How I Met Your Mother S08E05 – The Autumn of Break-Ups | Review

How I Met Your Mother está presa em um loop que já foi interessante mas hoje já se mostra fraco e desnecessário: um triângulo amoroso entre Ted-Barney-Robin. Nada promissor esse começo de temporada, a season premiere mostrou uma série que parecia ter amadurecido, mas os últimos episódios mostram justamente o contrários.

Vamos começar com Marshall e Lily. Marshall já teve uns plots bem ruins, mas certamente esse foi um dos piores. Praticamente nada funcionou ali, a voz, o jeito, as ‘encarnações’. HIMYM já foi uma comédia de exagero, mas de alguma forma ela sabia usar isso a seu favor, hoje os roteiristas apenas pensam em uma situação esdrúxula qualquer e colocam um dos personagem no meio. Tá dando pena, se Jason Segel realmente sair da série nessa temporada, não será sem motivos.

Durante boa parte da série aguardei pela volta da Victoria, mas o jeito como recolocaram a personagem no meio da série só mostra que a criatividade anda falhando e que os personagens mais parecem uma marionete como em Glee. Daí resolvem largar Victoria de mão e o que fazem? Pegam um dos clichês mais batidos de separação de série e usam (ou ela ou eu). Não custa lembrar, há pouco tempo atrás Quinn usou desse mesmo artifício com Barney.

A boa notícia é que nenhuma das duas fará falta à série, a má notícia é que o namorado da Robin continua lá, sabe-se lá por quanto tempo, pelo menos não chega a ser tão ruim quanto Kevin na temporada passada. Aliás, é proposital os crap boyfriends que a Robin arruma? Porque não há um que se salve. E toda aquela história de “não contem para a Robin que eu terminei coma Victoria por causa dela” me deu dor de cabeça só de imaginar uma tentativa de retorno dos dois.

Pra uma série que “juntou” Ted e Robin desde o piloto, e no mesmo piloto “desjuntou”, é meio irritante a recusa em fechar o livro, virar a página e seguir em frente. Afinal já se passaram 8 anos e todo mundo já sabe que não adianta espremer que não sai mais nada de bom dali. Que tal começar a trabalhar Robin e Barney, antes que fique tarde demais e tudo seja feito às pressas no fim da temporada?

Falando no Barney, fiquei meio dividido com a história dele essa semana. Foi vergonhoso? Extremamente. Mas também teve lá seus bons momentos, nada demais. Até agora o que mais sinto falta na série é a surpresa que ela sempre trazia no fim dos episódios. Tudo está previsível e óbvio demais, mas ainda estamos no começo da temporada, apesar de que o wingman ideal no momento seria: paciência.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s