Reino Escondido | Crítica

reino-escondido-01

Tal qual seus irmãos de estúdio A Era do Gelo e Rio, Reino Escondido pode até não ser uma obra-prima, mas certamente é um filme gracioso que diverte e encanta tanto adultos quanto crianças – e não à toa a platéia da sessão onde estive presente aplaudiu ao término do longa, prova irrefutável do apreço do público.

Contando a história de Maria Catarina, filha de um destrambelhado botânico que acaba descobrindo um, ehr, reino escondido de pequenos guardiões na floresta e acaba se envolvendo numa missão para salvá-la, o roteiro não se preocupa muito em ser criativo, basicamente reciclando os esteriótipos consagrados do gênero: além do já citado cientista atrapalhado, temos o herói desencontrado que aprenderá uma lição no processo, a dupla de personagens engraçadinhos que só servem para alívio cômico, o tutor experiente que serve de figura paterna e por aí vai. Já deu pra perceber também que outro problema se encontra na grande quantidade de personagens presentes no longa, que acaba diluindo um pouco o arco dramático de cada um (o herói Nod, por exemplo, poderia ser melhor explorado caso houvesse mais espaço).

reino-escondido-04

Mas se estou fazendo parecer que o filme é um desastre, me desculpem. O fato é que todos esses problemas de roteiro são completamente minimizados frente ao deslumbrante design de produção, que acerta ao mergulhar o filme no verde vivo da floresta, tornando-a praticamente um personagem do filme. E o que dizer dos desenhos das criaturas que habitam aquele reino? Indo desde plantas antropomorfizadas até mesmo às criativas armaduras tanto dos Homens-Folha quanto dos Bogans, o visual do filme jamais deixa de encantar, sendo beneficiado por sequências inspiradas, como aquela em que a rainha escolhe o botão que a sucederá no posto.

É claro que a direção de Chris Wedge faz toda a diferença para alcançar esse efeito. Primando pelos planos abertos, sua “câmera” é feliz em retratar com primor toda a beleza daquele mundo, inclusive fazendo um ótimo uso do 3D (algo raríssimo de se ver atualmente). Explorando o potencial das sequências de ação ao máximo, o diretor consegue criar cenas de tirar o fôlego, principalmente quando retrata os personagens em vôo. E se o roteiro conforme já dito não se esforça muito em ser criativo, por outro lado a narrativa é muito bem fechada e amarrada, não apresentando um furo sequer.

reino-escondido-02

Em relação às dublagens, infelizmente não pude conferir a original por falta de opção em minha cidade (obrigado Cinemark!), mas na versão nacional destaca-se a performance de Murilo Benício como o atrapalhado Professor Bomba, pai da protagonista. Benício emprega uma dicção trôpega típica de suas conhecidas performances cômicas na TV que acaba casando de maneira perfeita com o personagem. Por outro lado, o tom monocórdio de Daniel Boaventura pode até combinar com o sério Ronin, mas peca por não passar emoção quando necessário.

Mesmo não sendo nenhum épico como dita seu título original, Reino Escondido se mostra como uma ótima pedida para pais e filhos conferirem nos cinemas.

Cotação-3-5

 

Reino-Escondido-204x300Reino Escondido (Epic)

Direção: Chris Wedge

Roteiro: Tom J. Astle, Matt Ember, James V. Hart, William Joyce e Daniel Shere, baseado no livro de William Joyce

Elenco: Jason Sudeikis, Steven Tyler, Amanda Seyfried, Pitbull, Beyoncé Knowles, Josh Hutcherson, Judah Friedlander, Colin Farrell, Aziz Ansari, Blake Anderson, Christoph Waltz, Chris O’Dowd, Jason Harris, Emma Kenney.

Gênero: Animação/Aventura

Duração: 102 minutos

Leia mais sobre Reino Escondido

Assista AQUI ao trailer legendado de Reino Escondido

Curta a fanpage do bom Cinelogin no Facebook!

Anúncios

2 comentários

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s