How I Met Your Mother S07E11 – The Rebound Girl e S07E12 – Symphony of Illumination | Review

How I Met Your Mother” já está na sua sétima temporada, mas ainda assim consegue envolver seus personagens em boas histórias. O foco desse início parece ser Robin, que já há um bom tempo não tinha uma história boa e parecia meio deslocada. No 7×10 vimos Robin e Barney combinando um futuro relacionamento, embora sem sucesso, não dava pra esperar que ambos tivessem evoluido de maneira igual.

Nesse décimo-primeiro episódio, a trama tenta se desvincular do casal, mas acaba não funcionando direito. Em um episódio com boa história, mas pouco aproveitada, a cereja fica somente pro final. Barney e Ted em busca de um bebê poderia ter sido dispensado, embora a piada do “cara” do Barney tenha sido genial. Tudo caminhou para uma revelação, a de que Robin estava grávida.

Nesse mesmo episódio algo me soou confuso. Há algumas semanas atrás, Lily havia ganhado uma casa no subúrbio dos avós, mas a série justificou a recusa da moradia com o “cérebro de gravidez”, como se isso significasse burrice. E o que acontece nesse episódio? Marshall e Lily decidem se mudar pra casa do subúrbio (?!) Não fosse a ótima construção do motivo da mudança (de repente o apartamento deles encolheu), seria algo totalmente sem graça. E o pior, ainda envolveram, novamente participações especiais sem o aproveitamente devido.

Mas voltemos ao desenrolar de Robin-Barney. O 7×12 decide, acertadamente em continuar onde o 7×11 parou, na revelação da Robin sobre sua gravidez, o caminho seguinte é o comum é comédias, há a dúvida de um lado, a certeza de outro, e claro sempre haverá uma pessoa passando pela mesma situação para servir de modelo para os personagens. Embora isso tenha acontecido, os roteiristas da série mostraram coragem ao tratar do tema delicado que vinha: Robin na verdade, não estava grávida, pelo contrário, é infértil.

Todos que conhecem a série sabem da história da Robin com bebês. Entretanto, não querer ter filhos é bastante diferente de querer ser infértil, e a forma como revelaram esse drama é a prova de que HIMYM é uma das melhores séries atuais que sabe como realmente contar uma história. Novamente foi acertada a decisão de colocar Robin como narradora do episódio, contando para seus “filhos” a história de como havia engravidado do “pai deles”. No fundo, ao perceber ser estéril, Robin imaginou, e por que não, desejou, sua vida como mãe dos filhos do Barney, e vê-los desaparecer em uma noite sombria de neve acaba com qualquer um.

himym-lights.jpgEmbora o foco do episódio não tenha sido o Ted, aqui novamente ele repete o papel que eu esperava dele, o de amigo acolhedor, que se preocupa com seus amigos independente da situação, o momento gerou uma das cenas mais bonitas da série com trilha “Highway to Hell” sincronizada com pisca-pisca. Pra mim, esse é o papel de Ted no trio que Victoria agorou lá no início da temporada.

Leia mais sobre How I Met Your Mother

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s