As Crônicas de Gelo e Fogo: A Guerra dos Tronos

Stark1.

Um dos maiores sucessos na temporada passada, a série Game of Thrones, da HBO, atraiu de vez as atenções do mercado para a saga de fantasia As Crônicas de Gelo e Fogo de George R.R. Martin, na qual a série foi baseada. A intrincada narrativa política inspirada na célebre Guerra das Rosas conta a disputa pelo poder entre as maiores casas da nobreza no continente de Westeros, com destaque inicial para o antagonismo entre os Starks e os Lannisters. Em paralelo, acompanhamos o exílio dos Targaryen, herdeiros do antigo rei, e as atividades da Patrulha da Noite, uma ordem de guardiões da grande Muralha localizada ao Norte de Westeros. Ah sim, faltou dizer que neste mundo as estações  duram vários anos e, conforme diz o mote da saga, “o inverno está chegando”.

george-martinA característica mais interessante a se ressaltar sobre As Crônicas de Gelo e Fogo diz respeito à estrutura narrativa que Martin adota para contar sua história. Atento à complexidade que a trama exige, cheia de intrigas e jogos políticos, o autor escolhe focar cada capítulo em algum personagem-chave que está presente em determinada região, dividindo a história geral em múltiplas narrativas menores que interagem entre si, incluindo também prólogos com personagens menores. Esta estratégia, mesmo estando longe de ser inédita, revela-se acertada para abordar toda a extensa gama de personagens e relações que permeiam a história. Vale notar que mesmo conduzindo o livro em terceira pessoa o narrador acaba transmitindo em seu discurso características relativas ao personagem-foco do capítulo, permitindo que o leitor literalmente mergulhe na mente do personagem e entenda suas motivações e pensamentos. Assim, o livro oferece não apenas uma trama complexa, como também apresenta diversos pontos de vista diferentes, permitindo que o leitor compreenda minuciosamente como cada peça se mexe naquele imenso tabuleiro (e não raro acontece de torcermos simultaneamente em favor daqueles que se encontram em lados opostos).

Outro aspecto importante de As Crônicas de Gelo e Fogo se refere a como o lado fantástico daquele universo cresce gradualmente, passando de simples alusões até se tornar parte efetivamente participativa na história. Isto à primeira vista surpreende, já que o teor político e o conteúdo adulto (um tanto quanto erótico) é tão intenso que desvia a atenção, fazendo o leitor quase esquecer se tratar de uma história de fantasia. À medida que a trama avança, no entanto, o sobrenatural começa a se fazer cada vez mais presente, mas nunca de forma gratuita.

A publicação brasileira da série ficou a cargo da editora LeYa, tendo já lançado os primeiros três livros: A Guerra dos Tronos, A Fúria dos Reis e A Tormenta de Espadas. O lançamento do quarto, intitulado O Festim de Corvos, é previsto para o início de 2012.

westeros
Mapa de Westeros: 1- Winterfel; 2- Porto Real; 3- Muralha

A Guerra dos Tronos (“A Game of Thrones”):

a-guerra-dos-tronos_capaTendo a incumbência de nos apresentar todo esse cenário e personagens, o primeiro livro da série opta por iniciar sua narrativa com capítulos relativamente curtos, a fim de dar tempo para o leitor se familiarizar tanto com a abordagem dos múltiplos pontos de vista quanto a conhecer os personagens e o ambiente onde eles se relacionam. Essa aparente lentidão no começo de A Guerra dos Tronos é de suma importância para que o leitor não se perca em meio a tantos nomes. Quando finalmente  a história ganha mais ritmo seu teor conspiratório é delicioso, no entanto é um pouco decepcionante ver como o autor foge das cenas de batalhas, sobretudo para quem é fã de Cornwell.

Eddard Stark
Eddard Stark

A Guerra dos Tronos indubitavelmente adota a família Stark no papel de protagonista. Não à toa, a maioria dos personagens-chave que encabeçam seus capítulos estão relacionados a esta casa (apenas Tyrion e Daenerys fogem a esta regra). Isto se revela ideal, já que os Starks estão numa posição em comum com o leitor. Morando no norte de Westeros, muito longe da capital, a família se encontra totalmente alheia à dinâmica política existente na corte, o tal “jogo dos tronos” do título original, tendo que se familiarizar, juntamente com o leitor, com este ambiente cheio de intrigas, tramóias e traições.

É lógico que isto nos leva imediatamente a criar uma empatia pela casa do Lobo, já que praticamente apenas um lado da história nos é apresentado, ficando impossível não dividir a história entre os Starks-bonzinhos contra os Lannisters-malvados. O expoente máximo disto encontra-se no honroso Lorde Eddard, que conquista o leitor com o seu impecável código de ética. Se existe algum personagem incorruptível nesta história não há dúvidas que este seja Ned Stark. Sua impecável honra, no entanto, acaba se transformando também em sua maior fraqueza, pois em Porto Real ninguém joga limpo. Não é de se admirar que ele demonstre cada vez maior cansaço e desconforto por ser obrigado a conviver com o jogo dos tronos. Porto Real claramente não é a casa de Ned.

Arya
Arya Stark

Desconforto que não é compartilhado por sua filha mais velha. Romântica e inocente, Sansa vive sonhando com os galantes cavaleiros que escuta nas canções e se esforça para ser tudo o que se espera de uma donzela. Essa sua característica chega a causar antipatia, já que é claro desde o início que a menina vive iludida. Muito diferente de sua irmã, a espevitada Arya, que nos conquista com seu jeitão de moleca. Não demonstrando nenhum interesse em ser uma dama, a pequena loba prefere se dedicar à esgrima, cavalgar ou correr atrás de gatos. Bem menos ingênua que sua irmã (mas ainda assim uma criança), ela logo entende que a capital é um terreno hostil aos Stark. Extremamente arredia, Arya Stark se torna um dos melhores personagens da série desde o seu começo.

Outro membro da família que recebe seus capítulos é o pequeno, “mas já quase homem feito”, Bran Stark. Inicialmente apresentado como um rapaz cheio de energia que vive escalando os muros de Winterfell, Bran acaba sofrendo um duro golpe (que também atinge o leitor) e fica ressentido por ter sido deixado pelos outros no Norte. E se Catelyn Stark, sua mãe, a princípio reluta em deixá-lo, não demora muito para que tome a estrada e inicie um certo “contra-ataque”, ainda que impensado. Afinal, uma loba faz de tudo para proteger sua cria.

Jon-Snow
Jon Snow

Fechando o time dos Starks, temos o bastardo Jon Snow. Filho de Ned fora do casamento, Jon foi criado em Winterfel junto com os outros, mas sabe que não há lugar para ele ali. Resignado, acaba por decidir se juntar à Patrulha da Noite e defender a Muralha do Norte. O mais interessante dos capítulos de Jon é o gradual amadurescimento do personagem ao se deparar com a real situação da outrora gloriosa ordem a qual decidiu se juntar. Sempre se questionando sobre o dilema moral de cumprir seu juramento junto a Patrulha ou ir ajudar sua família, Jon consegue a nossa admiração devido à tocante humanidade existente em suas inseguranças.

Do outro lado do tabuleiro de A Guerra dos Tronos temos aquele que é o mais carismático dos personagens. Dotado de grande inteligência e perspiscácia, o anão Tyrion Lannister revela uma capacidade ímpar de conseguir superar a mais séria das adversidades apenas com a sua fala. Encarando sua condição com incrível pragmatismo (“Nunca esqueça o que você é. O resto do mundo não esquecerá.”), Tyrion frequentemente é subestimado, até mesmo por sua própria família, e sabe tirar muito bom proveito disso.

A última personagem a ganhar seus capítulos encontra-se fora de Westeros, e talvez por conta disso estes sejam os capítulos mais difíceis de A Guerra dos Tronos. Herdeira do antigo rei deposto, Daenerys Targaryen enfrenta o exílio com seu irmão, que espera casá-la com o selvagem Khal Drogo para obter um exército e reconquistar o trono. A história de Dany demora um pouco para se tornar interessante o bastante a ponto de valer o preço de abandonar Westeros, mas assim que engrena se torna surpreendente. Daenerys é seguramente a personagem que mais cresce neste livro.

Surpreendente em seu final, que mostra que Martin não é um autor nada misericordioso com seus personagens, o livro inaugura de forma magistral a série, deixando o leitor salivando pelas continuações.

Demais livros:

Livro 1: As Crônicas de Gelo e Fogo – A Guerra dos Tronos | Review

Livro 2: As Crônicas de Gelo e Fogo – A Fúria dos Reis | Review

Livro 3: As Crônicas de Gelo e Fogo – A Tormenta de Espadas | Review

Livro 5: As Crônicas de Gelo e Fogo – A Dança dos Dragões | Review

Leia mais sobre Game of Thrones

 

 

14 comments

    • Oi Glaucia, obrigado pelos elogios =)
      As imagens eu coletei internet afora mesmo, dá uma googleada que você acha umas realmente muito legais!
      Quem dera eu saber desenhar assim… hauahuahuh

      Abração!

      Curtir

  1. Estou lendo o quarto livro e a cada página a história torna-se mais complexa e os personagens de núcleos diferentes começam a encontrar-se e interagir muitas vezes sem saber seu grau de envolvimento e importância para o jogo dos tronos!! Cada vez melhor!!! Parabéns pelo site! Muito completo!

    Curtir

  2. Oi Felipe,
    Postagens excelentes. Parabéns!
    Fiquei ainda mais ansiosa pra terminar o terceiro.
    Você viu a primeira temporada na HBO? Sabes onde posso conseguir pra download? Até encontrei um site na WEB, mas não estou conseguindo baixar…
    Sabes se é tudo em inglês como nos trailers, ou se te legenda em português?
    Valeu!
    Sabrina

    Curtir

    • Oi Sabrina, muito obrigado pelos elogios!
      Eu vi a primeira temporada sim, estou aguardando ansioso pelo lançamento da segunda temporada em 01/04, está prometendo muito, dê uma conferida nos trailers e nas novidades clicando aqui.
      Infelizmente não sei te dizer onde conseguir os episódios. Dá uma procurada no google =)

      Abraços!

      Curtir

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s