Nós Somos as Melhores! | Crítica

WE ARE THE BEST!Bobo e Klara (Mira Barkhammar e Mira Grosin) são duas adolescentes suecas, admiradoras do movimento punk, que se sentem totalmente deslocadas nos ambientes em que vivem; seja em suas casas, na escola e até mesmo nos locais de distração. A história, adaptada de um comic book, se passa na Estocolmo de 1982. Para a maioria das pessoas que as cercam, o punk morreu. Isso é dito e reedito aos quatro ventos numa forma de critica ao visual andrógino delas. Mas o punk  não morreu para essas duas meninas, que, por um acaso, acabam descobrindo no símbolo maior do movimento, a música, um meio de se inserir e serem aceitas da forma como são.

Sem saber tocar qualquer instrumento e cansadas de serem rejeitadas por todos os grupinhos e panelinhas que habitam seus círculos sociais, elas decidem formar um grupo musical. Uma forma encontrada para impedir que uma banda de iron rock que toca no centro comunitário no horário que elas frequentam, as insultem com sua música ruim. As duas acabam se aproveitando de um lapso deles  e conseguem o horário de ensaio, tudo para não ter mais que ouvir o som da banda… ou seria para fugir do mundo ao redor?!

We Are The Best! exclusive clipMas a banda só nasce depois que elas encontram uma terceira integrante, que de punk não tem nada, mas se sente um estranho no ninho da mesma forma. Habilidosa no violão, acaba dando o tom que faltava para a revolta das meninas serem ouvidas. A loirinha é cristã, se veste da forma mais pudica possível e é tão deslocada do mundo quanto as duas punks. Acaba sendo o lado maduro do trio. A única música da banda é “odeio esportes”, um hino ao desgosto com as atividades físicas impostas a elas na escola. Totalmente revolta adolescente.

Nós Somos as Melhores não é um filme que fala do punk, mas sim sobre as descobertas da adolescência, sobre as relações que são construídas e os meios que se estabelecem entre cada uma. Temos Bobo, uma melancólica garota que se sente feia e depressiva, com uma mãe divorciada mais preocupada com a própria vida sentimental do que com o bem estar da menina. Klara é a típica rebelde sem causa. É forte e direta, possui uma família grande e animada com o pouco que tem e se dão muito bem. Hedvig (Liv LeMoyne) vive num lar cristão, com uma mãe severa em seus dogmas, mas que procura estabelecer um diálogo entre todos. São diferenças que se harmonizam quando as garotas estão juntas.

we-are-the-best!-2013-003-girl-with-headphones-on-trainDe fato, quando as três se encontram, nada nem ninguém parece abalar a forte harmonia entre elas. Claro, alguns acontecimentos típicos da adolescência estremecem um pouquinho as relações, mas o que há entre elas, sempre supera os problemas, e por isso elas são as Melhores.

O diretor Lukas Moodysson, acostumado com dramas densos e fortes, aqui ameniza as dificuldades das relações humanas ao estabelecer a voz narrativa pelo olhar de Bobo. Crescemos e descobrimos o mundo pelos olhos tristes desta menina, que só queria ser aceita como ela é. Na verdade, é justamente o que todo mundo quer. A trilha é outro ponto cheio, bem no clima pós-punk sueco, e “as panelinhas” existentes nas vidas das meninas acaba por dar o tom cômico em meio à melancolia que em que vive essas pré mulheres tentando se encontrar no mundo.Mira Grosin and Jonathan Salomonsson in We Are the Best[3]Cotação-5-5Nós Somos as Melhores! - poster nacionalNós Somos as Melhores (Vi Är Bäst!)

Direção: Lukas Moodysson

Roteiro: Lukas Moodysson, baseado na comic book de Coco Moodysson

Elenco: Mira Barkhammar, Mira Grosin, Liv LeMoyne, Johan Liljemark, Mattias Wiberg, Jonathan Salomonsson, Alvin Strollo, Anna Rydgren, Peter Eriksson, Charlie Falk, Lena Carlsson, David Dencik, Emrik Ekholm, Ann-Sofie Rase, Lily Moodysson, Nick Kankaanpää, Edvin Ottoson, Felix Klaesson, Victor Norlin Ericsson, Petter Andersson, Danilo Bejarano, Henrik Dahl, Daniel Goldman, Sofi Helleday, Mads Korsgaard, Lena Nylén, Berndt Östman, Viveca Dahlén, Clara Christiansson, Samuel Lazar Eriksson, Ebba Holt, Elina Nyberg, Minna Sundén, Karolina Wildsjö, Felix Sandman, Vanja Engström, Linnea Thörnvall, Ylva Olaison, Kaj Ahlgren, Steve Kratz, Serina Björnbom, Sebastian Mira, Lucas Hammaström, Livia Rembe Nylander, Linnea Christiansson, Noomi Malmeström, Niels Berglund, Hanna Parkerud, Per Fenger-Krog, Alexander Karlsson.

Gênero: Comédia/Drama/Musical

Duração: 102 minutos

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s