o Festival de Gramado 2014 e também para o Festival do Rio 2014.

Longa de estreia do ator Caco Ciocler na direção.

 

AVISO: A data de estreia dos filmes é de inteira responsabilidade de suas distribuidoras, sendo sempre possível uma mudança de datas de última hora.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s