nota Invocação do Mal | Crítica

Invocação-do-Mal01

O cinema de terror atual tomou duas vertentes: o ultra-realista, usando o recurso de “imagens de arquivo”, parecendo caseiras, de câmeras pessoais, como é o caso de Atividade Paranormal, e o chamado gore, que é o terror sanguinolento, em que mutilações das mais diversas formas e partes do corpo são usadas para assustar o público, em que o maior exemplo é a franquia Jogos Mortais, curiosamente, o mesmo diretor de Invocação do Mal, que não segue nenhuma dessas vertentes.

Ao contrário, o longa é filmado com uma fotografia vintage, ao estilo dos filmes de terror dos anos 1970, e volta à tradição do uso de casarões mal-assombrados, de piso barulhento e árvores sinistras à margem de um lago escuro, e assusta o público com close-ups de criaturas sobrenaturais grotescas, não sem antes criar um clima de tensão crescente.

Invocação-do-Mal02

Mas a história é sim baseada em fatos, sobre a família Perron, o casal Roger (Ron Livingston) e Carolyn (Lili Taylor) e as cinco filhas, que se mudam para o casarão no interior de Rhode Island nos anos 1970, estado este que não necessita de declarações sobre os antigos donos do imóvel para vendê-lo através do banco, por isso o casal desconhecia todas as mortes violentas ocorridas com as outras famílias que ali viveram. E após sofrerem situações inexplicáveis, vão à procura do casal Ed e Lorraine Warren (Patrick Wilson e Vera Farmiga), especialistas em resolver casos sobrenaturais.

E nessas situações, absolutamente nada de concreto aparece no primeiro ato do filme, mas é possível sentir junto com a família Perron todo o terror que os ameaça. Isso graças ao diretor de fotografia  John R. Leonetti, que nos coloca em transe ao filmar um fundo de um quarto ou o fim de uma escadaria como se fosse um abismo escuro, onde poderíamos esperar vislumbrar algo para quebrar a tensão. Mas, no fundo, esperamos que não.

Invocação-do-Mal03

A partir do segundo ato Invocação do Mal toma emprestado recursos de choques clássicos, mas com cada citação feita com sinceridade e teor artístico, o diretor (James Wan) e elenco  fazem seu trabalho como se ninguém lhes dissesse que  aquilo é “apenas” um filme de terror. A história se desenrola com muito poucas pausas para alívio cômico ou sustos baratos. Há sequências requintadamente estranhas, como a de um policial trazido pelos Warren quando lava uma xícara de café na cozinha dos Perrons. Wan emoldura o tiro para a janela sobre a pia de forma proeminente. Você não pode tirar os olhos da janela, convencido de que algo terrível deve estar prestes a acontecer. O diretor destaca o suspense, elabora a cena com uma digressão que dobra a tensão.

Há também um certo naturalismo melancólico no visual do filme que nos ajuda a suspender a descrença. A iluminação plana e aparência desgastada pelo tempo dos sets e figurinos criam um universo claustrofóbico. O filme constrói uma forte carga de ansiedade enquanto percebemos que os Perrons estão presos, econômica, espacial e espiritualmente.

E é preciso suspensão de descrença para nos aprofundarmos realmente na sensação de terror, principalmente os mais céticos. O casal Warren é católico, e suas investigações e, consequentemente, resoluções dos casos realmente macabros, dependem de sua crença religiosa de que existem sim o céu e o inferno.

Cotação-4-5

Invocação-do-Mal-204x300Invocação do Mal (The Conjuring)

Direção: James Wan

Roteiro: Chad Hayes e Carey Hayes

Elenco: Vera Farmiga, Patrick Wilson, Lili Taylor, Ron Livingston, Shanley Caswell, Hayley McFarland, Joey King, Mackenzie Foy, Kyla Deaver, Shannon Kook, John Brotherton, Sterling Jerins, Marion Guyot, Morganna Bridgers, Amy Tipton, Kymoura Kennedy, Sean Flynn, Ashley White, Zach Pappas, Arnell Powell, Joseph Bishara, Rose Bachtel, J. Donovan Nelson, Christof Veillon, George T. Zervos, Carmella Gioio, Steve Coulter, Desi Domo, Dusty, Alyssa Bauman, Josiah Blount, Mellie Boozer, Jamie Broadnax, Cabrenna H. Burks, Brannigan Carter, Shawn Collins, Christopher Cozort, Lemuel Heida, Michael Jeanmaire, Christy Johnson.

Gênero: Terror

Duração: 112 minutos

Assista AQUI ao trailer legendado de Invocação do Mal

Anúncios

Um comentário

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s