Believe S01E10 – Collapse | Review

Believe - Season 1É difícil dizer até que ponto as pessoas ficaram chateadas com o cancelamento de Believe, anunciado no início deste mês. Não dá para dizer que a notícia foi uma grande surpresa, levando em conta a considerável queda de audiência que o programa registrou  após o alto índice de seu episódio piloto ou a montanha de críticas medianas. Além disso, a série não conseguiu formar um público cativo e interessado o suficiente para protestar contra seu cancelamento. Mesmo quem gosta, não gosta o suficiente.

Collapse, primeiro episódio após um hiato de duas semanas, ilustra muito bem o que causou toda essa indiferença do público. Além de um capítulo particularmente infantil e ingênuo, ele deixou claro que os roteiristas e produtores responsáveis pelo desenvolvimento da série não faziam a mínima ideia de até aonde pretendiam levar a história.

believe10_2Durante pouco mais de 40 minutos, o episódio se preocupa em contar uma história de redenção e mudança de uma personagem que o espectador sequer conhecia direito: a agente do FBI Elizabeth Ferrell (Trieste Kelly Dunn). Um dos motivos para ninguém se importar muito com ela é o fato de a personagem jamais ter sido realmente desenvolvida. Além disso, permaneceu esquecida nos últimos episódios, sem fazer uma única aparição em tela.

Entretanto, agora descobrimos que a moça tem uma filha e que é uma mãe dedicada. Como agente sempre teve problemas éticos com a caçada humana a Tate e Bo e só precisava mesmo de um empurrãozinho para mudar de lado. O que seria melhor do que os procurados número um dos Estados Unidos ajudarem-na a salvar a vida da filha?

Infelizmente, não foram apenas essa previsibilidade e os lugares comuns que causaram o afundamento de Believe. O pouco cuidado com seus personagens e com acontecimentos centrais da trama foi o principal responsável pelo desinteresse que a história despertou.

Believe - Season 1O que dizer, por exemplo, da doutora Zoe, que foi brutalmente atacada no episódio anterior e neste retorna como se nada tivesse acontecido? Ou de Channing, que levou um tiro aparentemente sério, mas já nas primeiras cenas do capítulo parece quase totalmente reestabelecida?

Longe de mim desejar a desgraça do que quer que seja. Believe teve, inclusive, uma chance ótima de engatar em um bom ritmo lá pelo meio da temporada, com dois episódios acima da média. Mas não aproveitou e seguiu na mediocridade. Portanto, é muito provável que os executivos da NBC tenham tomado a decisão mais acertada.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s