Estreias da Semana – 21 de fevereiro

Veja as principais estreias da semana nos cinemas brasileiros:

RoboCop (RoboCop)

RoboCop - poster nacional

Direção: José Padilha

Roteiro: Joshua Zetumer, baseado no roteiro original de Edward Neumeier e Michael Miner

Elenco: Joel Kinnaman, Gary Oldman, Michael Keaton, Abbie Cornish, Jackie Earle Haley, Michael K. Williams, Jennifer Ehle, Jay Baruchel, Marianne Jean-Baptiste, Samuel L. Jackson, Aimee Garcia, Douglas Urbanski, John Paul Ruttan, Patrick Garrow, K.C. Collins, Daniel Kash, Zach Grenier, Maura Grierson, Stewart Arnott, Matt Cook, Steve Cumyn, Noorin Gulamgaus, Marjan Neshat, Meysam Motazedi, Khaliya Hosein, Savana Hosein, Philip Akin, Paul Haywood, Adrian Griffin, Rick Hughes, Raffi Altounian, Melanie Scrofano, Kelvin Wheeler, Alex Mallari Jr., Dwayne McLean, Tattiawna Jones, Wayne Downer, Robert Thomas, Jordan Johnson-Hinds, Ian Peters.

Gênero: Ação/Ficção/Policial

Duração: 117 minutos

Sinopse: 2028. Já há vários anos os drones têm sido usados para fins militares mundo afora e agora a empresa OmniCorp deseja que eles sejam usados também para o combate ao crime nas grandes cidades. Entretanto, esta iniciativa tem recebido forte resistência nos Estados Unidos. Na intenção de conquistar o povo americano, Raymond Sellars (Michael Keaton) tem a ideia de criar um robô que tenha consciência humana, de forma a aproximá-lo à população. A oportunidade surge quando o policial Alex Murphy (Joel Kinnaman) sofre um atentado, que o coloca entre a vida e a morte.

Notas: Orçamento estimado em US$ 100 milhões.

Disponível em 2D e IMAX em cinemas selecionados.

Longa de estreia do diretor brasileiro José Padilha em Hollywood. RoboCop é seu sexto longa, seus filmes anteriores são: Ônibus 174 (2002), Tropa de Elite (2007), Garapa (2009), Segredos da Tribo (2010), Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora é Outro (2010).

Remake (mais propriamente releitura) de RoboCop – O Policial do Futuro (1987). O longa original rendeu duas continuações, RoboCop 2 (1990) e RoboCop 3 (1993), além de uma série de tv homônima e uma série de desenhos animados.

12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave)

12 Anos de Escravidão - poster

Direção: Steve McQueen

Roteiro: John Ridley, baseado no livro de Solomon Northup

Elenco: Chiwetel Ejiofor, Dwight Henry, Dickie Gravois, Bryan Batt, Ashley Dyke, Kelsey Scott, Quvenzhané Wallis, Cameron Zeigler, Tony Bentley, Scott McNairy, Taran Killam, Christopher Berry, Bill Camp, Mister Mackey Jr., Chris Chalk, Craig Tate, Adepero Oduye, Storm Reid, Tom Proctor, Marc Macaulay, Vivian Fleming-Alvarez, Michael K. Williams, Douglas M. Griffin, John McConnell, Marcus Lyle Brown, Richard Holden, Rob Steinberg, Paul Giamatti, Anwan Glober, Benedict Cumberbatch, James C. Victor, Liza J. Bennett, Nicole Collins, J.D. Evermore, Paul Dano, Michael Fassbender, Sarah Paulson, Lupita Nyong’o, Andy Dylan, Deneen Tyler, Mustafa Harris, Gregory Bright, Austin Purnell, Alfre Woodward, Brad Pitt, Isaiah Jackson, Garret Dillahunt, Kelvin Harrison, Scott Michael Jefferson, Thomas Francis Murphy.

Gênero: Drama

Duração: 134 minutos

Sinopse: Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor), um escravo liberto, é sequestrado em 1841 e forçado por um proprietário de escravos (Michael Fassbender) a trabalhar em uma plantação na região de Louisiana, nos Estados Unidos. Ele é resgatado apenas doze anos mais tarde pelo advogado Bass (Brad Pitt).

Notas: Orçamento estimado em US$ 20 milhões.

Filme indicado a 9 Oscar, incluindo melhor filme, melhor diretor, melhor ator (Chiwetel Ejiofor), melhor ator coadjuvante (Michael Fassbender), melhor atriz coadjuvante (Lupita Nyong’o), melhor roteiro adaptado e melhor edição.

Vencedor do Globo de Ouro de melhor filme – drama, também indicado a melhor ator – drama (Chiwetel Ejiofor), melhor ator coadjuvante (Michael Fassbender), melhor atriz coadjuvante (Lupita Nyong’o), melhor diretor e melhor roteiro.

Vencedor do BAFTA de melhor filme, também indicado a melhor diretor, melhor ator coadjuvante (Michael Fassbender), melhor atriz coadjuvante (Lupita Nyong’o), melhor diretor e melhor edição.

Baseado no livro homônimo de Solomon Northup.

Terceiro longa do britânico Steve McQueen na direção. Seus filmes anteriores são Hunger (2008) e Shame (2011).

Clube de Compras Dallas (Dallas Buyers Club)

Clube de Compras Dallas - poster nacional

Direção: Jean-Marc Vallée

Roteiro: Craig Borten e Melisa Wallack

Elenco: Matthew McConaughey, Jennifer Garner, Jared Leto, Denis O’Hare, Steve Zahn, Michael O’Neill, Dallas Roberts, Griffin Dunne, Kevin Rankin, Donna Duplantier, Deneen Tyler, J.D. Evermore, Ian Casselberry, Noelle Wilcox, Bradford Cox, Rick Espaillat, Lawrence Turner, Lucius Falick, James DuMont, Jane McNeill, Don Brady, Matthew Thompson, Tony Bentley, Sean Boyd, Rachel Wulff, Neeona Neal, Scott Takeda, John Tabler, Joji Yoshida, Carl Palmer, Martin Covert, Douglas M. Griffin, David Lichtenstein, Craig Borten, Henry Frost, Arthur Smith, Joseph Blackstone, Heather Ashley Boyd, Kenneth Kynt Bryan, Edward J. Clare.

Gênero: Drama

Duração: 117 minutos

Sinopse: A história de Ron Woodroof (Matthew McConaughey), consumidor de drogas, amante de mulheres, homofóbico, que, em 1986, foi diagnosticado com aids e recebeu a sentença de 30 dias de vida. A partir daí, sua luta pela vida intensificou-se e, quase à beira da morte, ele foi em busca de medicamentos alternativos fora do país já que o único remédio legal nos Estados Unidos para combater a doença, na época, era o AZT. Com a ajuda de sua médica, dra. Eve Saks (Jennifer Garner), e do travesti Rayon (Jared Leto), portador do HIV, Woodroof criou clubes em que as pessoas pagavam por esses tratamentos alternativos, o que levou as indústrias farmacêuticas dos Estados Unidos a travarem uma guerra contra ele. Woodroof morreu em 12 de setembro de 1992, seis anos após o diagnóstico fatal.

Notas: Orçamento estimado em US$ 5,5 milhões.

Filme indicado a 6 Oscar, incluindo melhor filme, melhor ator (Matthew McConaughey), melhor ator coadjuvante (Jared Leto), melhor roteiro original e melhor edição.

Vencedor do Globo de Ouro de melhor ator – drama (Matthew McConaughey) e melhor ator coadjuvante (Jared Leto).

Sétimo longa do francês Jean-Marc Vallée na direção. Seus filmes anteriores são Liste Noire (1995), Los Locos (1997), Loser Love (1999), C.R.A.Z.Y. (2005), A Jovem Rainha Victoria (2009) e Café de Flore (2011).

Inside Llewyn Davis: Balada de Um Homem Comum (Inside Llewyn Davis)

Inside Llewyn Davis: Balada de Um Homem Comum - poster nacional

Direção: Ethan Coen e Joel Coen

Roteiro: Ethan Coen e Joel Coen

Elenco: Oscar Isaac, Carey Mulligan, Justin Timberlake, Ethan Phillips, Robin Bartlett, Max Casella, Jerry Grayson, Jeanine Serralles, Adam Driver, Stark Sands, John Goodman, Garrett Hedlund, Alex Karpovsky, Helen Hong, Bradley Mott, Michael Rosner, Bonnie Rose, Jack O’Connell, Ricardo Cordero, Sylvia Kauders, Ian Jarvis, Diane Findlay, Ian Blackman, Steve Routman, Susan Blommaert, Amelia McClain, James Colby, Charlotte Booker, Mike Houston, Samuel Haft, F. Murray Abraham, Jason Shelton, Frank Ridley, John Ahlin, Jake Ryan, Declan Bennett, Erik Hayden, Daniel Everidge, Jeff Takacs, Nancy Blake, Stephen Payne, Roberto Lopez, Benjamin Pike, Genevieve Adams, Paul Rocco Amato.

Gênero: Drama/Musical

Duração: 104 minutos

Sinopse: Llewyn Davis (Oscar Isaac) é um cantor e compositor que sonha em viver da sua música. Com o violão nas costas, ele migra de um lugar para o outro na Nova York dos anos 60, sempre vivendo de favor na casa de amigos e outros artistas. Talentoso, mas sem se preocupar muito com o futuro, ele incomoda a amiga Jean Berkey (Carey Mulligan), que vive uma relação com outro músico, Jim (Justin Timberlake). Nem um pouco confiável, Davis se depara com a oportunidade de viajar na companhia de um consagrado e desagradável artista, Roland (John Goodman), mas nem tudo vai acabar bem nesta nova jornada.

Notas: Orçamento estimado em US$ 11 milhões.

Filme indicado a 2 Oscar. Indicado também ao Globo de Ouro de melhor filme – comédia ou musical e melhor ator – comédia ou musical (Oscar Isaac).

Os cultuados Irmãos Coen, Ethan e Joel, diretores e roteiristas, são responsáveis por obras do cinema moderno, tais como: Gosto de Sangue (1984), Arizona Nunca Mais (1987), Ajuste Final (1990), Barton Fink – Delírios de Hollywood (1991), Na Roda da Fortuna (1994), Fargo – Uma Comédia de Erros (1996), O Grande Lebowski (1998), E Aí, Meu Irmão, Cadê Você? (2000), O Homem Que Não Estava Lá (2001), O Amor Custa Caro (2003), Matadores de Velhinha (2004), Onde os Fracos Não Têm Vez (2007), Queime Depois de Ler (2008), Um Homem Sério (2009) e Bravura Indômita (2010).

Um Conto do Destino (Winter’s Tale)

Um Conto do Destino - poster nacional

Direção: Akiva Goldsman

Roteiro: Akiva Goldsman, baseado no livro de Mark Helprin

Elenco: Colin Farrell, Matt Bomer, Lucy Griffiths, Michael Patrick Crane, Brian Hutchison, Kevin Corrigan, Alan Doyle, Russell Crowe, Jessica Brown Findlay, Jon Patrick Walker, David O’Brien Hart, William Hurt, Maurice Jones, Mckayla Twiggs, Matthew R. Staley, Scott Grimes, Graham Greene, Brenda Wehle, Tom Morrissey, Will Smith, Finn Wittrock, Joshua Henry, Jennifer Connelly, Ripley Sobo, Maggie Geha, Caitlin Dulany, Norm Lewis, Kevin Durand, Harriett D. Foy, Eva Marie Saint, Rob Campbell, Scott Dillin, Listo, Ioana Alfonso, Kevin Aubin, Albert Blackstone, John Carroll, Peter Chursin Jr., Carolyn Doherty, Joel Dowling.

Gênero: Drama/Romance

Duração: 118 minutos

Sinopse: Esta história fantástica, baseada em um romance literário, se desenvolve tanto na Manhattan dos dias atuais quanto no século XIX. Durante um inverno rigoroso, Peter Lake (Colin Farrell), um mecânico irlandês, decide roubar uma imensa mansão, fechada como uma fortaleza. Ele tem certeza que a casa está vazia, mas acaba encontrando uma garota (Jessica Brown Findlay) no interior. Quando ele descobre que ela está prestes a morrer, nasce uma história de amor entre os dois.

Notas: Orçamento estimado em US$ 60 milhões.

Baseado no livro homônimo de Mark Helprin.

Longa de estreia do famoso roteirista e produtor Akiva Goldsman na direção. Entre os filmes mais famosos que ele roteirizou estão: O Cliente (1994), Batman Eternamente (1995), Tempo de Matar (1996), Uma Mente Brilhante (2001), Eu, Robô (2004), O Código da Vinci (2006), Eu Sou a Lenda (2007) e Anjos e Demônios (2009).

Pompeia (Pompeii)

Pompeia - poster nacional

Direção: Paul W.S. Anderson

Roteiro: Janet Scott Batchler, Lee Batchler, Julian Felowes e Michael Robert Johnson

Elenco: Kit Harington, Kiefer Sutherland, Emily Browning, Jessica Lucas, Carrie-Anne Moss, Jared Harris, Dylan Schombing, Jean-Francois Lachapelle, Rebecca Eady, Sasha Roiz, Jean Frenette, Joe Pingue, Currie Graham, Maxime Savaria, Ron Kennell, Tom Bishop Sr., Dalmar Abuzeid, Emmanuel Kabongo, Adewale Akinnuoye-Agbaje, Brock Johnson, Kristina Nicoll, Janine Theriault, Mark Whelan, Anaïs Frenette, Donna Christo, Thomas Stumpo, Melantha Blackthorne, Milan Carmona, Jimmy Chimarios, Jay Da Costa, Derek Herd, Patrick Kerton, Ben Lewis, Alain Moussi, Jon Rhys, Goran Stjepanovic, Joe Vercillo.

Gênero: Ação/Aventura/Drama

Duração: 105 minutos

Sinopse: Alguns dias antes da lendária erupção do monte Vesúvio, o escravo Milo (Kit Harrington) está preso dentro de um navio, em direção à Nápoles. Ele vai fazer de tudo para escapar e salvar a mulher que ama, além de ajudar o seu melhor amigo, um gladiador que está em dificuldades no interior do Coliseu.

Notas: Disponível em 2D e também em 3D em cinemas selecionados.

13º longa de Paul W.S. Anderson na direção. Entre seus filmes anteriores estão: Shopping (1994), Mortal Kombat (1995), O Enigma do Horizonte (1997), O Soldado do Futuro (1998), Resident Evil: O Hóspede Maldito (2002), Alien vs. Predador (2004), Corrida Mortal (2008), Resident Evil 4: Recomeço (2010), Os Três Mosqueteiros (2011) e Resident Evil 5: Retribuição (2012).

Rodência e o Dente da Princesa (Rodencia y el Diente de la Princesa)

Rodência e o Dente da Princesa - poster nacional

Direção: David Bisbano

Roteiro: David Bisbano e Raquel Faraoni

Elenco: Hernán Bravo, Natalia Rosminati, Ricardo Alanis, Enrique Porcellana, Sergio Bermejo, Oswaldo Salas, Gonzalo Urtizberéa, Marcelo Chirinos, José Luis Perticarini, Maria Elena Molina, Mara Campanelli, Pedro Ruiz, Ariel Cisternino, Silvia Aira, Mora Funber, Milagros Esponda Moreno, Jerónimo Pazos, Salvador Pazos, Valentina Campañó.

Gênero: Animação/Aventura

Duração: 87 minutos

Sinopse: Rodência é um reino mágico, situado no meio de um bosque, onde vivem criaturas fantásticas e magos muito poderosos. Neste local, o pequeno Edam (Hérnan Bravo) sonha em se tornar o maior mago do mundo. Para isso, ele decide partir em uma longa aventura, acompanhado pela rainha Brie (Natalia Rosminati), até obter um poder lendário. Seu maior obstáculo é o vilão Rotex (Sergio Bermejo), o rei dos Ratos, que planeja destruir Rodência.

Notas: Quarto longa de David Bisbano na direção. Seus filmes anteriores são B Corta (2004), María y Juan (No Se Conocen y Simpatizan) (2005) e Valentino y el Clan del Can (2008).

Disponível em 2D e também em 3D em cinemas selecionados.

AVISO: A data de estreia dos filmes é de inteira responsabilidade de suas distribuidoras, sendo sempre possível uma mudança de datas de última hora.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s