O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro | Crítica

906429 - The Amazing Spider-Man 2Uma sensação inexplicável invade a gente quando o Homem-Aranha inicia seu balé nos ares, seu passeio por teias lançadas em prédios nova iorquinos a dezenas de metros do solo. Após uma estranha introdução, que envolve novamente o passado da família de Peter, é onde o filme realmente começa a capturar a atenção do público.

Assim como seu personagem principal, O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro é um filme com uma grande responsabilidade: se igualar ou até superar o segundo longa da franquia de Sam Raimi, um dos melhores filmes de super-heróis já feitos e certamente o mais impressionante lançado sobre o cabeça de teia até hoje.

Vindo de um filme tão morno e bagunçado quanto o primeiro O Espetacular Homem-Aranha, era de se esperar que o diretor Marc Webb (que tem teia até no nome rs) e seu time de roteiristas procurassem ajustar o que não funcionou no primeiro filme. Um trabalho inglório, já que naquele muitas coisas não deram certo.

906429 - The Amazing Spider-Man 2No novo filme, Peter Parker (Andrew Garfield) é atormentado pela lembrança da promessa que fez ao falecido Capitão George Stacy (Denis Leary) de se afastar da filha deste, Gwen (Emma Stone), por quem é perdidamente apaixonado. Sua decisão, porém, acaba sendo apressada pela chegada de Electro (Jamie Foxx), um novo vilão que usa seus poderes elétricos para deixar a cidade de Nova York às escuras.

Raramente um vilão do Homem-Aranha é inicialmente cruel. Basta lembrar do Lagarto no filme anterior ou mesmo do Doutor Octopus ou do Duende Verde na franquia de Raimi. Isso faz com que a transição de homem comum em conflito para o vilão maquiavélico seja um pouco mais complexa. Nos primeiros filmes, as soluções, apesar de toscas, soavam condizentes com o todo, já que aqueles tinham uma vocação maior para o humor e o cartunesco. Nos dois exemplares mais recentes, isso tem provado ser um desafio bem mais difícil de superar.

Max, o alter ego de Electro, é um personagem ridículo e caricato que tem adoração pelo Homem-Aranha. Já com seus poderes, não demora a transformar o cabeça de teia em seu arquirrival praticamente sem motivo algum. Coisa parecida acontece com Harry Osborn (Dane DeHaan), que, apesar de se mostrar um jovem afável e retraído no início do filme, acaba se tornando o personagem mais diabólico do mundo na pele do Duende Verde (que ganhou uma nova roupagem pavorosa nesta versão). Ok, ele até tem alguns motivos para isso, mas o roteiro claramente pesa a mão nesse sentido, dando pouca ênfase à  transformação do personagem.

906429 - The Amazing Spider-Man 2Ainda pior, ambos acabam representando pouca ameaça para o herói. Talvez Webb não esteja tão interessado assim em vilões, afinal. Aliás, seria a única explicação para os planos risíveis do Lagarto, mostrados no filme anterior, de transformar todas as pessoas de Nova York em… lagartos. Duh.

Entretanto, se não era tão fácil reconhecer o retrospecto cinematográfico do diretor no primeiro filme, na sequência é justamente essa herança que salva o dia. Antes de ganhar o leme da franquia, Webb dirigiu a ótima comédia romântica 500 Dias Com Ela, grande sucesso de público e crítica. Como lá, em O Espetacular Homem-Aranha 2 o cineasta faz um bom trabalho com o ótimo elenco principal, construindo uma relação bela entre Peter e Gwen sem nunca precisar fazer muita força. Realmente parece um relacionamento verdadeiro e único, algo difícil de alcançar em um filme como esse.

O mesmo também pode ser dito dos momentos iniciais entre o herói e Harry ou mesmo de todas as suas interações com a tia May (Sally Field). Tudo flui tão bem e é tão natural que chega a dar um destaque negativo a outras opções  francamente estúpidas tomadas pelo roteiro.

Andrew Garfield;Dane DeHaanCom um subplot bastante descartável envolvendo os pais de Peter e que vinha se arrastando com dificuldade desde o primeiro filme (perceba que a grande revelação, aliás nem tão grande assim, não modifica em absolutamente nada os rumos da história), o filme consegue se safar graças a seu conteúdo dramático altamente envolvente. E não se engane. Apesar dos caminhos fáceis que a produção constantemente toma, algumas decisões ousadas mostram que o filme não veio para brincadeiras.

Resta apenas ao diretor assumir de vez sua vocação e deixar um pouco de lado as responsabilidades eventuais impostas pela avalanche de filmes genéricos de super-heróis existentes. Que ele aproveite e faça do terceiro filme algo realmente seu. Todos nós agradeceríamos.

Cotação-3-5 homemaranha2O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameça de Electro (The Amazing Spider-Man 2)

Direção: Marc Webb

Roteiro: Alex Kurtzman, Roberto Orci, Jeff Pinkner

Elenco: Andrew Garfield, Emma Stone, Jamie Foxx, Dane DeHaan, Colm Feore, Felicity Jones, Paul Giamatti, Sally Field, Embeth Davidtz, Campbell Scott, Marton Csokas, Louis Cancelmi, Max Charles, B.J. Novak, Sarah Gadon.

Gênero: Ação/Aventura/Fantasia

Duração: 142 minutos

Curta a fanpage do Cinelogin no Facebook!

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s