Glee S03E09 – Extraordinary Merry Christmas e S03E10 – Yes/No | Review

Não gosto muito dos especiais de Natal de Glee por diversos motivos. Primeiro porque a série se sente obrigada a se render a um sentimentalismo barato e todo ano repete a fórmula de solidarismo e comoção de seus personagens, segundo porque as músicas escolhidas não empolgam, salvo poucas exceções. No especial apresentado ano passado a fórmula utilizada foi a mesma, e o resultado, como já se esperava, também.

Até tentaram criar uma situação nova com o programa na TV a cabo do Glee Club em preto e branco, mas por outro lado exageraram no desenvolvimento. Todo seriemaníaco adora ver referências de séries e filmes na TV, mas misturar Star Wars no programa foi algo, além de aleatório, totalmente sem graça. Glee precisa de mais coesão em suas histórias.

E quando falo em coesão não me refiro apenas à história, mas igualmente aos personagens. Tomemos por exemplo Sue, que no início da temporada decidiu se ficar na campanha para vereadora. Não durou muito e abandonaram o barco e agora ela, que até outro dia desejava acabar com o grupo, pede ajuda deles pra fazer uma ação caridosa no Natal.

Tudo soa tão repetitivo que não duvido nada usarem a mesma fórmula esse ano. E ah, querem apostar quanto como, daqui pro fim da temporada ela vai esquecer esse momento boa ação e vai tentar acabar com o Glee como ela sempre fez e como ela sempre fará? Curiosidade: o episódio foi dirigido por Matthew Morrison, isso mesmo o Mr. Schue.

Então a série entra em hiatus e as miniférias parecem ter surgido algum efeito, pois embora os defeitos recorrentes ainda estejam ali, eles estão em menor quantidade. A começar pela história, o décimo episódio dessa terceira temporada tinha, de fato, algo pra contar: o pedido de casamento do Will. É claro que isso envolveria muita cantoria de músicas românticas, mas esse clichê foi desculpado porque esperava-se que o pedido final fosse algo surpreendente. E foi. O maravilhoso a dueto de We Found Love, de Santana e Rachel tornou bem fácil o pedido do Will.

Mas o destaque mesmo foi Becky e a original ideia de lhe atribuir a voz que quisesse em sua mente, a voz da “consciência” no episódio é de ninguém menos do que Helen Mirren, vencedora do Oscar pelo filme A Rainha. O destaque ainda serviu pra ser trabalhada a ótima relação da garota com a Sue.

Falando na treinadora, o episódio deixou bem claro que Sue agora é uma personagem cujo auge ajudou Glee a ficar famosa e que por isso fica difícil dispensá-la do show. Tanto que ela parece não ter rumo na série. Uma hora ela quer acabar com o grupo, na outra ela ama-os, no momento seguinte ela inicia uma guerra eleitoral, quase uma bipolar a treinadora.

PS- Foi um misto de susto e vontade de rir quando vi o Artie se jogando na piscina, tudo bem que a série tem muito personagem, mas não precisa ir eliminando eles assim, né? =)

Músicas:
Extraordinary Merry Christmas

  1. Blue Christmas de Elvis Presley. Cantada por Rory
  2. All I Want For Christmas Is You de Mariah Carey. Cantada por Mercedes.
  3. River de Joni Mitchell. Cantada por Rachel.
  4. Extraordinary Merry Christmas de Glee. Cantada por Rachel and Blaine.
  5. Let It Snow de Vaughn Monroe. Cantada por Kurt and Blaine.
  6. My Favorite Things de The Sound of Music. Cantada por Kurt, Blaine, Mercedes and Rachel.
  7. Santa Claus Is Coming To Town de Bruce Springsteen. Cantada por Finn e Puck.
  8. Christmas Wrapping de The Waitresses. Cantada por Brittany.
  9. Do They Know It’s Christmas? (Feed The World) de Band Aid. Cantada por New Directions

Yes/No

  1. Summer Nights de Grease. Cantada por New Directions.
  2. Wedding Bell Blues de Laura Nyro. Cantada por Emma com Sue e Shannon.
  3. Moves Like Jagger/Jumpin’ Jack Flash de Maroon 5 ft. Christina Aguilera/Rolling Stones. Cantada por Artie com Will e New Directions Boys.
  4. First Time Ever I Saw Your Face de Roberta Flack. Cantada por Rachel, Santana, Mercedes, e Tina.
  5. Without You de David Guetta ft. Usher. Cantada por Rachel.
  6. We Found Love de Rihanna ft. Calvin Harris. Cantada por Rachel e Santana.

Leia mais sobre Glee

Anúncios

2 comentários

  1. Thiago, boa crítica, mas não é só a Sue que é BIPOLAR. A Santana também é, & pincipalmente a Quinn, que era fresca na 1ª parte da 1ª temporada, aí na hora de ter um filho viu a amizade dos gleeks. Aí na 2ª foi boazinha por um tempo, aí voltou a ser má!(sei lá porque), na 3ª estava de cabelo curto & meio gótica, e 3 episódios depois voltou a ser patricinha, aí ficou do mal de novo, e agora está bem(até quando?).

    Curtir

    • De fato, até tinha comentado sobre o muda-muda da Quinn, parecia que tudo que ela tinha passado nas temporadas anteriores não tinha servido de nada pra personagem evoluir, parece que agora ela tá nos eixos. Parece hehe, nunca se sabe…

      Curtir

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s