O Lobo Atrás da Porta | Crítica

o_lobo_atras_da_portaMais um raro filme de gênero feito em solo nacional, O Lobo Atrás da Porta foi uma experiência que gerou controvérsia desde o início, chocando plateias onde foi exibido. O longa assumidamente se baseia no notório caso da “Fera da Penha”, ocorrido na década de 60 no Rio de Janeiro.

O diretor Fernando Coimbra, estreante em longas-metragens (embora tenha dois ótimos curtas na carreira), não está interessado em lugares comuns do gênero. Portanto, ao longo da narrativa, evita apontar dedos peremptórios para os supostos culpados pelas situações. De fato, o roteiro se desenvolve de forma tão realista e natural que o público pode acabar se surpreendendo com as conclusões a que vai chegar.

O filme se passa na região dos subúrbios cariocas, nos dias atuais. Milhem Cortaz vive Bernardo, homem cujo casamento com a dona de casa Sylvia (Fabiula Nascimento), com quem tem uma filha, está em um momento de crise. Para escapar da situação, acaba iniciando um relacionamento ardente com a jovem Rosa (Leandra Leal, em uma das melhores atuações de sua carreira).

o_lobo_atras_da_porta2A partir de um anúncio de sequestro, feito no início do filme, a história é contada em flashbacks, nem todos eles explicativos ou lineares. O roteiro adentra alguns becos sem saída de forma proposital, o que contribui para a sensação de instabilidade e expectativa que permeia toda a obra.

A fotografia de Lula Carvalho é um dos grandes destaques do filme, alternando planos quase totalmente estáticos, em que têm lugar cenas de inspirado diálogo entre os personagens, e imagens móveis, construídas de maneira complexa e rebuscada. O ponto alto da estética cinematográfica fica por conta de uma tensa sequência envolvendo um gira-gira, que, além de desnortear o espectador, remete diretamente à estrutura tortuosa da narrativa.

Nunca foi muito difícil para a mídia simplificar a ação de pessoas que cometeram crimes horríveis, caracterizando-as como monstros ou animais. Isso já demonstrou ter algumas consequências óbvias, como no hoje famoso caso Escola Base, em que a vocação sensacionalista da imprensa acabou destruindo vidas de pessoas inocentes. Porém, até mesmo em crimes de comprovada crueldade, que muitas vezes parecem além de qualquer compreensão, é preciso lembrar que há um ser humano por trás de tudo, com problemas e motivações também bastante humanos.

o_lobo_atras_da_porta3Além da qualidade da obra e de suas bem-sucedidas pretensões à construção de um thriller instigante, o que fica é a sensibilidade de um cineasta preocupado com esse lado verdadeiramente humano das situações, embasado também por ótimas interpretações do elenco. Aliás, quem merece muito destaque, além da quase transcendente Leandra Leal, são Fabiula Nascimento e Thalita Carauta, esta com uma participação pequena mas sensacional. O público talvez a conheça melhor como a Janete de Zorra Total. Aqui ela demonstra ser uma atriz habilidosa e bastante consciente de seu talento.

Assim como Quando Eu Era Vivo, que resgatou o elemento do terror nacional para um público mais amplo e mainstream, O Lobo Atrás da Porta constrói um suspense tipicamente brasileiro, voltado à nossa realidade. Aliás, isso tem sido uma marca do cinema nacional recente, que anda revelando cineastas cada vez mais promissores e que modifica aos poucos os interesses de nossa indústria. Das favelas do Rio de Janeiro, as câmeras passaram a invadir a casa de representantes da nossa classe média, procurando investigar seus conflitos e contradições. Uma mudança bastante interessante, diga-se.

Cotação-4-5O Lobo Atrás da Porta - posterO Lobo Atrás da Porta (idem)

Direção: Fernando Coimbra

Roteiro: Fernando Coimbra

Elenco: Leandra Leal, Milhem Cortaz, Fabíula Nascimento, Thalita Carauta, Juliano Cazarré, Isabelle Ribas, Antonio Saboia, Tamara Taxman, Karine Teles, Paulo Tiefenthaler, Emiliano Queiroz.

Gênero: Drama/Suspense

Duração: 100 minutos

Curta a fanpage do Cinelogin no Facebook!

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s