How I Met Your Mother S08E13 – Band or DJ? | Review

Após o ótimo episódio anterior, How I Met Your Mother tinha a difícil missão de manter o nível alto do episódio anterior a fim de salvar a temporada que até então estava morna e sem personalidade alguma. Com “Band or DJ” a série comete alguns erros já previsíveis e comuns, mas o saldo final é positivo principalmente por tornar aqueles personagens em pessoas reais, algo raro nessa oitava temporada.

Estou me referindo especificamente à Lily. Os primeiros episódios dessa temporada mostraram uma personagem caricata, movida por razões bestas e com ações ainda mais bestas: Lily cultuando a deusa interior do Marshall, Lily com abstinência sexual, fazendo um gameshow pra ver quem vai ser o padrinho de seu filho. Mas aqui Alyson Hannigan fez um ótimo trabalho demonstrando a fraqueza da personagem, e vale lembrar que a Lily já fugiu quando estava sob pressão (no fim da primeira temporada), o que reafirma a verdade da personagem. Esta foi provavelmente uma das melhores cenas do episódio, simples e sincera.

Quanto a Marshal não houve bem uma história, o plot da prisão de ventre do pequeno Marvin só funcionou por dois motivos: 1 – a cena do confete e 2 – não ocupou muito tempo do episódio. Pra falar a verdade, foi mais um alívio cômico e uma forma de não deixar o Marshall solto no episódio.

Já Ted parece que nunca irá conseguir superar a Robin. Por diversas vezes achamos que isso estava acontecendo, o personagem tinha uma conversa final com alguém e parecia disposto a “abrir mão” da Aunt Robin pra seguir em diante. Mas daí acontecia algo e os sentimentos dele voltavam e era preciso mais uma conversa final com outro personagem. A repetição desse plot é o que mais me cansa durante toda a série, mas há alguns pontos positivos mostrados no episódio.

Se por um lado foi bom lembrar das dores sofridas por Ted e ainda ter uma pequena aparição de Rachel Bilson, por outro foi sofrível ver aquela metáfora barata de “banda ou dj”, o primeiro se referindo ao Barney e o segundo ao próprio Ted. Não sei de onde o roteiristas tiram essas coisas, mas tá na hora de mudar a fonte, já tá ficando vergonhoso.

Por fim tivemos Barney e Robin planejando o casamento e a relação com o quase intolerável pai da noiva. Não entendi muito bem a colocação de Ray Wise aqui, no começo ele parece ter mudado radicalmente, mas poucos segundos depois a figura de aço volta. Afinal o casamento dele mudou o jeito dele ou não? Mas pelo menos reafirmou o que havia dito no começo da review, a relação da Robin com seu pai sempre foi um ponto chave da personagem, logo a reação dela em todo o episódio foi condizente com sua história. Fora que, todas as piadas envolvendo o facebook representam o meu medo de adicionar parentes em rede social.

A nona, e possível última, temporada já foi confirmada. O casamento de Robin e Barney está marcado para a season finale. Tivemos mais uma visão da mãe de um ângulo estratégico, já vimos as pernas, os braços e espero que o quebra-cabeça pare por aí, que mostre logo a bendita na season finale em vez de mostrar pedaço por pedaço.

Leia mais sobre How I Met Your Mother.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s