Glee S03E03 – The Asian F | Review

 Enfim um episódio bom de Glee nessa temporada, totalmente inesperado, focado em um personagem que até então não tinha trocado nem 5 minutos de diálogo, e que outro dia não sabia nem cantar. O episódio lembrou bastante aqueles da primeira temporada, mistura de pop com outros ritmos e sem baboseiras, direito ao assunto.

Algo que sempre reclamei da série era o desenvolvimento inconsistente dos personagens. O que parecia era que Ryan Murphy se preocupava em adaptar os personagens à história da semana, quando na verdade ele deveria fazer o contrário. Mas Mike Chang parece ser uma exceção a essa regra, o cara saiu de figurante (Other Asian) a melhor dançarino do grupo e agora soltou a voz no episódio. Eu gostava do fato dele ser quase um extra-terrestre por não saber cantar no grupo de coral, mas sempre torci pra que isso um dia acontecesse e a execução foi satisfatória, assim como a história envolvendo sua família.

 É claro que o pano de fundo foi bastante clichê, com pais asiáticos rigorosos que tentam controlar todos os aspectos da vida do filho, mas como disse, foi bem executado. As cenas em que Mike aparecia treinando a dança sozinho e “vendo” tanto quem lhe encorajava quanto quem lhe exigia demais foi bastante sensível, e muito bem dirigida.

 Outro fator que fez com que eu gostasse desse episódio, foi a forma como as músicas foram apresentadas. Ao invés de simplesmente colocarem o Glee Club para cantar, o que parecia bem ridículo e aleatório (como cantar num refeitório pra inspirar pessoas), pela primeira vez nesse temporada eles souberam aproveitar a música no contexto da cena, de uma maneira que os personagens fantasiassem a música de acordo com seus sentimentos. É muito mais interessante ver esse tipo de execução do que apenas ter personagens em cima de um palco cantando esse ou aquele sucesso.

Belíssima a cena a de “It’s All Over” cantada por Mercedes, que foi bem adaptada aos personagens, lembrou bastante algumas músicas da primeira temporada, momento em que a série começou a ganhar público. Outra música bem realizada foi “Out Here On My Own” cantada por Rachel e Mercedes, que me lembrou bastante “Maybe this time” cantada na primeira temporada por Rachel e April Rhodes (Kristin Chenoweth). Nesse quesito mudaram da água pro vinho e mostraram que, não é porque a série mostra músicas da Broadway que essas devem ser chatas e entediantes. Há como conciliar as coisas para que fique agradável.

 Não cansado ainda com tanta evolução, “Asian F” ainda reservou ‘um espaço para que conhecêssemos um pouco da história de Emma através de seus pais ruivos racistas. Isso sim é desenvolvimento de personagem, é saber trabalhar quem já tá na série. Não é necessário haver trocas constantes, entra personagem, sai personagem, basta aproveitar bem o que já se tem. E a decisão de Mercedes em sair do Glee Club prova isso, espero que não seja apenas um acerto esporádico dos personagens (“Santanna passou quanto tempo mesmo expulsa?”). Por enquanto ainda não estou muito animado com essa temporada, mas valeu a pena ver esse episódio, espero que não tenha sido um “extraterrestre” em meio aos demais que estão por vir.

Músicas cantadas no episódio:

“Fix You” – Will e New Directions – Ouvir
“Spotlight” – Mercedes – Ouvir
“Run The World (Girls)” – Brittany e Santana – Ouvir
“It’s All Over” – Mercedes e New Directions – Ouvir
“Out Here on My Own” – Rachel e Mercedes – Ouvir
“Cool – Mike Chang – Ouvir

Leia mais sobre Glee

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s