Almost Human S01E13 – Straw Man | Review

almost_human13Depois de uma série de episódios praticamente independentes entre si, pareceu que Almost Human tinha finalmente decidido tomar alguns rumos definidos na segunda parte da temporada. Bom, pelo menos até que a história começasse a morder mais do que poderia abocanhar.

Nesse momento, com diversas possibilidades em aberto, era difícil apontar aonde daria essa conclusão da primeira temporada. Se aprofundaria o mistério da ex-namorada do agente Kennex ou se seguiria a tentativa de um cientista maluco de criar um exército de robôs na Muralha ou ainda se explicaria o porquê de terem implantado lembranças na mente de Dorian.

Surpreendentemente, porém, o episódio não acompanhou nenhuma dessas linhas narrativas. Na realidade, desta vez fomos apresentado ao falecido pai do agente, o ex-policial Edward Kennex. A dupla de protagonistas precisou resolver um mistério interrompido pela morte de Edward, que envolve o empalhamento de cadáveres.

almost_human132A trama reforça a suspeita da existência de um traidor dentro da polícia, que havia sido levantada quando Kennex encontrou escutas dentro de sua própria casa. Mas isso é mais ou menos tudo que há aqui que tem alguma relevância para a história a longo prazo.

Ao longo do capítulo, também acontece uma enxurrada de entrevistas com os personagens em relação ao comportamento de Dorian. O objetivo é estabelecer se ele permanece funcional e apto para exercer seu trabalho.

O mais interessante é perceber o quanto Almost Human investe na relação entre seus dois protagonistas até mesmo nos últimos momentos desta primeira temporada. Ao invés de tentar segurar o telespectador com algum evento impactante, que supostamente aumentaria o interesse do público pela reestreia da série, esta parte da história se conclui com um raro momento caloroso e emocionante entre os parceiros.

almost_human133Apesar de inesperado, não chegou a ser empolgante. Ainda assim, é difícil permanecer indiferente a essa bela relação construída em tela. Pessoalmente, recomendo um pouco de paciência até que a série desenvolva melhor seus conflitos. Vale a pena conferir a próxima temporada, mesmo que ela não fique exatamente entre as primeiras posições em uma lista de prioridades.

Anúncios

Um comentário

  1. Dorian era um dos meus personagens favoritos, eu acho que foi ótimo como o braço direito de João Kennex, eu realmente gosto da série, embora eu não sou um fã deste tipo de série que se tornou minha consentindo, especialmente porque a história é convencional mas muito bem escrito, ao contrário de Real Humans, que viu recentemente alguns capítulos e me deixou surpreso com o quão complexo ele é, mas devo admitir que você tem uma grande produção.

    Curtir

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s