Glee S03E06 – Mash Off | Review

Na review do episódio da semana passada, comentei que Glee precisaria mudar um pouco a balança da temporada, que deveria deixar de querer ser um drama com pitadas de comédia para retornar a ser uma comédia com um pouco de drama, fórmula que reinou na tão elogiada primeira temporada. O episódio dessa semana ainda não alcançou esse ritmo ideal, mas ao que parece a temporada está tentando entrar nos trilhos.

Ao que me parece, alguns acontecimentos desse episódio deveriam ter sido tratados na semana passada, como por exemplo o relacionamento de Puck e a Profº Shelby tendo em vista o final do quarto episódio. Não sei aonde os roteiristas querem chegar com essa história, talvez seja a bomba pra quando Idina precisar deixar o elenco, só sei que isso não vai durar. Nessa aleatoriedade de episódios, eu me pergunto a verdadeira importância do personagem Rory na série. Não é possível que Ryan Murphy tenha criado um reality show apenas pra resultar no que estamos vendo. Desperdício. Sue é outra que tá perdida nessa temporada, cada hora dão um foco diferente pra ela, tá na hora de acertar direito isso.

Mas enquanto ela estiver na série, espero que ela seja bem aproveitada como o mash up apresentado com o Sr. Schue das músicas homônimas “You and I” de Lady Gaga e Eddie Rabbit. As músicas combinaram uma com a outra e, felizmente não abusaram dos autotunes utilizados em mash ups anteriores. Serviu pra dar o exemplo.

Aliás, por falar em mash up, já tá virando moda na série um episódio assim. Pelo menos a desculpa utilizada determinou a dinâmica do episódio, mesmo que repetida. Mas alguém mais chegou a se perguntar sobre a premiação. Qual o prêmio pro vencedor? Tudo bem que uma competição entre os grupos já era esperada, mas não faltou um incentivo aí, não? Pareceu meio corrido que esqueceram de falar.

Mas isso é só um detalhe, das 5 músicas do episódio, apenas uma não seguiu à regra da competição. Nem todas foram boas, mas algumas compensaram o episódio. A apresentação do jogo de queimada, que juntou músicas de Blondie e Pat Benatar foi divertida, mas nada demais, focaram apenas em 2 refrões e parece que tinham esquecido o resto da música. Nada legal pra mim foi a apresentação do New Directions na competição combinando duas músicas de Hall & Oates nada empolgantes e uma performance boring. Entregaram o prêmio (seja lá qual ele for) de bandeja para as meninas do Troubletones.

A apresentação do grupo rival do New Directions valeu não apenas por escolherem Adele, nem pelo fato de ter sido a apresentação nº 300 da série, mas sim pela atuação de Naya Rivera como Santana. A evolução da personagem desde o início da primeira temporada, quando era apenas coadjuvante da Quinn mostra o potencial dela, e durante toda a apresentação é possível sentir o drama pelo qual ela estava passando no momento, o medo, a raiva, a angustia, que acabou combinando em uma ótima cena final. Sei que não vai acontecer assim, mas gostaria que o próximo episódio começasse onde este terminou, gostaria de ver a reação instantânea de todos.

Músicas do episódio:

  • Hot For Teacher de Van Halen cantada por Puck
  • Yoü and I/You and I de Lady Gaga/Eddie Rabbit cantada por Will e Shelby
  • Hit Me With Your Best Shot/One Way or Another de Pat Benatar e Bondlie, cantada por Finn e Santana
  • I Can’t Go For That (No Can Do)/You Make My Dreams Come True de Hall & Oates, cantada pelo New Directions
  • Rumour Has It/Someone Like You de Adele, cantada pelo The Troubletones

Leia mais sobre Glee.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s